jdiario@diariotupa.com.br

Meio ambiente
Lixeiras metálicas estão localizadas em oito pontos

          São recolhidas em Tupã cerca de 75 toneladas de lixo orgânico e reciclável por dia, segundo os dados da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.
A média de lixo produzida diariamente no Brasil é de 900 gramas por habitante. Já em Tupã a média diária de lixo produzido é de 1,1 quilo por dia. Para atender essa demanda - acima do nível nacional -, a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente mantém o Aterro Sanitário e projetos como “Reciclar é Legal!” e as lixeiras metálicas, recentemente instaladas em diversos pontos. Vale lembrar, porém, que o horário de atendimento da pasta é reduzido e funciona das 7 às 13 horas, o que dificulta a fiscalização e coleta do lixo nesses locais.

Lixeiras metálicas
O secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, José Rodrigues, o “Zé Vinagre”, disse que a instalação desse novo projeto, em lugar das “gaiolas ecológicas”, melhorou a coleta de lixo em Tupã. “A limpeza melhorou cerca de 80%. As ‘gaiolas ecológicas’ tinham 1,80 metro de altura e as pessoas não conseguiam abrir e jogar o lixo porque eram altas”, salientou. “Agora, como as lixeiras metálicas são mais baixas e abertas, as pessoas têm mais facilidade para depositar o lixo”, acrescentou.

Por mais que a instalação do novo projeto tenha auxiliado a limpeza pública, “Zé Vinagre” ressaltou que muitos ‘sujismundos’ continuam sujando a cidade. “Isso acontece principalmente nas estradas, lotes e vias públicas, mas estamos fiscalizando”, afirmou. Por causa da ação de vândalos, a prefeitura desativou a fiscalização por meio de câmeras eletrônicas. Agora esse trabalho é realizado pelos funcionários da pasta, que fiscalizam os locais com motos e outros veículos. “Estamos multando também as pessoas que jogam lixo nos terrenos baldios da cidade”, afirmou “Zé Vinagre”. A multa aplicada para quem joga lixo nas vias públicas, terrenos baldios e estradas é de R$ 1.077,00.
As lixeiras metálicas estão fixadas em oito pontos do município: nas estradas da Fazenda Luar, Aeroporto, Três Vendas, sentido Distrito de Universo pela estrada de terra, Distrito de Parnaso, antigo Thermas, Vila Inglesa, e Rua Francisco Lagustera, próximo da Casa da Criança.


Saúde
Banco de Sangue opera com baixo estoque

          Com a chegada do final de ano e o aumento no número de acidentes no trânsito, o Banco de Sangue da Santa Casa precisa aumentar o estoque de bolsas, que continua em baixa, para atender a demanda de pacientes.
O Banco de Sangue possui média de 230 doações por mês, sendo que o ideal, porém, é coletar de 300 a 350 doações mensais. Neste período de férias que está se iniciando, o número de doações, no entanto, despenca.
Para colaborar com esse atendimento público, a população, entidades civis organizadas, entidades assistenciais, escolas e instituições públicas e privadas podem realizar campanhas de coleta de sangue.
As instituições interessadas em colaborar com essas doações podem entrar em contato com a sede da unidade e se cadastrar para organizar o evento. Instituições em Tupã como escolas, Tiro de Guerra, igrejas e clubes de serviços, por exemplo, realizam campanhas constantemente em Tupã, para ajudar quem mais precisa. Outras campanhas esporádicas são realizadas com a mobilização da população, com pedidos para colaborar com os pacientes internados que irão se submeter a cirurgias e outros pacientes que precisam de doações por diferentes motivos.

Doação
Para doar sangue, o interessado deve possuir idade entre 15 e 69 anos (menores de 18 anos precisam de documentos e autorização dos responsáveis), pesar no mínimo 50 kg, estar em boas condições de saúde, descansado e alimentado. Também é preciso apresentar documento original com foto.
Os impedimentos temporários são para gestantes, lactantes, quem ingeriu bebida alcoólica pelo menos 12 horas antes da doação, fez tatuagem nos últimos 12 meses ou teve resfriado em menos de sete dias. Os indivíduos que passaram por uma situação em que há risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis, precisam aguardar pelo menos 12 meses.
Caso a pessoa tenha contraído hepatite após os 11 anos de idade ou tenha evidência clínica de hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas ao vírus HTLV I e II e doença de Chagas, malária ou fez o uso de drogas ilícitas injetáveis, não poderá doar sangue permanentemente.
O Banco de Sangue da Santa Casa de Tupã está localizado na Rua Manoel Ferreira Damião nº 444. As doações poderão ser realizadas das 7h30 min às 12 horas. O telefone é o 3404-5555, ramal 5598.


Unesp
II SIAD é sucesso para público e palestrantes

          No final de novembro aconteceu a 2ª edição do Simpósio Internacional em Agronegócio e Desenvolvimento (SIAD), na Faculdade de Ciências e Engenharia do Câmpus da Unesp em Tupã.
O SIAD é promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Agronegócio e Desenvolvimento (PGEAD), da Faculdade de Ciências e Engenharia - Unesp/Tupã e, nessa edição, teve como objetivo debater os assuntos mais recentes e relevantes na área da segurança alimentar, sob uma abordagem interdisciplinar. Este ano a temática da edição foi: Desenvolvimento, Agronegócio e Segurança Alimentar.
O evento começou às 8 horas, em ambos os dias (29 e 30/11) e contou com palestras de renomados profissionais, apresentação de painéis e trabalhos.
Os temas dos eixos dos trabalhos apresentados foram: segurança alimentar, gestão em sistemas agroindustriais, economia e dinâmica de mercados agroindustriais, agricultura familiar, desenvolvimento rural, territorial e regional; políticas públicas no agronegócio, tecnologia e inovação no agronegócio, e meio ambiente e desenvolvimento sustentável.
“O evento foi um sucesso. Vieram palestrantes renomados do Brasil e de outros países, como Uruguai e Bolívia, que contribuíram com visões diferentes de um tema relevante e atual que é a segurança alimentar. Além disso, o simpósio nesta edição permitiu aos participantes o envio de trabalhos, contribuindo de modo significativo para o evento, permitindo aos pesquisadores, além do networking, conhecerem o que está sendo pesquisado em programas de outras universidades. Como participante do comitê de organização, foi incrível para nós discentes do programa a experiência de poder ajudar a organizar um evento internacional, graças aos docentes que estavam na comissão e com destaque ao professor Wagner Lourenzani, que coordenou o evento e delegou as funções aos discentes”, relatou Anderson Rodolfo, mestrando e membro da comissão organizadora que foi composta por docentes e discentes do PGEAD.
No dia 29, logo após a abertura e apresentação de dois músicos do Conservatório Villa Lobos, o professor Carlos Arthur Barbosa da Silva fez uma contextualização geral acerca da segurança alimentar no mundo. Trouxe sua experiência como prestador de serviços à FAO - Nações Unidas, com relatos ricos e reflexões bastante profundas acerca da produção de alimento no mundo e da agricultura familiar.
Logo após a palestra do professor Carlos, foram realizadas as apresentações de trabalhos. No período da tarde, ainda no dia 29, o primeiro painel abordou a governança e segurança alimentar e teve a participação da professora Laura Astigarraga, da Facultad de Agronomía – Universidad de la Republica (UdelaR) do Uruguai, seguida pela pesquisadora Denise Mainville, International Agricultural and Economic Development Consulting, Estados Unidos. Fechando o dia, novamente ocorreram apresentações de trabalho.
No dia 30, o painel II abordou as mudanças climáticas e produção de alimentos e contou com a professora Flávia Lúcia Chein Feres, da Faculdade de Economia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), seguida da professora Ana Paula Parker, da Embrapa - Meio Ambiente.
Finalizando a manhã, novamente ocorreram apresentações de trabalho. Na parte da tarde, o painel III abordou a questão da segurança alimentar e consumo e contou com a participação da professora Maria Rita Marques de Oliveira, do Instituto de Biociências da Unesp de Botucatu, e do professor Nelson Tapia, da Universidad Cochabamba – (AGRUCO), da Bolívia.
O professor Wagner Luiz Lourenzani encerrou o evento fazendo um balanço muito positivo das discussões realizadas nesses dois dias. “A temática do evento foi muito bem desenvolvida pelos palestrantes e muitas falas foram complementares”, disse ele, que avaliou também como extremamente importante a troca de experiências entre pesquisadores de diversos países e regiões do País.
No encerramento, houve uma apresentação cultural do grupo de taiko Kaminari Wadaiko, que foi acompanhado por todos com grande entusiasmo. Houve ainda a participação de representantes de produtores rurais que montaram seus estandes para uma mostra dos produtos da região.


Loterias
Mega-Sena prevê pagar amanhã R$ 9,6 milhões

          O concurso 1.883 da Mega-Sena, sorteado em Vilhena/RO, apresentou as dezenas 16, 27, 28, 47, 59 e 60. Nenhuma aposta acertou a sena, com o prêmio ficando acumulado em R$ 6.095.905,09, com estimativa de pagar, no sorteio de amanhã, R$ 9.600.000,00.
O valor acumulado para o próximo concurso final cinco (1.885), na noite da próxima quarta-feira, é de R$ 8.913.715,14. Já o acumulado da Mega da Virada chegou a R$ 62.711.155,64.
A quina teve 30 apostas ganhadoras, pagando R$ 56.930,77. Já a quadra pagou R$ 842,50 para 2.896 apostas.
A arrecadação total foi de R$ 29.623.391,00.

Lotofácil
O concurso 1.445 da Lotofácil sorteou as dezenas: 01, 04, 05, 06, 08, 10, 13, 15, 16, 17, 18, 20, 22, 23 e 25. Três apostas, feitas em Uberlândia/MG, Teresinha/PI e Iretama/PR, acertaram as 15 dezenas, recebendo, cada uma, o prêmio de R$ 503.879,56.
A estimativa de prêmio do próximo concurso, com sorteio na noite de hoje, é de R$ 1.700.000,00.
As demais faixas de prêmios foram: 14 acertos, 709 apostas ganhadoras, com R$ 937,17; 13 acertos, 24.490 apostas ganhadoras, com R$ 20,00; 12 acertos, 23.9746 apostas, com R$ 8,00; e 11 acertos, 1.026.831 apostas, com R$ 4,00.
A arrecadação total foi de R$ 22.693.282,00.

Lotomania
O concurso 1.716 da Lotomania sorteou as seguintes dezenas: 05, 09, 15, 24, 27, 36, 39, 40, 50, 52, 54 55, 60, 63, 66, 69, 73, 75, 82 e 96. Nenhuma aposta acertou as faixas de zero e nem de 20 acertos, com o prêmio ficando acumulado em R$ 2.168.161,33, com estimativa de pagar, no sorteio de hoje, sexta-feira, dia 9, o prêmio de R$ 2.600.000,00.
As demais faixas de prêmios foram: 19 acertos, 16 apostas ganhadoras, com R$ 15.013,45; 18 acertos, 194 apostas,com R$ 1.105,55; 17 acertos, 1.440 apostas, com R$ 104,26; 16 acertos, 8.285 apostas, com R$ 18,12; e 15 acertos, 32.098 apostas ganhadoras, com R$ 4,67.
A arrecadação total foi de R$ 4.947.667,50.

Loteria Federal
O concurso 5.134 da Loteria Federal teve o bilhete ganhador do primeiro prêmio distribuído para Catanduva/SP.
Confira abaixo os resultados:
1º prêmio - 41750 - R$ 350.000,00
2º prêmio - 38500 - R$ 19.000,00
3º prêmio - 88729 - R$ 16.000,00
4º prêmio - 71508 - R$ 14.000,00
5º prêmio - 72790 - R$ 12.012,00

Loteca

O concurso 730 da Loteca sofreu o impacto do acidente da equipe da Chapecoense. Não apresentou nenhum ganhador com 14 e nem com 13 acertos. O prêmio continua acumulado em R$ 1 milhão e não há programação de jogos para este final de semana.


OBMEP
Região conquistou 9 medalhas na Olimpíada de Matemática

          A região de Tupã obteve 9 medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) de 2016. Além das condecorações, estudantes, professores e escolas receberão menções honrosas e certificados de participação, mas somente no ano que vem.
Mais de 110 mil alunos da rede estadual participaram da segunda fase da competição, realizada em setembro, e foram desafiados em contas e problemas matemáticos divididos em três níveis de dificuldade, de acordo com a série dos estudantes. Jovens talentos do 6º ano do ensino fundamental até a 3ª série do ensino médio são revelados anualmente por meio da avaliação.
Projetos de docentes e escolas também são reconhecidos. Clubinhos de matemática, grupos de estudos e até aulas interdisciplinares, foram as ferramentas utilizadas para preparar os alunos para o certame, além de estimular neles o gosto pela ciência que trabalha habilidades de raciocínio lógico.
A lista com os vencedores foi divulgada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e pode ser consultada no site da OBMEP.

Ouro
A única aluna da região de Tupã que conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Matemática foi Jaqueline Marcelino, do nível 2, que estuda na E.E. “Parque das Nações”, em Bastos.

Prata
Dois alunos do nível 2 receberam a medalha de prata na competição: o tupãense Diogo de Campos Fernandes, da E.E. “Índia Vanuíre”; e José Roberto Geris da Costa, da E.E. “Parque das Nações”, de Bastos.

Bronze
O aluno João Vitor Takata, do nível 1, que estuda na E.E. “Parque das Nações”, de Bastos, receberá a medalha de bronze; os alunos da E.E. “Parque das Nações”, do nível 2, que receberão as medalhas de bronze são: Fábio Viana de Carvalho, Maik Alessandher Fagundes Silva e Melissa Karen Taroda. A aluna Fernanda Garcia C. da Silva, que estuda na escola “Profº Mário Fiorante”, em Rancharia, também receberá medalha de bronze. E a aluna Hellen Nayara Andrade, do nível 3, que estuda na escola “José Giorgi”, na cidade de Rancharia, também receberá medalha de bronze.

Níveis de
participação

A OBM é realizada anualmente em quatro níveis, de acordo com a escolaridade do aluno: nível 1, alunos que estejam matriculados no 6º ou 7º anos do ensino fundamental quando da realização da primeira fase da OBM; nível 2, alunos matriculados no 8º ou 9º anos do ensino fundamental, quando da realização da primeira fase da OBM, ou aqueles que tenham concluído o ensino fundamental há menos de um ano e não tenham ingressado no ensino médio até a data da realização da primeira fase da OBM; nível 3, alunos matriculados em qualquer série do ensino médio, quando da realização da primeira fase da OBM ou que, tendo concluído o ensino médio há menos de um ano antes, não tenham ingressado em curso de nível superior até a data de realização da Primeira Fase da OBM; e nível universitário, alunos que tenham concluído o ensino médio e que ainda não tenham concluído qualquer curso superior, normalmente estudantes universitários em nível de graduação, podendo ser estudantes de qualquer curso e qualquer período.



Cidade de Tupã já entra no clima de férias

          Alguns estudantes de Tupã ainda estão em aulas, mas o clima já é de férias. Principalmente agora com a chegada do mês de dezembro, muitos já anteciparam o fim do ano letivo, depois de boas médias e presenças.
Nas turmas, os alunos que já fecharam o boletim com notas azuis e não pegaram exames, combinam de não irem mais à escola. Os alunos já demonstram ansiedade por ficarem livres dos afazeres escolares antecipadamente.
A maioria dos alunos fala em adiantar as férias porque o recesso escolar estipulado pela Secretaria de Educação do Estado começa só a partir do dia 20 de dezembro. O calendário de início das aulas ainda será divulgado, mas, para o próximo ano, as aulas retornam só no primeiro dia útil de fevereiro.
São milhares de alunos das redes estadual e municipal de ensino, que saem de férias em Tupã. Em algumas escolas da rede estadual, a informação é que o último dia letivo será no dia 19, sendo no dia 20 realizado o conselho.
Na rede municipal de ensino, o último dia letivo será no dia 20 de dezembro, com férias começando no dia 21. Os alunos das escolas da rede municipal retornarão às aulas só no dia 1° de fevereiro, uma quarta-feira.
Já em relação às instituições privadas, incluindo faculdades e universidades, o calendário escolar varia de uma unidade para outra. No entanto, a maioria já aderiu ao recesso.
Na rede particular em Tupã, as escolas encerram o ano letivo em dias diferentes. Logo no começo deste mês, os alunos que não ficaram de exame já foram liberados em alguns colégios. A maioria terá o período de férias a partir do dia 12 de dezembro, segunda-feira.
Quem tem exame deve ficar nas salas até o dia 20 de dezembro. As aulas para o ano letivo de 2017 nos colégios particulares de Tupã deverão recomeçar entre os dias 23 e 30 de janeiro.

TRÂNSITO
As férias refletem até no tráfego da cidade. O fluxo de veículos cai em até 30% nos horários de entrada e saída de alunos nas escolas.

COMPRAS

Se de um lado o trânsito fica mais tranquilo nas férias escolares, por outro tende a ser mais intenso por causa do período de compras em função das festas de final de ano. Quem não quer ficar em casa, no computador ou videogame, sai para passear com os amigos ou até mesmo a família, nas lojas do centro de Tupã, e ainda outros estabelecimentos, como sorveterias e restaurantes.




Detran alerta sobre atitudes que geram a suspensão da CNH

          O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) alerta sobre atitudes no trânsito que fazem o condutor perder o direito de dirigir, mesmo que não exceda 20 pontos no período de 12 meses - outra forma de ter a CNH suspensa. Na verdade, uma única infração gravíssima pode causar a suspensão da CNH.
O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) lista as infrações gravíssimas que, além de multa, acarretam ao motorista a abertura de um processo administrativo no Detran.SP para a suspensão da CNH. Entre elas: exceder em mais de 50% o limite de velocidade na via, não prestar socorro à vítima de acidente de trânsito, pilotar motocicleta sem capacete, participar de racha ou promover corrida na via e dirigir após o consumo de bebida alcoólica ou recusar-se a realizar o teste do bafômetro.
Também levam por si só à suspensão fazer malabarismo ou se equilibrar em apenas uma roda da motocicleta, transportar criança menor de sete anos em moto, usar veículo para demonstrar ou exibir manobra perigosa, dirigir ameaçando pedestres que estejam atravessando a via ou os demais veículos e fazer ultrapassagem perigosa (entre veículos que estão transitando em sentidos opostos, em via de mão dupla).
Ao ser autuado por apresentar algum desses comportamentos, o período em que o condutor ficará impedido de dirigir pode variar de 2 a 8 meses e, no caso de reincidência em um ano, de 8 a 18 meses. O histórico do motorista conta para a decisão do prazo total. As exceções são os casos de embriaguez ao volante, recusa ao teste do bafômetro e uso do veículo para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via, cujo período de suspensão será sempre fixado em 12 meses. Já o motorista autuado por alcoolemia, se for flagrado dirigindo durante o período de suspensão, poderá ter a carteira de habilitação cassada por dois anos.

Entre as infrações mais graves estão: dirigir ameaçando os pedestres que estejam atravessando a via pública ou ameaçando os demais veículos, multa de R$ 293,47; disputar corrida, ou participar de competição sem permissão, R$ 2.934,70; participar como condutor em demonstração de manobras de veículos sem permissão, R$ 2.934,70; utilizar veículo em demonstração de manobra perigosa, mediante arrancada brusca, por derrapagem, frenagem ou arrastando pneus, R$ 2.934,70; deixar o condutor envolvido em acidente, de prestar ou providenciar socorro à vítima ou de evitar perigo para o trânsito, R$ 1.467,35; deixar o condutor envolvido em acidente de remover o veículo local quando determinado por autoridade de trânsito ou deixar de preservar local para perícia, R$ 1.467,35; deixar o condutor envolvido em acidente, de identificar-se ao policial e prestar informações, R$ 1.467,35; forçar passagem entre veículos que trafegam em sentidos opostos para realizar ultrapassagem, R$ 2.934,70; transpor bloqueio viário policial, R$ 293,47; conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor sem capacete de segurança ou sem vestuário aprovado pelo Contran, R$ 293,47; conduzir moto, motoneta e ciclomotor transportando passageiro sem capacete,R$ 293,47; conduzir motocicleta/motoneta/ciclomotor transportando passageiro fora do assento, R$ 293,47; conduzir motocicleta/motoneta/ciclomotor fazendo malabarismo/equilibrando-se em uma roda, R$ 293,47; transitar em velocidade acima de 50% à máxima permitida, R$ 880,41; recusa ao teste do etilômetro ou exame clínico para perícia, R$ 2.934,70; e usar qualquer veículo para, deliberadamente, interromper, restringir, ou perturbar a circulação na via sem autorização do órgão, R$ 5.869,40.

Processo
O motorista não tem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa imediatamente, pois a legislação federal de trânsito prevê direito à defesa. O Detran.SP notifica o cidadão sobre a abertura do processo administrativo de suspensão e fornece prazo para apresentação de recurso.
Além dos condutores que cometem uma dessas infrações específicas, que por si só levam à suspensão, também pode perder o direito de dirigir o motorista que soma ou ultrapassa 20 pontos dentro de um período de 12 meses.
Sempre é possível apresentar defesa prévia contra a suspensão ao setor de pontuação do Departamento de Trânsito; recurso em 1ª instância à Junta Administrativa de Recursos de Infrações (Jari) vinculada ao Detran.SP; ou ainda recurso em 2ª instância ao Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), caso o recurso à Jari seja indeferido.
O recurso a todas essas instâncias pode ser feito de forma 100% online pelo portal www.detran.sp.gov.br. Para isso, basta entrar na página e acessar os “Serviços Online”, mediante criação de login e senha de uso pessoal. O cidadão preencherá o formulário de recurso e anexará os documentos que considerar necessários para justificar a sua defesa.

Caso o condutor não queira apresentar defesa ou tenha seu recurso indeferido em todas as instâncias, ele deverá comparecer à unidade do Detran.SP na qual sua habilitação está registrada para entregar o documento e começar a cumprir o prazo de suspensão do direito de dirigir.
Para voltar a dirigir, o condutor com CNH suspensa deve fazer o curso de reciclagem em uma auto escola. Uma vez cumprido o período de suspensão e o curso, o motorista terá sua CNH restituída.


DIÁRIO - HÁ 30 ANOS - 9 DE DEZEMBRO DE 1986
Cruzado II ameaça até o descanso dos mortos

          Até os mortos estão tendo seu descanso ameaçado pelo Cruzado II que, ao congelar os preços, provocou uma falta de produtos e de materiais em todos os setores. Por falta de cimento, as últimas sepulturas tiveram que ser fechadas com reboque no Cemitério da Saudade, no prolongamento da Rua Caingangs, e esse tipo de serviço acabou não suportando o volume das chuvas caídas em Tupã nos últimos dias. Resultado: algumas sepulturas foram reabertas pelas enxurradas.

Ontem uma equipe de pedreiros da prefeitura foi mobilizada para trabalhar no cemitério e reparar os estragos provocados pelas últimas chuvas caídas em Tupã. E a diretora do Deplan, Suzan Huner, teve que sair pedindo pelo amor de Deus para conseguir 2 ou 3 sacos de cimento emprestados na cidade.


Região
Concursos oferecem salários de até R$ 3 mil

          Quatro cidades do Oeste paulista estão com inscrições abertas para concursos públicos. As oportunidades são para contratar profissionais e estagiários para Presidente Prudente, Adamantina, Rosana e Flórida Paulista. Os interessados poderão concorrer a salários de quase R$ 3 mil para carga horária de 20 horas semanais, conforme o cargo.
A Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Rosana prorrogou as inscrições para o cargo de professor-assistente doutor para lecionar nas disciplinas de planejamento energético 1 e 2. Os interessados têm até hoje, dia 9 de dezembro, para garantir a participação. As inscrições devem ser feitas no Câmpus Experimental, que fica na Avenida dos Barrageiros, 1.881, no Distrito de Primavera. O telefone para contato é o (18) 3284-9216.
A Sabesp abriu processo seletivo para o Programa de Estágios 2016. No Oeste paulista, as vagas de estágio são para nível superior, destinadas para Presidente Prudente e para Adamantina. O cadastramento poderá ser feito até hoje, dia 9 de dezembro, pelo site da Fundação Carlos Chagas.
As oportunidades disponíveis na região são: uma vaga na área de administração de empresas, disponível em Presidente Prudente; uma vaga para comunicação social, com habilitação em jornalismo, em Presidente Prudente; e uma vaga para direito, em Presidente Prudente.
Ainda há três vagas para engenharia ambiental, em Adamantina e Presidente Prudente; uma para engenharia cartográfica, em Presidente Prudente; duas para engenharia civil, em Presidente Prudente; duas vagas para a área de informática, em Adamantina e Presidente Prudente; e duas vagas na área de química, em Presidente Prudente.
Para se candidatar a uma das vagas de nível superior, é necessário estar no antepenúltimo ou no penúltimo ano do curso em 2017. Os selecionados contarão com bolsa-auxílio de R$ 1.068,44, além de vale-refeição, vale-transporte, assistência médica, férias (recesso escolar) e seguro contra acidentes pessoais. O contrato de estágio tem duração de até dois anos, com uma carga horária de 30 horas semanais.
A Câmara Municipal de Flórida Paulista está com concurso aberto para ocupar uma vaga de procurador jurídico, que tenha registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e dois anos de experiência na área.
A carga horária será de 20 horas semanais, para remuneração de R$ 2.975,87. A inscrição deverá ser realizada pela internet até o dia 18 de dezembro. A taxa de participação tem o valor de R$ 50,00, que deve ser paga por meio de boleto bancário.
A seleção será de fase única com prova objetiva, com 40 questões, prevista para ser aplicada no dia 22 de janeiro de 2017.
O concurso acima tem validade de dois anos contados da homologação final dos resultados, podendo ser prorrogado por igual período. Mais informações podem ser obtidas no edital



Crimes contra os animais ganham delegacia eletrônica

          Já está em funcionamento a Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (Depa), para receber denúncias de maus tratos e abusos contra animais. Agora, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), disponibiliza em seu site um campo para tais registros. É só acessar o http://www.ssp.sp.gov.br/depa.
“É uma ferramenta de extrema importância, pois vai agilizar muito a percepção penal dos crimes de maus tratos aos animais”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho. “A propositura da lei foi uma excelente iniciativa do deputado Feliciano Filho”.
O deputado agradeceu o empenho do secretário Mágino e do secretário adjunto da pasta, Sérgio Turra Sobrane, para a implantação da delegacia. “Isso vai facilitar muito a vida das pessoas que amam os animais e querem fazer uma denúncia, pois tudo pode ser feito de forma digital. Até mesmo pelo celular”, elogiou.
A Depa foi criada com base na lei n.º 16.303/16, sancionada em 6 de setembro deste ano por Geraldo Alckmin.

COMO REGISTRAR
No campo da Delegacia Eletrônica (http://www.ssp.sp.gov.br/nbo/), há o campo para registrar o boletim de ocorrência. Ao clicar na “patinha”, a pessoa é direcionada ao site da Depa. No sistema, o denunciante deve preencher os dados pessoais, mas pode optar por registrar de forma anônima. A notificação do crime deve conter data e hora aproximada do fato, o endereço completo e o nome ou apelido do autor do delito, se houver.
A classificação dos animais será preenchida de acordo com as espécies, como cão, gato, pássaro, entre outros. Também será possível informar o porte do animal. Todas as características fornecidas irão auxiliar a apuração policial.
Além dessas alternativas, o interessado pode comunicar modelo e placa de possíveis veículos envolvidos. Durante a comunicação do crime, o denunciante deverá elaborar um breve relato da ocorrência e poderá anexar fotos ou vídeos, ou até apontar um endereço de página da Internet, caso o próprio autor divulgue o fato.
As queixas serão encaminhadas para investigação nas delegacias responsáveis pela região onde o crime aconteceu.
Vale lembrar que caso o ato esteja ocorrendo, o denunciante deve ligar para a PM pelo telefone 190. Porém, se o crime já ocorreu, qualquer pessoa pode entrar no site e fazer o BO.


Empreendedorismo
Sebrae Aqui em Tupã será reinaugurado na terça-feira

          O Sebrae-SP, em parceria com a Prefeitura Municipal, Associação Comercial e Industrial (Acit) e Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio), reinaugura nesta terça-feira, dia 13, o Sebrae Aqui em Tupã, localizado na Avenida Tapuias, 907. A cerimônia será realizada às 15 horas e contará com a presença de autoridades e empresários da região.
O Sebrae Aqui em Tupã contará com dois agentes de atendimento e também terá espaço para atendimentos coletivos, como palestras, oficinas e cursos.
A estimativa para o ano de 2017 é realizar mais de 400 atendimentos, tanto individuais quanto coletivos na cidade. “Todos os empreendedores e interessados de Tupã e região que precisarem de orientações sobre o seu negócio, terão a possibilidade do pronto atendimento ou ainda agendar um atendimento com técnicos especialistas”, afirmou Marcelo Montagnana, gerente do Escritório Regional do Sebrae-SP em Marília, responsável pela região.
Para o gerente, a presença do Sebrae Aqui na cidade de Tupã vai além dos resultados para os clientes, contribuindo para o desenvolvimento econômico de Tupã e região.

Sobre o Sebrae Aqui
O Sebrae Aqui é um canal de atendimento presencial e de articulação criado a partir da celebração de parcerias entre o Sebrae-SP, prefeituras municipais e entidades sem fins lucrativos interessadas na promoção da competitividade, do desenvolvimento sustentável, da melhoria do ambiente legal e de negócios das micro e pequenas empresas, contribuindo com o fortalecimento da economia e o fomento do empreendedorismo local.



Detran apreende Gol com mais de R$ 16 milhões em débitos

          Policiais militares do Comando de Policiamento de Trânsito da Capital (CPTran), que atuam na equipe de Busca e Apreensão do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), apreenderam na manhã de ontem, quinta-feira (8/12), um veículo Gol com mais de 2 mil multas e mais de R$ 16 milhões em débitos, entre multas e impostos.
A apreensão ocorreu por volta das 10 horas, durante fiscalização no cruzamento das avenidas Aricanduva e Rageb Chofi, na zona Leste da capital. É o quinto carro com grande número de multas e pendências milionárias apreendido pela fiscalização em um mês.

O VW Gol 1.0, prata, ano 2007 e modelo 2008, está registrado na capital. O carro tem R$ 16.226.906,42 em pendências, sendo R$ 16.222.715,98 (99,97% do total) em multas de competência das prefeituras. São 2.118 multas municipais, a maioria delas referente a rodízio, circulação em faixa exclusiva e excesso de velocidade.
Boa parte dos débitos ocorre porque a pessoa jurídica proprietária do veículo não indicou o condutor que cometeu as infrações. Nesse caso, a legislação federal de trânsito prevê que uma multa com o valor multiplicado pelo número de vezes que aquela mesma infração se repetiu nos últimos 12 meses. Ou seja, se o veículo foi multado por avançar o sinal vermelho dez vezes no último ano, será aplicada um multa por não indicação de condutor no valor de R$ 2.934,70 - o valor original de R$ 293,47 multiplicado por dez.

Em um mês, outros quatro veículos com pen-dências milionárias foram apreendidos pela equipe de fiscalização do Detran.SP:
- GM Kadett Ipanema GL, ano 1996, registrado na capital, apreendido em 19/11 na avenida Radial Leste. Tem R$ 1.528.338,58 em pendências (multas, taxas e licenciamento), sendo R$ 1.527.619,99 em multas de competência das prefeituras. São 612 multas municipais, a maioria por desrespeito ao rodízio e circulação em faixa exclusiva.
- Fiat Uno Mille, ano 2007 e modelo 2008, registrado na capital, apreendido em 25/11 na Avenida Senador Teotônio Vilela (zona Sul da capital). Tem R$ 9.038.872,87 em pendências, sendo R$ 9.037.147,79 em multas de competência das prefeituras. São 1.614 multas municipais, a maioria delas referente a excesso de velocidade e avanço de semáforo.
- Peugeot Hoggar Escapade, ano 2011 e modelo 2012, registrado em Guarulhos, apreendido em 18/11 na marginal Tietê, sentido rodovia Castelo Branco, nas proximidades da ponte da Casa Verde, na zona Norte da capital. O carro tem R$ 9.114.975,27 em pendências, sendo R$ 9.111.515,40 em multas de competência das prefeituras. São 1.833 multas municipais, a maioria delas referente a excesso de velocidade, avanço de semáforo, conversão proibida e circulação em faixa exclusiva.
- Fiat Fiorino, ano 2002, apreendido em 8/11 na ponte da Vila Guilherme, na marginal Tietê, zona Norte da capital. Tem R$ 2,7 milhões em pendências. São 1.174 multas de competência das prefeituras. Maioria por excesso de velocidade, desrespeito ao rodízio municipal e desrespeito à faixa exclusiva de ônibus.
Juntos, os cinco veículos apreendidos totalizam R$ 38,6 milhões em multas, taxas e impostos e mais de 7.350 multas. Todos eles foram apreendidos por falta de licenciamento anual.


Educação
Apae abre vagas para novos professores

          Por meio do edital nº 01/2016, a diretora da Escola de Educação Especial da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepicionais) de Tupã, Maria Aparecida de Oliveira Pavanelli, está anunciando a abertura de inscrições para o preenchimento da função de professor de educação especial, nas disciplinas de artes, educação física e pedagogia, sendo necessário pós graduação com carga horária (jornada) mínima de 600 horas na área da deficiência intelectual, nos termos da deliberação CEE nº 94/2009, artigo 3º.
Para se inscrever, o candidato deverá apresentar diploma do curso superior completo das disciplinas e de interesse do candidato devidamente registrado ou reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação), apresentar certificado de conclusão do curso superior completo, apresentar diploma de pós graduação na área da deficiência intelectual ou declaração que está cursando o mesmo.

Documentação
Ao se inscrever, o candidato também deverá apresentar currículo impresso contendo identificação, endereço com telefone, formação e experiências; uma foto 3x4, cópias do RG, CPF e título de eleitor; comprovante de residência atual, e cópias dos comprovantes da habilitação exigida e da pós graduação em educação especial.

Entrevista
O candidato que se inscrever deverá aguardar contato telefônico para agendamento de entrevista referente ao provimento do cargo, no dia 13 de dezembro, próxima terça-feira, com equipe que será composta pelo diretor, coordenador e mais um membro da diretoria da Apae. Vale lembrar que nenhum documento poderá ser acrescentado ou substituído após a efetivação da inscrição. A inscrição poderá ser feita por procuração, desde que a mesma tenha firma reconhecida do candidato. A classificação dos inscritos será afixada no quadro de avisos da escola no dia 14 de dezembro, próxima quarta-feira.

Local
As inscrições deverão ser realizadas na sede da Apae, localizada na Avenida Arthur Fernandes (antiga Avenida Getúlio Vargas), nº 780, Vila Marajoara, até o dia 12 de dezembro, segunda-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 16h30 min, na sala da secretaria educacional.


‘Golpe da lista’
Empresária aponta irregularidades em venda de espaço em lista

          Empresários tupãenses acusam a empresa “Brasillistas” por estar, possivelmente, aplicando golpe em seus clientes. A empresária Keli Fávaro explicou que no dia 7 de dezembro uma funcionária da empresa entrou em contato, por telefone, para lhe oferecer espaços em uma lista telefônica, mantida em um site da internet. Segundo Keli, a funcionária ofereceu um espaço na lista pelo valor de R$ 180,00, que poderia ser dividido em até 12 vezes. A empresária disse que a funcionária, do outro lado da linha, a pressionava para aceitar a proposta. “Ela (a funcionária) disse que não poderia desligar o telefone, para retornar depois. Isso era para não dar tempo de ler o contrato. Na verdade, o valor do contrato era de R$ 180,00 por mês e não por ano”, afirmou. “Eu perguntei se poderia pagar de uma única vez à vista e ela disse que não era possível”, completou.
Segundo Keli, a funcionária encaminhou o contrato por e-mail, solicitando a assinatura do documento com retorno à empresa. Ao analisar o contrato, Keli percebeu incoerência na proposta da vendedora. “Eu perguntei porque o valor era diferente do que ela tinha dito anteriormente. Ela disse que aquele era o valor para ser dividido no ano. E não era”, enfatizou.
Sem concordar com a proposta, Keli não assinou o contrato, o que, segundo ela, irritou a funcionária. “Eles te pressionam a assinar o contrato e, se você não assina, eles ainda te xingam. Ela disse que mandaria a cobrança mesmo assim”, ressaltou. “Eu não assinei o contrato, mas outras pessoas em Tupã já assinaram e foram prejudicadas”, acrescentou.

Após a recusa do contrato, a “Brasillistas” encaminhou um pedido de desculpas à empresa de Keli. “A empresa Brasillistas Editora agradece pelo contato, pois temos a chance de corrigir, e preliminarmente apresentamos nosso pedido de desculpas pelo ocorrido...”. “(...) Esclarecemos que o contrato de publicação só é ativo em nosso sistema quando assinado e carimbado pelo proprietário (a) e ou responsável pela empresa. Cabe ainda esclarecer que o referido contrato tornou-se sem efeito, não estabelecendo qualquer obrigação entre as partes,uma vez que não foi assinado.
A reportagem do DIÁRIO entrou em contato com o proprietário da empresa Brasillistas, João Gomes, na cidade de São Paulo. Ele explicou que a empresa possui serviços com diversos valores e afirmou que iria verificar o caso ocorrido com a empresária. Até o fechamento desta edição, a reportagem não obteve resposta.



Amauri intensifica luta em defesa da aposentadoria

          Durante o início desta semana, o presidente do Sincomerciários, vereador Amauri Mortágua cumpriu agenda em Brasília e participou do Seminário Internacional de Previdência Social da Frente Parlamentar Mista em defesa da Previdência Social, que aconteceu no auditório Petrônio Portela, no Senado Federal, sob a coordenação do deputado Arnaldo Faria de Sá e do senador Paulo Paim.
Na contínua defesa dos trabalhadores, Amauri participou ativamente do encontro que abordou experiências nacionais e internacionais do sistema de Seguridade Social e, além disso, discutiu a reforma apresentada pelo governo Temer de Emenda à Constituição 287, que traz mudanças para a Previdência Social no Brasil.
O sindicalista e vereador Amauri Mortágua declara que “a reforma proposta caminha na direção de retiradas de benefícios, direitos e redução de valores das aposentadorias, sem que o governo comprove que, de fato, há déficit na Seguridade Social”.
Pela proposta encaminhada ao Congresso, o brasileiro trabalhará mais tempo para, em muitos casos, receber uma aposentadoria menor do que a assegurada pelas regras em vigor, se o Congresso aprovar as mudanças. O projeto ainda vai ser analisado pela Câmara e pelo Senado.
No seminário, foi apresentado pelos cientistas de diversas Universidades do País, instituições e por técnicos da Receita Federal e da Previdência Social, superávit de R$ 55,7 bilhões em 2014 e R$ 16,1 bilhões em 2015, contra os déficits apresentados pelo governo de R$ 85,5 bilhões em 2015.
A diferença entre esses cálculos explicados pelos cientistas e palestrantes, é que o governo induz em erro para justificar suas medidas e só inclui na receita os tributos pagos por trabalhadores e empresas, incidentes sobre a folha de pagamento e deixa de incluir todo o conjunto de tributos que compõem o custeio e financiamento da Seguridade Social, como PIS, receita de loterias, Confins e outros tributos, porque utiliza-os para outras finalidades, desrespeitando o que determina o art. 195 da Constituição.
Amauri explica que, assim, “evidencia-se que eventuais déficits nas contas da previdência são causados por políticas de renúncias fiscais, desonerações, falta de cobrança dos devedores e por desvinculações de receitas por parte do governo, que quer transferir esta conta para o cidadão brasileiro, principalmente os mais pobres”.
Para entender alguns dos principais pontos da reforma e que precisam ser debatidos, a PEC 287/16 trouxe:
- A idade mínima para se aposentar será de 65 anos para homens e mulheres;
- Aumento do tempo mínimo de contribuição de 15 anos para 25 anos;
- Para receber o valor integral que tem direito, o trabalhador terá que contribuir com a Previdência por 49 anos;
- Pensão por morte = 50% + 10% por dependente, sendo o tempo de concessão de pensão variável conforme a idade do beneficiário à época do óbito do segurado;
- Fica restrito o acúmulo de benefícios de aposentadoria, pensão por morte e/ou aposentadoria + pensão por morte, salvo casos previstos em lei;
- A aposentadoria rural dependerá da contribuição ao INSS, sendo necessários 25 anos de tempo de contribuição + 65 anos de idade;
- Os militares, PMs e bombeiros ficaram de fora da reforma, mas têm garantido já o direito de recebimento de acúmulo de aposentadoria e pensão.
Amauri Mortágua conclui que “devemos direcionar nossas ações agora para o Congresso Nacional, promovendo grande debate da sociedade sobre o tema e lutando para a não aprovação da reforma como está formulada”.

