Prefeitura ainda analisa nova licitação

Geral


A empresa Trans VLP, que assumiu emergencialmente o transporte coletivo urbano em Tupã, conseguiu amenizar os problemas enfrentados anteriormente pelos passageiros desse serviço público, que já foi muito criticado nos últimos anos.
O secretário Municipal de Administração, Cláudio Zopolato, disse que o contrato com a empresa será encerrado em breve e, por isso, a prefeitura estuda a abertura de licitação, para contratar uma nova empresa. “Isso acontecerá em menos de 30 dias”, previu.
De acordo com o edital que ainda será elaborado pela prefeitura, o serviço público deverá contar com novos atendimentos. Vale lembrar que o documento com as novas axigências permanece em análise no setor jurídico da prefeitura.
O secretário Municipal de Obras e Trânsito, Renan Pontelli, disse que o serviço contará com novas rotas,  pontos de ônibus e um carro a mais, para atender os passageiros. “Vamos analisar todos os pontos e atender as necessidades apresentadas pela população”, afirmou.
 
Pontelli explicou que a empresa vencedora da licitação deverá reformar todos os pontos de ônibus, conforme o prazo que será estipulado em edital. “Uma nova rota será iniciada no período da noite, para atender, inclusive, moradores da região Leste da cidade”, acrescentou. 
O transporte coletivo urbano atende, atualmente, cerca de 20 mil passageiros pagantes, com cinco carros: um na linha Amarela e outro na Azul; duas vans para atender os passageiros nos distritos de Varpa, Parnaso e Universo; e um ônibus reserva. Recentemente, a empresa ampliou o horário de atendimento de seu itinerário para até 23 horas.
 
Vale lembrar que a Prefeitura de Tupã repassa, mensalmente, R$ 50 mil à empresa, para subsidiar os serviços prestados.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias