Caged: Tupã sobe no ranking regional do emprego

Economia


Após obter um saldo negativo no número de empregos no mês de agosto, o município de Tupã subiu cinco posições no ranking regional do emprego e encerrou o mês de setembro na 5ª posição entre os municípios pesquisados.
Segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), no mês de setembro o município registrou a contratação de 478 funcionários, demissão de 412, ficando com saldo positivo de 66 empregos.
No mês de agosto, Tupã havia ficado na 10ª posição no ranking, com 495 contratações, 508 demissões e saldo negativo de 13 empregos.

Região
Das outras 12 cidades pesquisadas com mais de 10 mil habitantes, Marília foi a que apresentou o melhor saldo no número de contratações. O município ficou em 1º lugar, com 1.996 novas contratações, 1.676 desligamentos e saldo positivo de 320 vagas de emprego formal. Dracena ficou em 2º lugar, com 547 contratações, 293 demissões e saldo positivo de 254 contratações; Lucélia, em 3º lugar, com 483 contratações, 250 demissões e saldo positivo de 233 empregos; Presidente Prudente, 4º lugar, com 1.883 contratações, 1.628 demissões e saldo positivo de 205 empregos; Tupã, 5º lugar; Bastos, 6º lugar, com 228 contratações, 195 demissões, e saldo positivo de 33 empregos; Rancharia, 7º lugar, com 166 contratações, 154 demissões e saldo positivo de 12 empregos.

Negativo
Seis municípios da região tiveram saldo negativo no número de contratações, no mês de setembro. Osvaldo Cruz ficou em 8º lugar, com 189 contratações, 190 demissões e saldo negativo de um emprego; Rinópolis ficou em 9º lugar, com 57 contratações, 59 demissões e saldo negativo de dois empregos. Pompéia ficou em 10º lugar, com 104 contratações, 107 demissões e saldo negativo de três empregos; Adamantina ficou em 11º lugar, com 216 contratações, 225 demissões e saldo negativo de 9 empregos; Quatá, em 12º lugar, com 39 contratações, 49 demissões e saldo negativo de 10 empregos; e em 13º e último lugar, Parapuã, com 56 contratações, 79 demissões e saldo negativo de 23 empregos.

Setores da economia

No mês de setembro, o setor da economia tupãense que obteve o melhor saldo no número de contratações foi o da agropecuária, com 57 contratações, 30 demissões e saldo positivo de 27 empregos; indústria de transformação, 81 contratações, 63 demissões e saldo positivo de 18 empregos; comércio, 142 contratações, 132 demissões e saldo positivo de dez empregos; construção civil, 15 contratações, seis demissões e saldo positivo de nove empregos; administração pública, quatro contratações, uma demissão e saldo positivo de três empregos; extrativa mineral, uma contratação, nenhuma demissão e saldo positivo de um emprego; serviço industrial de utilidade pública, não contratou e nem demitiu; e o setor de serviços, 178 contratações, 180 demissões, com saldo negativo de dois empregos.

 

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade