Construção civil: Setor está mais otimista para este fim de ano

Geral


20/10/2021 - Com a retomada gradual da economia, o setor de construção civil está otimista com a chegada do fim de ano, esperando novos investimentos. Na verdade, o setor continua superaquecido em tempos de pandemia, com boas perspectivas.
O arquiteto Edivaldo Sanches explicou que, apesar dos desafios enfrentados pelo setor, desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a construção civil se mostrou mais revigorada. "Sendo 2021 mais um ano atípico e ainda marcado pela sombra da pandemia universal, o futuro deste nosso setor está em uma decorrente continuação de investimentos, principalmente com novas tecnologias trazendo maior eficiência em nossas técnicas construtivas, projetuais e de matérias no mercado. Tudo isso serve para contribuir com uma redução de desperdícios de tempo, de materiais e oferta de novos materiais", afirmou.
Segundo o arquiteto, o setor é uma das únicas opções de investimento rentável e de fácil liquidez mesmo neste ano marcado pelas enormes dificuldades impostas pela pandemia. "Não há como negar que ainda vivemos um cenário econômico devastador e incerto para a maioria dos empresários e investidores", afirmou. "Mas mesmo diante de tantos desafios, o setor consegue ainda neste final de 2021 driblar as dificuldades e projetar seu maior crescimento nos últimos oito anos, sendo conquistado graças aos altos investimentos em tecnologias e demais inovações do setor e das indústrias que fornecem materiais de consumo para a construção civil", completou.
Edivaldo Sanches explicou que esses investimentos se tornaram a melhor estratégia em meio a um mercado de trabalho marcado pela transformação digital e principalmente para acordar um setor que estava adormecido há tanto tempo em termos tecnológicos. "Foi somente graças a essas tecnologias que a máquina pesada que tínhamos antigamente, marcada por processos lentos e alto desperdício de materiais, se transformou e modernizou, dando espaço para processos mais ágeis e econômicos, facilitando entre quem vende e quem compra, possibilitando assim uma conexão que antes, muitas vezes, era dificultada", explicou. "Percebemos que com essas novas tecnologias, o consumidor final também é beneficiado, uma vez que consegue ter uma maior clareza de informações, acompanhar o andamento das obras e ter uma maior praticidade em processos facilitados que nossos projetos de arquitetura, decoração de interiores, paisagismo e demais projetos relacionados à construção civil possibilitam expor e que disponibilizamos ao cliente e investidor", completou.

O arquiteto disse que o município de Tupã também está seguindo a regra dessa evolução no setor imobiliário. "A construção civil em Tupã não parou nem estagnou. Vemos isto em novos loteamentos, novos bairros e o mercado de nossas lojas bem alavancado de vendas. A construção civil para este final de 2021 será exemplar e de bons negócios", previu.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade

publicidade