Dengue: Visitas continuam de forma intensiva

Geral


Com mais de 6 mil casos de dengue positivos, Tupã enfrenta agora uma onda de baixas temperaturas que pode reduzir as contaminações. A Prefeitura de Tupã acredita que os casos também apresentaram redução, após iniciar o trabalho de aplicação de veneno nas residências. Entre os dias 25 e 27 de junho, quase 300 residências foram visitadas na Vila Abarca e no Jardim Rubiácea.
O chefe do Setor de Endemias, Marco Antônio de Barros, disse que as equipes visitam agora as residências no Jardim Nossa Senhora de Fátima, Jardim Aritana e Alto Sumaré. “Uma equipe está visitando todas as casas de imobiliárias e abandonadas e outra visitando todos os prédios públicos”, afirmou.

Vale lembrar que os trabalhos ocorrem apenas com a visita aos imóveis e não com a aplicação do veneno, que já acabou. “O governo federal e a Bayer (fornecedora do veneno) ainda não regularizaram a situação”, explicou Barros.
O chefe do Setor de Endemias destacou que houve redução na transmissão da doença e na proliferação do mosquito, o que não significa o fim de novas contaminações. “Tivemos uma redução de 82,70% dos casos no mês de junho em relação ao mês de maio”, afirmou.
Cabe ressaltar que nos próximos 15 dias será possível analisar a influência das baixas temperaturas na redução dos casos positivos de dengue. Apesar das baixas temperaturas, e de uma redução na transmissão da doença, a população deve continuar fazendo sua parte, limpando seus imóveis, armazenando corretamente seus materiais para que não acumulem água, entre outros cuidados que são primordiais para evitar a proliferação de mosquitos.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias