Palmeiras venceu, Corinthians e Santos empataram e São Paulo perdeu no Brasileirão

Esportes


A 14.ª rodada do Brasileirão 2017 apresentou alguns ‘sustos’ aos torcedores nas partidas disputadas. Dos times paulistas, a maior decepção continua sendo o São Paulo, que não consegue se acertar em campo, contabilizando resultados negativos.
O PALMEIRAS, após duas derrotas consecutivas, voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Na manhã de ontem, às 11 horas, ganhou do Vitória da Bahia, de virada, por 4 a 2, na Arena Allianz Parque. Apesar do resultado, o time palmeirense esteve longe de apresentar um bom futebol.
O detalhe é que a vitória acontece num bom momento, já que agora o Palmeiras terá dois confrontos diretos na parte de cima da tabela: CR Flamengo e Sport Recife, ambos fora de casa.
O Verdão não tinha qualidade na saída de bola e abusava dos erros individuais. O Vitória da Bahia, explorando os contra-ataques, abriu o placar aos 9 minutos do 1.º tempo com gol de Uillian. Aos 36', num pênalti duvidoso de Wallace Reis sobre o zagueiro colombiano Yerry Mina, o atacante Róger Guedes cobrou e decretou o empate. O Palmeiras virou para 2 a 1 aos 45' com gol de Dudu.
No segundo tempo, aos 23 minutos, após Willian ‘Bigode’ acertar a trave, Mayke fez 3 a 1. Melhor em campo, Dudu voltou a deixar sua marca aos 31 minutos, aproveitando cruzamento de Michel Bastos. No final, aos 39', o jovem David anotou o segundo gol do Vitória da Bahia. A partida teve 36.263 pagantes.
O CORINTHIANS apenas empatou com o Atlético Paranaense por 2 a 2, sábado, às 19 horas, na Arena Itaquerão. Mesmo assim, manteve sua invencibilidade. Agora já são 28 partidas sem perder.
O Timão segue líder disparado do Brasileirão, com 36 pontos ganhos, 8 a mais que o Grêmio de Porto Alegre, segundo colocado do certame nacional com 28, que ontem venceu a Ponte Preta, de virada, por 3 a 1, na Arena Grêmio.
No primeiro tempo, foi interessante ver como o Corinthians reagiu após sair atrás no placar pela primeira vez neste Campeonato Brasileiro. Aos 37 minutos, o lateral direito Jonathan fez um golaço após deixar Moisés, Maycon, Gabriel e Pedro Henrique para trás, quebrando a invencibilidade do goleiro Cássio, que não tomava gol há sete jogos.
Sem esboçar o menor desespero, o Timão manteve seu toque de bola e virou para 2 a 1 com gols do centroavante Jô aos 44 minutos do 1.º tempo e aos 5' da etapa final.
Apesar de tomar a dianteira, o Corinthians não pressionou o suficiente para matar o jogo. E acabou castigado aos 36 minutos do segundo tempo, quando Otávio arriscou de fora da área e o zagueiro paraguaio Balbuena desviou contra a própria meta, deixando no 2 a 2. O duelo foi presenciado por 41.201 pagantes e renda de R$ 2.403.003,90.
SANTOS e CR Vasco da Gama ficaram no empate de 0 a 0 ontem, às 16 horas, no estádio ‘Nilton Santos’ (Engenhão), no Rio de Janeiro, sem a presença de torcedores, porque o clube carioca cumpre punição devido aos tumultos no clássico com o CR Flamengo, quando ocorreu a morte de um torcedor.
O jogo não foi bom. Os times judiaram da bola, principalmente no primeiro tempo. Quem viu a partida pela televisão, fatalmente deve ter tirado alguns cochilos depois do almoço com a família no domingo. Aos 38 minutos do 2.º tempo o lateral direito santista Daniel Guedes foi expulso de campo. O Peixe atuou sem alguns titulares, contando inclusive com o jovem goleiro João Paulo, que praticou duas boas defesas na etapa final.
O SÃO PAULO perdeu para a Chapecoense por 2 a 0 e segue em situação extremamente delicada no Campeonato Brasileiro.
Ontem, às 16 horas, em confronto direto na Arena Condá, a equipe do técnico Dorival Silvestre Júnior não conseguiu encerrar a sequência de oito jogos sem triunfos e acabou derrotada pelos catarinenses com gols de Túlio de Melo aos 18 minutos do 1.º tempo, e Lucas Marques, aos 47' do 2.º tempo.
Em confronto direto contra a zona de rebaixamento, São Paulo e Chapecoense travaram um primeiro tempo bastante equilibrado. O Tricolor do Morumbi até iniciou a etapa complementar levando perigo ao gol de Jandrei, entretanto, pouco criou no restante do jogo e viu os rivais balançarem as redes em jogada aérea após cobrança de falta.
Tentando encontrar o time ideal para o decorrer do Brasileirão, o técnico Dorival Júnior começa a perceber na prática que terá muito trabalho pela frente se quiser livrar o clube do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro de 2018. O duelo em Chapecó teve a presença de 10.742 torcedores, com renda de R$ 220.290,00.

OUTROS RESULTADOS

ONTEM

Atlético Goianiense 1 x Atlético Mineiro 2
Grêmio de Porto Alegre 3 x Ponte Preta 1
Cruzeiro 1 x Flamengo 1
Coritiba 1 x Fluminense 2
Bahia 1 x Avaí 1
Hoje, às 20 horas, jogam Botafogo e Sport Recife encerrando a 14.ª rodada do Brasileirão 2017.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade