Mesmo na era digital, pipas ainda povoam os céus da cidade

Geral


As férias de julho estão tirando muita gente do sofá e da frente da tela do computador ou celular. Em tempos de redes sociais, computadores e games, é como entrar em uma máquina do tempo ver os meninos atentos às pipas no céu. 
Em Tupã, os ventos, dando o “ar de sua graça”, contribuem ainda mais para meninos e “marmanjos” correrem para a rua para soltarem seus papagaios. Independente do nome recebido, trata-se de uma época preocupante também para muitas pessoas, principalmente aquelas que fazem uso de motos. 
O divertido hábito é muito popular, mas requer cuidados para que a brincadeira não se transforme em acidentes também com as redes de energia.
Perto da casa da jovem Mari Mendonça, em Tupã, um grupo de meninos marca o território e a disputa é resolvida no céu. “Agora nas férias soltar pipa está em alta. Eu nunca mais tinha visto. Mas acho perigoso”, opinou. 
E, engana-se quem pensa que soltar pipa é coisa de criança. Até jovens e adultos acabam entrando na brincadeira. “Até meu irmão dias atrás saiu para soltar pipa com os amigos no campo de futebol. Ele tem 20 anos e saiu para soltar pipa”, revelou a jovem Jéssica Barrueco. 
A jovem Thaisa Romera conta que já presenciou muitas crianças correndo pelas ruas atrás de pipas neste período de férias. “Tem muita criança soltando pipa nas ruas. Acho perigoso para quem é motoqueiro, principalmente. As crianças saem correndo e não olham para os lados. É uma brincadeira muito legal, mas tem que ter cuidado, pois é perigoso”, afirmou. 
Para os motociclistas, além do risco de atropelar uma criança correndo pelas ruas atrás de pipas, há ainda o problema com as linhas. Vale lembrar que o uso do cerol, uma mistura de vidro e cola, é proibido e pode ferir e até matar motociclistas, pedestres ou ciclistas. Muitos motociclistas optam por utilizar equipamentos de segurança para evitar acidentes, inclusive uma antena de proteção contra cerol. 

Orientação
Cabe aos pais em relação aos filhos menores, orientá-los acerca do perigo do uso do cerol ou da linha chilena. Os pais e responsáveis devem ensinar suas crianças a respeitar o direito das pessoas em transitarem com motos e bicicletas, tendo segurança nesse sentido, e também zelarem por suas próprias vidas. 

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade