Cemitério da Saudade: Prefeitura busca novos espaços para sepulturas

Geral


A Prefeitura de Tupã sinalizou a compra de um terreno de 5 mil metros quadrados, vizinho ao Cemitério da Saudade, no ano passado. O acordo foi firmado com a Legião Mirim, dona do imóvel, porém, a entidade ainda não recebeu os valores combinados. O prefeito na época, José Ricardo Raymundo, fechou acordo por conta própria para a compra em 20 parcelas de R$ 40 mil.

Mas, em se tratando de órgão público, não é assim que funciona. Por isso, o prefeito Caio Aoqui (PSD) disse que a prefeitura fará a avaliação para desapropriar o imóvel. “Vamos avaliar o preço do terreno para realizar a ampliação do Cemitério da Saudade”, disse.

Aoqui explicou que o Cemitério da Saudade está praticamente sem espaço para receber sepultamentos em novos túmulos. “Temos somente cerca de 11 jazigos disponíveis. O Valentim (secretário de Obras) está fazendo um projeto para utilizarmos outros espaços do cemitério, para a construção de novos túmulos, até iniciarmos a nova ampliação”, disse.

Vale lembrar que a prefeitura já derrubou parte do muro que fazia separação entre o Cemitério da Saudade e o terreno da Legião Mirim. O espaço recebeu, inclusive, serviços de terraplenagem. Mas, como a prefeitura não efetivou a compra do imóvel, na forma legal, o terreno não recebeu a construção de novos jazigos. Pela segunda vez, a prefeitura elabora projetos para buscar espaço no Cemitério da Saudade, com o objetivo de construir novos túmulos.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias