jdiario@diariotupa.com.br

Saúde
Tupã soma 22 casos positivos de dengue

          Janeiro ainda nem acabou e Tupã já totaliza mais de 20 casos positivos de dengue neste ano. A situação é preocupante. Além da cidade, municípios de toda região estão em alerta.
A Secretaria Municipal de Saúde confirmou o total de 22 casos positivos. Além disso, outros 26 casos aguardam os resultados dos exames.

As ações realizadas em Tupã estão sendo feitas de forma constante, sem interrupção, e agora deverão aumentar.
Vale destacar a importância do apoio da população para eliminar os criadouros de suas residências. Além da dengue, a febre “Chicungunha”, que é um aportuguesamento de “Chikungunya”, o nome de outra doença transmitida pelo mesmo mosquito “Aedes aegypt”, transmissor da dengue, já está presente no Estado de São Paulo.
Através da Vigilância em Saúde, estão sendo feitas visitas nas unidades para que sejam elaboradas junto às equipes de saúde um sistema de vigilância epidemiológica de combate à dengue e um melhor controle do mosquito.

Os agentes comunitários de saúde estão sendo orientados a intensificar nas suas áreas de trabalho visitas casa a casa, com o objetivo de identificar e eliminar os criadouros quando existirem.
Além do controle mecânico, ou seja, a eliminação dos focos para o mosquito, os agentes irão reforçar as orientações feitas mensalmente sobre as condutas a serem adotadas para a não proliferação do “Aedes”, tais como manter pneus em locais cobertos, eliminar possíveis criadouros e manter a vigilância constante.

Outras ações que devem ser realizadas são: utilizar areia grossa em pratos e vasos de flores, ensacar ou armazenar em local adequado vasilhames que possam acumular água, virar de boca para baixo garrafas vazias, manter limpas e tampadas caixas d´água das residências e empresas e cuidar das piscinas, que devem ser tratadas com cloro, além de serem cobertas.


'JOÃO IORI'
Gaspar entrega hoje obra de R$ 2,2 milhões

          A noite de hoje promete ser histórica para a educação municipal, pois marca a entrega de um conjunto de obras de mais de R$ 2 milhões 250 mil, na ampliação, reforma e implantação de melhorias na Emef “Professor João Geraldo Iori”, a primeira escola municipal implantada em Tupã pelo prefeito Manoel Gaspar, ainda em seu primeiro mandato como prefeito de Tupã, no ano 2000.

Nesses quase quinze anos desde sua construção, a escola passou por algumas obras, mas há tempos os usuários e professores reivindicavam uma reestruturação completa, que tornasse a escola uma referência em educação, assim como foi à época de sua construção. “Fomos pioneiros em toda região ao trazer a primeira escola municipal. Muitos foram contra, mas acreditamos que seria melhor e hoje temos certeza de que fizemos a escolha certa ao brigar pela vinda desta escola”, lembrou o prefeito Manoel Gaspar, que conquistou duas outras escolas municipais para Tupã, a “Governador Mário Covas” e a “Odinir Magnani”.

A cerimônia de inauguração acontecerá hoje, às 20 horas, na sede da própria escola, localizada na Rua Angelo Servilha Romeiro, 150, no Jardim Aritana. O evento contará com brinquedos e algodão doce para as crianças, além da apresentação da Orquestra Municipal “Maestro Júlio de Castro”. “Faremos uma grande cerimônia, pois as famílias, alunos e educadores daquela escola merecem. Convido todos para que prestigiem a festa”, disse o secretário de Educação, professor doutor Marcos Leite.
Foram investidos nas reformas e melhorias, R$ 1.879.678,04 de recursos do próprio município, além de investimentos, também municipais, de R$ 363.490,00 na aquisição de mobiliário. A nova área total de construção foi de 375,79 m2, sendo que o total da construção e reforma ultrapassa agora os 3 mil e 630 metros quadrados.
O secretário Marcos Leite disse que a escola precisava, há muito tempo, de ampliações e uma grande reforma, pois é uma das maiores escolas de Tupã. “A escola passou por algumas melhorias, mas uma grande reforma como esta é a primeira. A população sempre me cobrou que melhorássemos esta estrutura, para atender bem nossas crianças. Foi o que fizemos e vamos continuar fazendo, atendendo a população com todo carinho e respeito”, disse Leite.

No projeto executado foram edificados auditório, biblioteca, palco, dois portais, playground e uma caixa de areia. Na área reformada, foram realizadas obras em 14 salas, sala de vídeo, consultório odontológico, secretaria e administração, além de seis sanitários reformados e adaptados.
Foi realizada ainda uma grande adequação de parte da cozinha e camarim. O piso da escola foi todo refeito com granilite. Na parte estrutural, foi realizada toda troca do telhado, parte elétrica e hidráulica, com serviços de implantação de nova canalização das águas pluviais.

Também houve a aquisição de novos mobiliários para os alunos, secretarias, administração, refeitório, biblioteca e um auditório que passa a ser destaque dentro da estrutura escolar. Todos os investimentos na aquisição destes mobiliários foram feitos pela Prefeitura de Tupã, através da Secretaria de Educação.
Segundo Gaspar, o que de mais moderno, útil e necessário foi adquirido para o conforto dos alunos da Emef “João Geraldo Iori”.

Dentro da estrutura atualizada, alguns itens novos e modernos foram adquiridos, como por exemplo 15 mesas com gavetas para professores, 15 mesas para computadores, 140 cadeiras para estrutura de atendimento aos alunos, de diversos modelos e tamanhos, 8 novas mesas para o refeitório, 12 conjuntos de mesas em resina com cadeiras, 250 mesas e cadeiras para as salas de aula, mais 150 mesas e cadeiras para salas de aula, de tamanhos diferenciados para atender todas as crianças, 23 conjuntos de mesas e cadeiras maiores, chamadas longarinas, 60 cadeiras com prancheta dobrável, para atividades diferenciadas, 40 armários destinados a professores e estrutura educacional.


Casa do Garoto
Alunos prestigiam mostra do Grupo Fênix de Teatro

         


Casa do Garoto
Alunos prestigiam mostra do Grupo Fênix de Teatro

          Os alunos da Casa do Garoto de Tupã tiveram uma manhã diferente na última quarta-feira, 27 de janeiro. A sala de aula foi substituída pelo Espaço das Artes, onde puderam prestigiar a exposição do Grupo Fênix de Teatro, contando os 30 anos de história de sua fundação.
O conhecimento, desta vez, foi passado aos estudantes por meio de uma contação de história, fotos, recordações e memórias, além de figurinos de personagens e objetos, apresentados a eles por meio da "Mostra 30 Histórias pra Contar", que mostra a caminhada do Grupo Fênix na difusão e fomentação da cultura teatral tupãense .
O Espaço das Artes ficou repleto de olhos curiosos e atentos para a apresentação. Na contação de história, a atriz Mirian Mieko desperta a criançada para o valor da amizade. Não só os alunos, mas também as monitoras e professoras presentes embarcaram para uma deliciosa viagem imaginária rumo às pequenas mudanças que podem gerar grandes transformações. Após a apresentação da história, os alunos assistiram ao vídeo do espetáculo “A Fantástica Batalha do Viajante Maltrapilho” e puderam conhecer a história de cada espetáculo exposto no local.
A comemoração dos 30 anos do Grupo Fênix é um evento que conta com o apoio da Prefeitura de Tupã, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

A mostra segue até o dia 10 de fevereiro, segundo o secretário Municipal de Cultura, Charles dos Passos, também ator e diretor artístico do grupo. “Estamos tendo uma receptividade muito grande nas ações de comemoração ao aniversário do Fênix. Mostra disso foi o grande número de pessoas que vieram prestigiar a leitura damática do próximo espetáculo, ‘Arraiá do Pafúncio’, um grupo que pode opinar e discutir sobre nosso trabalho, além de avaliar o andamento de nosso projeto”.
Dando continuidade ao evento comemorativo, amanhã, sábado, dia 31, acontece no Anfiteatro “Cley Alexandre da Silveira”, anexo à escola “João Geraldo Iori”, a apresentação gratuita do espetácuo “Kworo Kango Histórias e Memórias”, com classificação indicativa de 16 anos. No dia 7 de fevereiro, no mesmo espaço, será apresentado “Lampião e Maria Bonita no Reino Divino”.


Os bichos
Bombeiros resgatam animais silvestres perdidos no centro da cidade

          A “bicharada” estava, literalmente, solta em Tupã, na tarde de ontem. Nada comum para uma manhã e tarde de quinta-feira, um macaco prego resolver dar uma volta pelo centro da cidade. Além dele, uma espécie diferente de rato, chamado ratão do banhado, também foi flagrado desfilando pelas ruas. Imediatamente, o Corpo de Bombeiros de Tupã foi acionado para o resgate dos animais, soltos na cidade.
O primeiro animal resgatado foi um macaco prego, que pertence a um morador da área central de Tupã e havia fugido durante a madrugada.
Ao sentir falta do animal, pela manhã, o homem acionou os bombeiros, que localizaram o bicho por volta das 10 horas, na Rua Iporans, próximo ao Comercial Monteiro. O macaco foi devolvido ao proprietário.
Bombeiros informaram para a equipe do DIÁRIO que o macaco é de propriedade de um tupãense, que mantém o bicho de forma legal, inclusive registrado pelo Ibama.
Já por volta das 14 horas os bombeiros capturaram outro animal silvestre solto pelas ruas de Tupã. Trata-se de um ratão do banhado, que foi localizado próximo ao Cemitério da Saudade, na Rua Caingangs. Ele foi capturado e levado para a Polícia Ambiental.


Retiro carnavalesco
Igreja Católica prepara encontro de jovens nos dias de folia

          Falta pouco mais de duas semanas para um dos feriados mais esperados do início do ano. O carnaval será comemorado a partir do próximo dia 13 de fevereiro, uma sexta-feira, sendo o final de semana da folia nos dias 14, 15, 16 (véspera) e 17 (feriado).
Longe da bagunça das festas de momo, muitos jovens de Tupã curtirão os dias de folia de uma forma diferente. No lugar das músicas e sambas típicos do período, os jovens cantarão louvores e terão um momento especial de oração, sem deixar as brincadeiras de lado. Pelo contrário, nos retiros e acampamentos de carnaval, além de estudos da Bíblia, há também o momento de lazer e programações especiais.

Católicos

A Igreja Católica já tem definida a programação de carnaval para os jovens. O retiro terá início no dia 14 de fevereiro, às 14 horas, com término às 15 horas do dia 17.
As pessoas moradoras em Tupã dormirão em suas respectivas casas. Já os participantes das cidades da região serão acolhidos em casas de famílias da cidade, porém terão que fazer inscrições antecipadas, pois as vagas são limitadas.
O retiro tem como tema “Deixai-vos conduzir pelo Espírito Santo”. Já está programada muita música, animação, adoração e até mesmo um “Lual com Cristo”. O retiro será realizado no Centro de Educação Integrada (CEI), na Avenida dos Universitários, 145, em Tupã. As inscrições já podem ser feitas em todas as paróquias da cidade ou grupos de oração. A taxa é simbólica de apenas R$ 20,00.


Suicídio
Psicóloga alerta famílias sobre grave transtorno que leva à própria morte

          Frente à triste realidade vivida por diversas famílias, não só em Tupã como no Brasil e mundo, o DIÁRIO buscou por informações técnicas, com profissionais na área da psicologia, para explicar melhor o transtorno que leva uma pessoa à destruição total de sua autoestima e alma, ao ponto de tirar a própria vida.

Uma triste realidade enfrentada por milhares de famílias no mundo, o suicídio destrói lares. Muitas vezes sem explicação, em um ato de desespero e angústia, pessoas decidem tirar a vida com as próprias mãos.
Em Tupã, cidade de pouco mais de 65 mil habitantes, muitas famílias já choraram a perda de um ente querido por suicídio.

O que preocupa é o aumento desses casos. Janeiro nem acabou e a cidade já registrou dois casos de suicídio em menos de uma semana. Na quarta-feira da semana passada, o jovem Cristhian da Costa Santos, de apenas 19 anos de idade, se matou por enforcamento.
Já nesta semana, foi sepultado o corpo de Valquíria de Oliveira Piaventin, de 34 anos, que se matou da mesma forma.

Como explicar?

Em entrevista ao DIÁRIO, a tupãense Juliana Roge Ferreira Soares de Arruda, que carrega importante currículo na área, falou do assunto. Ela é mestre em avaliação psicológica pela Universidade São Francisco; especialista em terapia cognitivo comportamental, pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP-SP); especialista em neuropsicologia, pela Faculdade de Medicina do Hospital das Clínicas, da USP; psicopedagoga e especialista em psicologia do trânsito, através do Conselho Federal de Psicologia, apresentou uma definição técnica, segundo a psicologia. “Chamamos suicídio a ação pela qual uma pessoa acaba com sua própria vida. Segundo especialistas na área de comportamento humano, esta é uma conduta autodestrutiva, porque pode conduzir diretamente à morte ou pode ser uma tentativa, por trás da qual existe sempre uma intenção letal em sua essência”.

Ainda segundo as informações, a enfermidade psiquiátrica com maior risco para o suicídio é a depressão; a segunda enfermidade com maior risco para um quadro de suicídio, é a esquizofrenia; e a terceira, o abuso de substâncias tóxicas, como o álcool, a cocaína e outras drogas que causam dependência química.

‘Pensamento suicida’

A primeira pergunta que vem à cabeça daqueles que ficam, depois de perderem alguém próximo dessa maneira, é: “o que leva a pessoa a tirar sua própria vida?”. A psicóloga Juliana Roge Ferreira Soares de Arruda explica o pensamento suicida. “O pensamento suicida em sua própria destruição surge quando a pessoa acredita que não há solução para seus problemas. Esse tipo de pensamento vem à mente em momentos de crise depressiva. Esta crise é identificada em meio de desorganização mental, estresse e sensação de incapacidade de solucionar os problemas da vida. O que provoca o sentimento depressivo não são apenas os eventos desagradáveis que ocorrem na vida da pessoa, e que em psicologia chamamos de agentes estressores, que  pode ser a morte de alguém, a perda do emprego, a discussão com a vizinha. O que realmente provoca a depressão é a avaliação que a pessoa faz do quanto ela pode enfrentar isso tudo. É o limite da capacidade de enfrentamento que causa a depressão. Sendo assim, cada um teria seu limite de capacidade de resolução de problemas. Quando este limite se esgota, surgem então as crises psicológicas”.

Ainda de acordo com o relato, a resposta depressiva representa uma reação perante o estímulo estressante externo ou uma característica do padrão de resposta de uma pessoa frente ao mundo (maneira de enfrentamento da pessoa frente aos problemas). “Entretanto, quando surge pode contribuir para problemas que vão desde as mudanças de humor, irritação, mal estar, que deterioram o funcionamento de um indivíduo, até desejos e ações que têm como objetivo final a morte causada pelo próprio indivíduo”.

‘Avisos’

A psicóloga alerta para os “avisos” passados pela pessoa com os sintomas. “Na grande maioria das pessoas que se suicidaram, houve um aviso, algo foi dito que demonstrasse pensamento suicida. O impulso para agir tem um tempo limitado, as ideias de morte persistem por algum tempo, mas ainda assim normalmente a pessoa consegue resistir ao impulso de concretizar essa ideia, mas só o fato de ter o pensamento já demonstra a importância dessa depressão. Vale salientar que nem sempre há o desejo de morte, o desejo real é a eliminação do sofrimento e não da vida em si”, esclareceu.

Para a psicóloga, o suicídio raramente é uma decisão repentina, apesar de amigos e familiares conceberem esse acontecimento como algo completamente inesperado, surpreendente ou até chocante. “Na maioria dos casos, o suicídio é algo planejado – a pessoa constrói um plano, estabelece uma data, define um método e pensa nessa possibilidade ao longo de algum tempo, antes de tomar uma decisão definitiva. Porém, a impulsividade é uma característica da personalidade que interfere na tomada de decisão, ao modelar a rapidez com que se passa do pensamento ao ato, podendo constituir um fator de risco acrescido. Existem assim algumas situações em que o suicídio ocorre de forma impulsiva. Perante uma dada situação, que é dolorosa e intolerável, a pessoa toma uma decisão imediata, precipitada e sem pensar (no sentido de minorar a dor emocional sentida), emitindo uma resposta auto-destrutiva que conduz à consequência irreversível da morte”.

Sinais de alerta

A psicóloga tupãense destacou ainda alguns sinais de alerta:
- Tornar-se uma pessoa depressiva, melancólica (apresentando uma grande tristeza, desesperança e pessimismo, chora sistematicamente);
- Falar muito acerca da morte, suicídio ou de que não há razões para viver, utilizando expressões verbais tais como “não aguento mais”, “já nada importa”, ou “estou pensando em acabar com tudo”;
- Preparativos para a morte: pôr os assuntos em ordem, desfazer-se ou oferecer objetos ou bens pessoais valiosos, fazer despedidas ou dizer adeus como se não voltasse a ser visto;
- Demonstrar uma mudança acentuada de comportamento, atitudes e aparência;
- Ter comportamentos de risco, marcada impulsividade e agressividade;
- Aumento do consumo de álcool, droga ou fármacos;
- Afastamento ou isolamento social;
- Insônia persistente, ansiedade ou angústia permanente;
- Apatia pouco usual, letargia, falta de apetite;
- Dificuldades de re-lacionamento e integração na família ou no grupo;
- Insucesso escolar (por exemplo, quando antes era aluno interessado);
- Descuido na aparência pessoal.

Ajuda da família

A intervenção requer uma combinação entre medicação e psicoterapia, sendo assim o paciente deverá ser encaminhado para tratamento médico especiali-zado por neurologistas, psiquiatras ou clínicos gerais. “Se por um lado a intervenção farmacológica controla os impulsos agressivos, a psicoterapia trabalha no sentido da compreensão dos sentimentos e emoções, permitindo ao paciente criar recursos internos para lidar com as suas angústias e ansiedades de forma saudável”, disse a psicóloga.

Outras
informações

A psicóloga destacou ainda como lidar com esses pacientes. “A tarefa mais importante é ouvir essas pessoas. Conseguir esse contato e ouvir é por si só o maior passo para reduzir o nível de desespero suicida. O objetivo é preencher uma lacuna criada pela desconfiança, pelo desespero e pela perda de esperança e dar à pessoa a esperança de que as coisas podem mudar para melhor”.

Por fim, saiba como se comunicar:
• Ouvir atentamente, com calma.
• Entender os sentimentos da pessoa (empatia).
• Dar mensagens não verbais de aceitação e respeito.
• Expressar respeito pelas opiniões e pelos valores da pessoa.
• Conversar honestamente e com autenticidade.
• Mostrar sua preocupação, seu cuidado e sua afeição
• Focalizar nos sentimentos da pessoa.
• Atitudes de encorajamento e motivação.


‘Acessa São Paulo’
Projeto será discutido na semana que vem

          Paralisado há cerca de 8 meses, o projeto sócio-cultural “Acessa São Paulo”, que disponibiliza acesso gratuito à internet para centenas de pessoas, era desenvolvido pela Prefeitura de Tupã em parceria com o governo do Estado.

Atualmente, as atividades do programa continuam desativadas na sede da Secretaria Municipal de Cultura, “por conta de problemas técnicos que atingiram as máquinas dos usuários”.
Por conta disso, centenas de pessoas deixaram de acessar a internet de forma gratuita. O serviço auxiliava os usuários diariamente na busca por conhecimentos gerais, pesquisas escolares e entretenimento.
O secretário Municipal de Governo, Geraldo Magela, destacou que o Executivo continua elaborando estudos para implantar novamente o programa. Ele salientou que o assunto será discutido com o prefeito Manoel Gaspar para que, em breve, os usuários possam ser novamente contemplados com o projeto. “O prefeito está de viagem e vamos conversar sobre esse assunto na segunda-feira”, disse.

No dia 7 de janeiro, o ex-secretário de Governo e atual secretário de Finanças e Administração, Dorival Coquemala, tinha informado que o programa seria instalado no município no período de 100 dias, ou seja, para abril ou maio.
Por outro lado, a instalação do programa irá depender de investimentos na estrutura do prédio e não há recursos no momento para isso.

Expansão

Uma das propostas da prefeitura é ampliar o atendimento do programa para outros pontos do município. Nesse sentido, o programa “Acessa São Paulo” poderá ser instalado nos distritos de Varpa, Parnaso e Universo. Para isso, o Executivo terá que adequar os locais que receberão o programa e, ainda, aguardar pela chegada dos computadores que serão forncecidos pelo governo estadual.

O programa

Acessa São Paulo é um programa de inclusão digital do governo do Estado de São Paulo, coordenado pela Secretaria de Gestão Pública, com gestão da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), por meio da Diretoria de Serviços ao Cidadão.
Criado em julho de 2000, o Programa Acessa São Paulo oferece para a população do Estado o acesso às novas tecnologias da informação e comunicação (TIC’s), em especial à internet, contribuindo para o desenvolvimento social, cultural, intelectual e econômico dos cidadãos paulistas.
Para atingir seus objetivos, o Programa Acessa São Paulo abre e mantém espaços públicos com computadores para acesso gratuito e livre à internet.


Animais
Prefeitura não tem data para abrir licitação para castração

          Sem condições para abrir um processo licitatório para contratar uma empresa especializada no ramo de cirurgias em animais, a Prefeitura de Tupã não tem previsão de quando iniciará a campanha de castração em cães e gatos do município.

A empresa que for contratada, via processo licitatório, deverá fornecer os serviços de castração para cadelas e gatas. O serviço de castração dos animais machos é feito pelo Centro de Controle de Zoonoses.

A empresa ou profissional que vencer a licitação deverá, ainda, fornecer um espaço adequado para a realização das cirurgias, assim como todo o aparato necessário para o fornecimento de medicamentos e equipamentos. “A castração feita nos machos é mais simples. Já a castração das fêmeas é mais complexa e precisa de acompanhamento pós-operatório”, disse a diretora de departamento de atenção à saúde, Simone Lima Veronez Bauer.
A castração dos animais é efetuada por meio de uma parceria com a Associação Protetora dos Animais, ong que fiscaliza a demanda e a proposta da empresa que se disponibilizar a oferecer os serviços de castração. “Não podemos recolher os animais errantes. Os mesmos devem ser encaminhados para castração pela Associação Protetora dos Animais”, disse.

Simone destacou que a castração dos animais será realizada assim que a licitação for aberta. “Não temos previsão de quando isso poderá acontecer”, frisou.
A diretora salientou que os animais domésticos também serão castrados.
Os donos desses animais, que quiserem castrar seus cães e gatos, sejam eles machos ou fêmeas, poderão entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, pelo telefone 3404-2200 e agendar a demanda pela cirurgia. “Entraremos em contato com o proprietário para avisar o dia e a hora da cirurgia”, explicou.

Serviços

A previsão do Centro de Controle de Zoonoses é castrar em média 40 animais machos por mês.

Vale lembrar que a castração dos animais é voltada para a população de baixa renda e, por conta disso, a cirurgia será oferecida gratuitamente por meio de agendamentos prévios.

Projetos

Para economizar com os gastos oriundos da licitação, a Prefeitura de Tupã pretende melhorar sua estrutura com o objetivo de prestar serviços de castração para fêmeas. “Para isso, temos que reestruturar o centro cirúrgico, com a instalação de novos equipamentos”, disse. “A castração dos machos é mais simples de se fazer e para prestar esse serviço temos a estrutura necessária”, destacou.

Objetivo

O objetivo da castração de cães e gatos é evitar o abandono de animais pelas ruas da cidade. Existem proprietários que abandonam os animais após o período de cria. Sem ter condições para criar os filhotes, a ninhada é jogada em terrenos baldios ou até mesmo em residências. Há moradores que ficam sensibilizados com a situação e adotam esses animais nas ruas. Outros acabam morrendo por falta de cuidados.


Junqueirópolis
Termina rebelião e agentes são libertados

          Uma rebelião marcou a manhã de ontem na Penitenciária de Junqueirópolis. A informação foi confirmada pelo setor de comunicação do 25º Batalhão da Polícia Militar de Dracena.
Consta que estão presos na unidade aproximadamente 1.800 homens, número acima da capacidade do presídio. Dois agentes penitenciários foram feitos reféns.

O Batalhão enviou para o local viaturas e a Força Tática também foi prestar apoio.
Mais tarde, a rebelião no presídio de Junqueirópolis foi controlada.

Os dois agentes penitenciários feitos reféns foram liberados pelos presos e, em seguida, socorridos sem risco de saúde. Um terceiro agente envolvido que conseguiu fugir dos rebelados, pulou para outro raio e teve uma das pernas fraturada.

Neste momento, o Grupo de Intervenção Rápida (GIR), da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado, a SAP, entrou no presídio para efetuar revista. Explosões de bombas de efeito moral foram ouvidas.
Tudo teria começado após um grupo ter tentado praticar fuga e os demais presos aderirem ao protesto, porém a fuga foi frustrada.


Arte
Artista tupãense se destaca com suas obras de arte

          A artista tupãense Mariana Pavanelli, de 27 anos, que reside e trabalha na capital paulista, está em Tupã durante esta semana para rever seus familiares e amigos, sem deixar de fazer aquilo que mais gosta: pintar.
Na tarde de ontem, a artista realizava uma de suas obras em uma das paredes do estabelecimento comercial “Madrugão Lanches”, que aliás chamou a atenção de quem passava pelo local.

Mari Pavaneli, como é conhecida, é casada, formada em publicidade e marketing e reside em São Paulo desde os seus 18 anos.
Em um período de aproximadamente 9 anos, Mari trabalhou em agências bancárias e num portal de notícias, mas há cerca de 2 anos deixou o mercado de trabalho para viver apenas de sua arte. “Eu grafito desde 2012. Este foi o meu primeiro contato com a parede, a tinta e o spray. Mas desenho desde que me entendo por gente”, disse.

Mari lembrou que iniciou a sua vida na arte por meio de uma inspiração natural.
A artista destacou que sua arte é a tradução dos seus sentimentos e sonhos, sendo essa a “essência da sua alma”. “Eu sou uma pessoa que não consigo pintar ou criar quando eu estou um pouco ‘para baixo’ ou quando eu estou triste. Por meio da minha arte, eu consigo expressar somente bons sentimentos. Porque é isso que eu quero passar para as pessoas”, explicou.
Mari frisou que busca fazer do graffit uma arte que possa levar bons sentimentos às pessoas. “Eu grafito com a intenção de que as pessoas vejam uma arte minha na rua, e sintam-se alegres e felizes. Para que isso aconteça, eu também tenho que estar alegre e feliz, ao expressar meus sentimentos na parede”, salientou.

Escolha

Mari ressaltou que se mudou de Tupã para São Paulo com o objetivo de crescer profissionalmente.”Eu saí de Tupã e cheguei em São Paulo com o pensamento que precisava trabalhar para sobreviver, construir minha vida, sustentar minha família, etc.”, afirmou.

Ao chegar em São Paulo, Mari não imaginava que seria inserida em um mercado consumidor de arte e nem mesmo se imaginou vivendo dela. “Percebi que isso poderia acontecer quando eu comecei a desenvolver a minha arte e as pessoas começaram a demandar por isso”, afirmou. “A arte começou a tomar uma parcela maior do meu dia-a-dia do que a minha vida profissional no mundo corporativo. Esse foi o estopim para eu sair do meu antigo emprego e me dedicar somente à arte”, enfatizou.

Projetos

Mari Pavanelli disse que seu projeto de vida é percorrer o mundo expondo sua arte.
Neste ano de 2015, a artista explicou que tem projetos a serem desenvolvidos junto à Prefeitura de São Paulo.
Ela sustentou que, recentemente, pintou em um mural situado na Rua 23 de Maio. “Esse é o maior mural da América Latina, possuindo mais de 5 km de graffit. Fiz uma obra em um espaço de 20x6 metros e ficou bem bacana”, destacou.
Os projetos de Mari para 2015 não param por aí. Ela destacou que uma marca famosa no Rio de Janeiro a convidou para participar das comemorações de 450 anos da capital carioca. “Esta marca está lançando uma série de camisetas femininas em comemoração aos 450 anos do Rio de Janeiro. E três dessas estampas foram criadas por mim”, afirmou.

EUA

No ano passado, Mari disse que recebeu um convite de uma galeria de São Francisco, no Estado da Califórnia, para expor sua arte. “Entre os meses de novembro e dezembro, expus meus trabalhos nessa galeria. Foram mais de 14 obras minhas. Eu pretendo voltar em maio para ver o resultado das vendas das obras”, enfatizou.

Arte

A artista explicou que sua arte tem o aspecto feminino, mas é voltada para todos os públicos. “Ela tem um movimento orgânico e minha inspiração é a natureza”, disse. “Eu não tenho um esboço, meu esboço começa a ser criado de acordo com a parede e lá crio faces femininas, flores, movimentos, pássaros e brilhos, entre outros”, afirmou.

Trabalhos

Os interessados em conhecer um pouco mais dos trabalhos de Mari Pavanelli, podem conferir suas obras e outras novidades em seu site: www.maripavanelli. com.br ou em sua página no facebook: www.facebook. com/maripavanelli.art.


Santa Casa
Hospital amplia horário de visitas

          Está previsto para vigorar a partir do dia 2 de fevereiro, próxima segunda-feira, o novo horário de visitas aos pacientes internados na Santa Casa de Tupã. A mudança tem por finalidade a humanização na saúde proposta pelo governo do Estado de São Paulo que, após amplos estudos, concluiu que, quanto mais visitas o paciente recebe, melhor ele fica e a recuperação é mais rápida. Dessa forma, nada melhor do que proporcionar ao paciente nesse momento difícil um maior respaldo dos seus entes queridos.

Os novos horários de visitas serão para todos os dias e os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão receber as visitas das 13 às 21 horas. “Enfatizamos os pacientes do SUS, porque os demais pacientes internados em alas de convênios já têm liberdade para receber visitas. Já o SUS tinha restrições devido à quantidade de visitantes”, disse a direção da Santa Casa, em nota.

A direção da Santa Casa esclarece que “os visitantes terão uma importante participação para que o projeto obtenha êxito, pois a visita será permitida com o revezamento de duas pessoas de cada vez e a família deverá estar ciente que somente entrarão as outras duas pessoas quando os dois primeiros visitantes saírem, isso pelo bem do próprio paciente”.
Haverá mudança também para pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e pacientes que estão no isolamento. No primeiro caso, a visita será no período das 15 horas às 15h30 min e, no segundo período, das 20 às 20h30 min.
Mais informações podem ser obtidas através do telefone (14) 3404-5555.


‘Empacou’
Prefeitura adia licitação do ‘Tupã Folia 2015’

          Literalmente no “aperto” por causa de um banheiro. Porém, neste caso, o banheiro não aliviou e, sim, “empacou” tudo. É assim que seguem os trabalhos para a realização do “Tupã Folia 2015”.
É que, agora, até a assinatura do contrato, a empresa vencedora deverá ter poucos dias para instalar a estrutura do circuito carnavalesco.
Acontece que a prefeitura suspendeu na manhã de ontem, quinta-feira, o pregão que definiria a contratação da estrutura para o “Tupã Folia 2015”. Nova data ficou definida para o próximo dia 4 de fevereiro, quarta-feira que vem.
Segundo a Secretaria Municipal de Finanças, o motivo do adiamento seria uma documentação que é exigida para a locação dos banheiros químicos. Sem essa documentação, a empresa contratada poderia “brecar” o trabalho. Portanto, será preciso incluir essa tal documentação.
O próximo pregão está marcado, portanto, para o próximo dia 4 de fevereiro. Segundo a pasta, pelo cronograma estipulado pelas autoridades, dará tempo suficiente para montar a estrutura, considerando que neste ano a mesma será bem menor se comparada com a que foi realizada nos anos anteriores.
Ainda de acordo com as informações, o resultado do pregão é dado na hora da realização do evento, sendo que pode ser contemplado já no outro dia. Isso permitiria a montagem do evento a tempo de sua realização. Pelo menos foi o que confirmou uma funcionária da Secretaria de Finanças.

Dúvidas
Na verdade, um suposto pedido verbal de cancelamento de uma licitação, que já está atrasada, jamais seria atendido pela comissão de licitação, que é soberana. Além disso, empresas participantes devem se ater ao edital. Só ocorre um cancelamento através de pedido judicial ou por meio do Tribunal de Contas, como aconteceu no ano passado. É passível da obtenção de uma liminar ou impedimento de órgão fiscalizador se o edital estiver cheio de vicios, com objetivo de favorecer determinada empresa. Logo, a verdade sobre o cancelamento deve ser outra.
O motivo pode ser a publicação da matéria feita pelo blog do radialista Jota Neves, uma hora e meia antes da licitação acontecer, dando conta de que um empresário do setor, que já foi vencedor de outras licitações para fornecer estrutura para o carnaval de Tupã, “cantou” antecipadamente que seria o vencedor do pregão presencial.


Análises clínicas
Laboratório Municipal é responsável por até mil exames por dia, em média

          No ano passado, o Laboratório Municipal de Análises Clínicas, antes administrado apenas pela Prefeitura de Tupã, com 100% de eficiência em termos de resultados, passou por uma transformação em sua gestão.
Uma empresa foi contratada para realizar os trabalhos de co-gestão do Laboratório Municipal de Análises Clínicas, num trabalho terceirizado pela Prefeitura Municipal. Atualmente, o laboratório passa por uma mudança interna, na diretiva dos trabalhos.
Pelo pouco que se informa, trata-se de uma gestão compartilhada do Laboratório de Análises Clínicas do município, através da Associação para o Desenvolvimento da Saúde - Qualilab.
A Associação para o Desenvolvimento da Saúde - Qualilab, qualificada como organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP), faz o trabalho mediante remuneração mensal, que pode chegar a R$ 250 mil.

Laboratório

O Laboratório Municipal de Análises Clínicas é responsável por atender um grande fluxo de pessoas todos os dias, em busca de exames diversos, feitos no local. Na verdade, são realizados cerca de 30 mil exames por mês.

O Laboratório Municipal atende também as cidades que fazem parte da microrregião. Sua sede está localizada na Rua Tupinambaranas, 1.050.


Educação
Aulas começam na próxima segunda-feira

          Na próxima segunda-feira, dia 2 de fevereiro, os alunos da rede pública estadual de ensino retornarão às aulas, iniciando mais um ano letivo.
Neste ano, 6.018 alunos foram matriculados nas 11 escolas estaduais do município - que já se encontram estruturadas para receber os discentes, professores e funcionários da rede estadual de ensino.
Vale lembrar que no momento, a DE (Diretoria de Ensino) está finalizando o processo de atribuição das classes e aulas. Mas toda estrutura já está pronta para o início do ano letivo.

Último dia

Os alunos deve aproveitar que hoje é o último dia de férias. Aliás, este é o último final de semana de folga. E nada de moleza, porque as atividades estão programadas e começam normalmente nesta segunda-feira.

Escola da família

Aqueles que estão habituados a participar das atividades oferecidas por meio do programa Escola da Família, terão que esperar até o primeiro final de semana do mês de fevereiro, para retornar aos trabalhos.
A Diretoria de Ensino - Região de Tupã, informou que as atividades com a comunidade serão iniciadas no final de semana correspondente aos dias 7 e 8 de fevereiro.
Pode participar das atividades oferecidas pelo programa Escola da Família nas unidades escolares onde o mesmo funciona, qualquer pessoa da comunidade interessada nas oficinas oferecidas.

CEL

Os alunos que pretendem iniciar as aulas por meio do CEL (Centro de Estudos de Línguas) deverão ficar atentos quanto à disponibilidade de vagas remanescentes para os cursos de espanhol, inglês e italiano, que serão informados em breve pela Diretoria de Ensino.
Para se matricular no CEL, o aluno deverá comprovar estar matriculado e frequentando regularmente o ensino fundamental, a partir do 7º ano, ou o ensino médio, na rede pública estadual, EJA (Educação de Jovens e Adultos), nos anos finais do ensino fundamental ou no ensino médio, na rede pública estadual; ensino fundamental, a partir do 7º ano, em escola de prefeitura participante do Programa “São Paulo Faz Escola”, ou de ensino médio, no Centro Estadual de Educação Tecnológica “Centro Paula Souza”.



Em 3 anos, matrículas para o ensino médio subiram 11%

          A última pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Braileiro de Geografia e Estatísticas) informa que o número de matrículas efetuadas na rede pública estadual de ensino, referente ao ensino médio, no município de Tupã, subiu de 2.187 em 2009 para 2.447 em 2012, com uma média de 11%.
Já as matrículas referentes ao ensino fundamental caíram 17,5% nos anos pesquisados.
Segundo o IBGE, no ano de 2009 foram contabilizadas 4.928 matrículas para o ensino fundamental, número que caiu em 2012 para 4.195, uma diminuição de 733 inscrições.



A falta de perspectivas

          (*) Roberto Kawasaki

A crise que vivemos em vários aspectos e magnitudes passa pelas esferas federal, estadual e municipal. Trilha pela economia, saúde, educação, segurança, justiça, transportes, serviços públicos e o que é muito pior, absoluta ausência de perspectivas.
Indubitavelmente, quando a gestão pública é meramente ordinária e medíocre, ou menos do que isso, quando não consegue gerir as finanças públicas de forma cuidadosa e aritmética, o grau de confiança da sociedade cai absurdamente. Não adianta campanhas de marketing político, com verbas publicitárias altíssimas, que dêem jeito.
O (a) cidadão (ã)/eleitor(a), na era que vivemos, de acesso às informações, de portabilidade de computadores (tablets, smartphones), de conhecimento em tempo real dos fatos e acontecimentos, tem condições de se informar e tomar decisões. Estas decisões influirão, incontestavelmente, os dados (Big Data), as tabelas, os gráficos, de tal forma que as pessoas e grupos bem informados não sejam nunca massa de manobra de agentes políticos, agentes econômicos e outros agentes menos influentes.
Assim sendo, o estado de espírito das pessoas bem informadas desencadeará sobre as menos informadas uma avalanche psicológica que reproduzirá o estado de espírito anterior e caso isso seja municiado com mais informações ruins, se formará um clima negativo cada vez maior e teoricamente incontrolável.
A não ser que nossas autoridades governamentais mudem suas posturas de meras administradoras do bem público, de medidas anti-crise, de paliativos e de ações burocráticas pouco criativas, a falta de perspectivas que registrei no início deste artigo, permanecerá no front. Será possível conviver nesse clima ? Será que com o controle inflacionário na casa de um dígito, cujo efeito foi trazer ao seio da classe média, milhões de brasileiros, estes ficarão aguardando olimpicamente um dia retornar ao nível de consumo que se acostumaram e que por obra dos governantes, perderam ?
Para mudar esse estado de espírito absurdamente negativo, não cabe ao cidadão(a)/eleitor(a) tomar medidas. Cabe, isto sim, aos nossos governantes. Que estes saiam da mesmice e assumam posturas, tomem decisões significativas, apresentem projetos e programas ansiosamente aguardados por todos e que irão modificar por completo o futuro das novas gerações, criando oportunidades, abrindo fronteiras e horizontes, permitindo que os sonhos das pessoas - sejam elas bem informadas ou não - tenham reais condições de serem realizados. Espera-se que os projetos e programas estejam alinhados num planejamento estratégico que entusiasme pessoas e grupos, que os governantes estejam devidamente assessorados por profissionais capacitados, de espírito público, destituídos de interesses pessoais e meramente partidários. Que a administração pública não fique no campo das finanças públicas, de controle contábil dos gastos e de busca desenfreada de mais tributos.

(*) Roberto Kawasaki é economista pela FEA-USP,
professor dos cursos de Administração, Sistemas de Informação, Arquitetura e Urbanismo, Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Faccat.



Furtada há 20 anos, imagem de Nossa Senhora do Rosário é recuperada

          Por José Maria Tomazela

Sorocaba (AE) - Uma imagem de Nossa Senhora do Rosário esculpida no século 17 e furtada há 20 anos da Capela de Santo Antônio, em São Roque, interior de São Paulo, foi recuperada quarta-feira, 28, pela Polícia Federal em um antiquário de Jaguariúna, região de Campinas. A escultura, de valor inestimável, é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
A peça de arte sacra ornava o altar da capela do Sítio Santo Antonio, que pertenceu a Fernão Paes de Barros, o Barão de Piratininga, e, mais tarde, ao escritor modernista Mário de Andrade. O conjunto é tombado pelo Iphan desde 1947.
O desaparecimento da imagem foi notificado ao Instituto e a escultura, inscrita no banco de dados de peças subtraídas do patrimônio cultural brasileiro. Após obter informações sobre o paradeiro da escultura, o Iphan pediu apoio à Polícia Federal de Campinas, que localizou a obra de arte e obteve um mandado judicial para sua apreensão.
O antiquário alegou que a imagem havia sido deixada em consignação por um comerciante para ser vendida. Na residência do comerciante, a PF encontrou dois anjos tocheiros que também podem pertencer ao patrimônio nacional. Ele alegou que recebera as peças de um empresário de São Paulo como pagamento de dívidas A versão será investigada. A imagem de Nossa Senhora do Rosário vai passar por perícia e terá seu destino decidido pela Justiça Federal.


Álcool
Fiscalização contra venda será ampliada antes e durante o carnaval

          A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo começa, já neste final de semana, uma megaoperação para apertar a fiscalização contra a venda e o consumo de bebidas alcoólicas por menores de 18 anos no período que antecede o carnaval e também durante os dias de festa.
Em todo o Estado, cerca de 4.500 agentes das vigilâncias sanitárias estadual e municipais e do Procon-SP atuarão à paisana, incluindo o período noturno e as madrugadas, percorrendo bares, casas noturnas e quadras de escolas de samba, onde são realizados os ensaios preparatórios para os desfiles. Em Tupã, o foco maior será o circuito do Tupã Folia, na Avenida Tamoios.
O objetivo das inspeções é restringir a venda e o consumo de álcool para menores de idade nestes locais e em outros tipos de estabelecimentos comerciais, com base na “Lei Antiálcool para menores”, válida desde 2011 no Estado.
Durante todos os dias de carnaval, a fiscalização será intensificada. Entre 13 e 18 de fevereiro, os agentes vão passar por bares, restaurantes e lanchonetes e outros serviços onde são comercializadas bebidas que ficam dentro ou nos arredores de sambódromos, assim como em ruas e avenidas por onde passam blocos e trios elétricos carnavalescos.
A megaoperação também vai abranger o esquema especial para a temporada de Verão com a fiscalização de estabelecimentos comerciais e quiosques de praia em municípios dos litorais Sul e Norte de São Paulo.
Vigente desde 19 de novembro de 2011, até o momento, a lei antiálcool já fiscalizou 742.885 estabelecimentos no Estado, com aplicação de 2.051 multas, o que representa índice de 99,7% de cumprimento da legislação.

A lei estabelece que bares, restaurantes, lojas de conveniência, baladas, entre outros locais, não podem vender, oferecer e nem permitir a presença de menores de idade consumindo bebidas alcoólicas no interior dos estabelecimentos, mesmo que acompanhados de seus pais ou responsáveis maiores de idade.
Os estabelecimentos infratores estão sujeitos a multas de mais de R$ 100 mil e, no caso de reincidências, podem ser interditados por 15 a 30 dias e até mesmo perderem a inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS.
Além do álcool, os fiscais também estarão de olho no cumprimento da lei antifumo, que proíbe desde 2009 o consumo de produtos fumígeros em ambientes fechados e de uso coletivo.
Denúncias sobre o descumprimento da lei podem ser feitas pelo site www.alcoolparamenoreseproibido. sp.gov.br ou pelo telefone 0800-771-3541.


Salluz
Igreja Batista promove acampamento de carnaval

          Um carnaval com outro próposito. É assim que os jovens das igrejas da cidade se preparam para os dias de folia, focados em uma experiência espiritual. Jovens de várias igrejas da cidade já se preparam para curtir a folia de momo longe da bagunça das ruas. O propósito é um tempo de aprendizado da Bíblia, louvor e adoração.
E a expectativa é grande. Especialmente os jovens evangélicos da Igreja Batista de Tupã, através do ministério de jovens Inova Geração, esperam ansiosos pelo acampamento de carnaval denominado “Salluz”.
Todos os anos, a Igreja Batista destaca, logo no início do ano, a realização do acampamento de carnaval, oportunidade em que centenas de jovens se inscrevem e, nos dias da folia, viajam para um local reservado, que ofereça grande estrutura para receber o evento.
Neste ano, o acampamento será na Fazenda Palma, em Varpa. Segundo o pastor de jovens da igreja, Renato Buzzo, o evento receberá cerca de 200 jovens. “Serão 4 dias, de 14 a 17 de fevereiro. Estamos muito empolgados. É sempre um tempo de muita alegria, mas sobretudo de edificação na Palavra de Deus”, declarou.
O termo “Salluz”, segundo o pastor, significa a junção das palavras “sal” e “luz”. “Jesus pede para que sejamos sal e luz, como diz a passagem em Mateus 5:13-16”, acrescentou.

Expectativa

Engana-se quem pensa que acampamento de carnaval não é também sinônimo de alegria e brincadeiras. Os jovens inscritos para o “Salluz” já estão na contagem regressiva. Para eles, existe um verdadeiro significado, considerado o mais importante, nesses dias de “acampa”.
“Acho que o acampa ajuda na renovação espiritual de todos, somos muito tocados espiritualmente nesse tempo que ficamos juntos, buscando mais de Deus”, disse Ananda Cruz.
A jovem Mariana Romero destaca a transformação vivida. “Além das brincadeiras e momentos de distração, no acampamento, por estarmos fora da rotina, longe dos problemas, buscamos mais a Deus, ficamos mais perto dEle e Ele, em sua infinita graça, fala conosco, somos tocados, renovados espiritualmente. A expectativa é sair diferente do que fomos”.
Para a adolescente Letícia Sabongi, trata-se de um evento de grande importância para os jovens. “Acho o acampamento muito importante na vida de um jovem e adolescente, porque é lá que muitas vezes somos tocados e entregamos nossas vidas a Deus. Além de nos divertirmos muito, não esquecemos do importante que é o fato de louvar e adorar a Deus. Além de ter comunhão e estar perto de pessoas que são pecadoras, mas além de tudo tentam sem mais parecidas com Cristo”.
O jovem Vinícius Laudino também tem grandes expectativas para o “Salluz”. “A cada ano os acampamentos me surpreendem e a expectativa é que este ano a reação não seja diferente”.

Por fim, Carol Urel também lembrou das amizades firmadas no acampamento. “É um momento de dedicação total a Deus. É como uma bolha, onde deixamos a preocupação lá fora. Também há renovação espiritual, lugar onde nascem amizades e nos divertimos muito”.


Loterias
Mega deve pagar amanhã prêmio de R$ 7,5 milhões

          O concurso 1.673 da Mega-Sena não teve ganhadores com seis acertos. Assim, o prêmio ficou acumulado em R$ 3.206.444,40 para o concurso 1.674, com sorteio na noite de amanhã, sábado, com estimativa de atingir R$ 7,5 milhões.
Se não houver ganhadores no sorteio de amanhã, o prêmio de quarta-feira vai aumentar ainda mais. É que o sorteio especial de final 5 (1.675) já tem valor acumulado em R$ 13.203.472,34. Nesta hipótese, poderia chegar a R$ 30 milhões.
As dezenas sorteadas foram: 05, 10, 23, 24, 35 e 47. A quina teve 97 apostas ganhadoras, com R$ 17.944,76. Já a quadra pagou R$ 326,62 para 7.613 apostas.
A arrecadação total do concurso foi de R$ 29.731.450,00.

Timemania

O concurso 681 da Timemania teve uma aposta ganhadora com 7 dezenas, da cidade de Correntina/BA, que recebeu o prêmio de R$ 4.272.780,94.

Lotofácil

O concurso 1.164 da Lotofácil teve 7 apostas ganhadoras com 15 acertos, cada uma recebendo R$ 189.144,37, das cidades de Morrinhos/GO, Alfenas/MG, Corinto/MG, Dourados/MS, São Gonçalo/RJ, Mogi Mirim/SP e São Paulo/SP.
As dezenas sorteadas na cidade de Rio das Ostras/RJ, foram: 03, 04, 05, 08, 10, 11, 13, 15, 17, 20, 21, 22, 23, 24 e 25. As demais faixas de prêmios foram: 14 acertos, 713 apostas ganhadoras, com R$ 816,24; 13 acertos, 24.177, com R$ 15,00; 12 acertos, 291.098, com R$ 6,00; 11 acertos, 1.433.864, com R$ 3,00.
A estimativa de prêmio do próximo concurso, com o sorteio na noite de hoje, é de R$ 1.700.000,00.

O valor acumulado para sorteio especial da Independência é de R$ 25.397.555,14.
A arrecadação total foi de R$ 21.174.309,00.

Lotomania

O concurso 1.525 da Lotomania não apresentou ganhadores nas faixas de 20 e de zero acertos. Com isso, o prêmio ficou acumulado em R$ 3.478.282,75, com estimativa de pagar, no sorteio de amanhã, R$ 4 milhões.
O valor acumulado para o sorteio especial de Páscoa é de R$ 22.637.322,24.
As dezenas sorteadas foram: 07, 15, 23, 24, 26, 29, 30, 43, 49, 53, 54, 61, 63, 67, 68, 78, 80, 85, 93 e 94. As demais faixas de prêmios foram: 19 acertos, 3 apostas ganhadoras, com R$ 91.636,33; 18 acertos, 102, com R$ 2.695,19; 17 acertos, 1.045, com R$ 164,41; e 16 acertos, 6.344 apostas ganhadoras, com R$ 27,08.
A arrecadação total foi de R$ 5.576.085,00.

Dupla Sena

Uma aposta, feita em Feira de Santana/BA, acertou as seis dezenas do segundo sorteio da Dupla Sena, recebendo o prêmio de R$ 242.519,42. Já para o primeiro sorteio, o valor ficou acumulado em R$ 3.409.031,12, com estimativa de pagar, no sorteio da noite de hoje, R$ 3,8 milhões.
No 1º sorteio as dezenas foram: 12, 22, 25, 30, 41 e 44. Já no 2º sorteio, foram: 07, 30, 31, 37, 42 e 45.

No primeiro sorteio, 45 apostas acertaram a quina, com cada uma recebendo R$ 4.041,99, enquanto a quadra pagou R$ 56,83 para 3.048 apostas.
No segundo sorteio, 52 apostas acertaram a quina e receberam R$ 3.497,88. Já a quadra premiou com R$ 56,92 um total de 3.043 apostas.
A arrecadação total foi de R$ 3.935.292,00.

Loteria Federal
O concurso 4.940 da Loteria Federal teve o bilhete ganhador do primeiro prêmio distribuído na cidade de Matão/SP.
Confira abaixo os resultados:
1º prêmio - 89078 - R$ 250.000,00
2º prêmio - 54424 - R$ 16.300,00
3º prêmio - 09005 - R$ 16.000,00
4º prêmio - 97454 - R$ 15.800,00
5º prêmio - 11760 - R$ 15.220,00

Loteca
O concurso 637 da Loteca teve duas apostas que acertaram os 14 jogos, sendo uma de Maringá/PR e outra de Mogi das Cruzes/SP. Cada uma levou o prêmio de R$ 88.547,96. Na faixa de 13 acertos, foram 67 apostas ganhadoras, com prêmio de R$ 809,14.
Para a rodada de jogos deste final de semana, a previsão de prêmio para quem acertar os 14 jogos é de R$ 200 mil.
A arrecadação total do último concurso foi de R$ 944.210,50.


HÁ 30 ANOS - 30 DE JANEIRO DE 1985
Tupã já é Região de Governo

          Tupã alimentou por mais de 20 anos dois antigos sonhos que, coincidentemente estão sendo cumpridos em uma mesma época: a pavimentação da estrada Tupã-Quatá (em fase de complementação no trecho entre Rio do Peixe e Quatá) e a instalação de uma Região Administrativa. A Região Administrativa não veio como de início se sonhava, abrangendo um número maior de municípios, mas veio através de um novo modelo criado pelo governo do Estado, o dos Escritórios Regionais de Governo. A abrangência é menor na verdade, mas os objetivos estão mais definidos, porque esse tipo de Região veio englobar municípios que têm uma estreita identidade cultural, geográfica e econômica e, por consequência, problemas comuns a serem resolvidos.


sobe.gif (937 bytes)


| Home | Economia | Geral | Sociedade | Policial | Esportes | Política | Variedades |Expediente |E-mail

Hosted by UNISITE - Todos os direitos Reservados