(Assessoria de
Comunicação)



Reforma da Previdência Social

          (*) Roberto Kawasaki

A situação brasileira é tão pesadamente grave, que inúmeras reformas são absurdamente inadiáveis. No artigo anterior escrevi que a reforma da educação é urgente e imprescindível, de fato, a OCDE acaba de publicar os dados relativos ao PISA de 2015 e a posição brasileira é trágica. No próximo artigo, voltarei a esse tema. É evidente que retomando o tema de reforma, a problemática previdenciária é dramática. Senão vejamos.
Em primeiro lugar, o déficit público federal passa necessariamente pelo déficit da Previdência Social, que ano a ano só cresce. É urgente estancá-lo, sob a previsão sombria de que chegará o dia em que aposentados e pensionistas irão sacar seu sagrado vencimento e, nos guichês e caixas eletrônicos das agências bancárias, não terão nada a recolher para pagar suas contas mensais vencidas. Imaginaram esse cenário dantesco ? Pior, imaginem o tecido social absolutamente esgarçado. Reformar a Previdência Social é uma questão de sobrevivência social e política da sociedade brasileira.
Em segundo lugar, as despesas mensais da Previdência Social só crescem, num ritmo e dimensão maiores que as receitas mensais. Haja vista que aposentados e pensionistas estão, graças a Deus, vivendo cada vez mais. Portanto, irão receber suas aposentadorias e pensões por períodos de tempo maiores. Reformar a Previdência Social é uma questão de sobrevivência social e política da sociedade brasileira.
Em terceiro lugar, há no seio da Previdência Social, aposentadorias especiais de servidores públicos civis e militares, sejam das esferas federais, estaduais e municipais, dos poderes legislativos, executivos e judiciários, que simplesmente sangram os cofres da Previdência Social. Há, portanto, privilégios que abrem verdadeiros rombos na Previdência Social. Reformar a Previdência Social é uma questão de sobrevivência social e política da sociedade brasileira.
Em quarto lugar, há desvios, há valores que não são recolhidos, há fraudes que corroem a arrecadação de receitas que deveriam abastecer, no presente, os gastos futuros para pagamentos de aposentadorias e pensões. Reformar a Previdência Social é uma questão de sobrevivência social e política da sociedade brasileira.
Conclusão: há que se reformar a Previdência Social. Eu próprio estou entre aqueles que deverão contribuir por alguns anos a mais. O sistema simplesmente está quebrado. E o que é pior, está contribuindo com peso significativo para o déficit público e a dívida pública, que prostam a economia brasileira numa conjuntura insustentável. Há que se fazer outras reformas.

(*) Roberto Kawasaki é economista pela FEA-USP, professor dos cursos de Administração, Sistemas de Informação, Arquitetura e Urbanismo, Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Engenharia de Produção da Faccat, de pós-graduação, consultor, palestrante e colaborador do jornal Diário.


DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
Escola ‘Paulo Stort’ divulga lista de aprovados na segunda

          Os candidatos que realizaram a prova do vestibulinho da Escola Municipal de Formação Industrial “Paulo Renato Stort”, para o curso de Aprendizagem Industrial – Mecânico de Usinagem Convencional, devem ficar atentos à divulgação da lista com os nomes dos aprovados.
Segundo o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Clóvis Saito, a lista estará disponível no dia 12 de dezembro, segunda-feira, no site da prefeitura: http://www.tupa.sp.gov.br/.
Ele informou ainda que os candidatos da 1ª chamada deverão comparecer do dia 12 ao dia 15, na sede da escola “Paulo Renato Stort”, localizada na Rua Tapajós, 804, das 7h30 às 17h30 min, para ocupar a vaga. “Vale ressaltar ainda que foram disponibilizadas 20 vagas para o curso, portanto, informamos aos candidatos que fiquem atentos aos prazos para não perderem suas vagas. Teremos também uma lista de suplentes, que será divulgada no dia 16, caso haja desistência de algum participante”, explicou.

Curso

De acordo com o secretário, o curso de aprendizagem industrial é oferecido gratuitamente para os candidatos que buscam capacitação para inserção no mercado de trabalho. “Este curso proporciona qualificação, aperfeiçoamento e especialização profissional. Vale ainda ressaltar que, ao final do curso, os alunos recebem certificado do Senai”, disse.
Segundo Clóvis, o curso de mecânico de usinagem convencional tem o objetivo de proporcionar aos alunos qualificação profissional em processos de usinagem com máquinas convencionais, bem como ajustagem, montagem e desmontagem de conjuntos metálicos.
As aulas serão ministradas na escola no período das 13h30 min até as 17h30 min e o curso terá duração de 1 ano, com início das aulas no mês de janeiro. Mais informações podem ser obtidas no Senai, localizado na Rua Tapajós, 804, ou pelo telefone 3441-6188.


TV Tem
Equipe está em Tupã para gravar o Revista de Sábado

          Quatro anos após sua última visita à cidade, a equipe do Revista de Sábado, produzido e exibido pela TV Tem, está de volta em Tupã, gravando um novo programa que deverá ser exibido em janeiro do próximo ano.
Os preparativos para a nova edição do Revista de Sábado em Tupã foram iniciados no mês passado, quando a produção do programa esteve reunida na Prefeitura de Tupã para colher sugestões de pauta e tratar detalhes sobre as gravações.
A equipe do programa, comandada pelo apresentador Marcos Paiva, iniciou os trabalhos nesta quarta-feira e deverá permanecer em Tupã até hoje, sexta-feira, visitando pontos turísticos, como o Distrito de Varpa e o Museu Histórico e Pedagógico “Índia Vanuíre”, além de entrevistar moradores e personalidades da cidade.
A equipe também acompanhará as aulas de ginástica rítmica, ministradas pela prefeitura, através da Secretaria Municipal de Esportes. Vale lembrar que Tupã é uma das poucas cidades do interior a oferecer a modalidade gratuitamente à população.
Outro destaque do programa será a galera dos patins, mania que vem atraindo cada vez mais adeptos. A equipe também deverá abordar curiosidades locais como a vida do fundador da cidade, Luiz de Souza Leão, e a história do Distrito de Universo.
A secretária Municipal de Turismo, Márcia Félix, destacou a importância do programa na divulgação não só dos atrativos turísticos, mas também das curiosidades e de outros aspectos positivos da cidade que podem atrair o interesse de turistas e visitantes. “É com alegria que estamos recebendo a equipe do Revista de Sábado, que está preparando um programa sobre a nossa cidade, mostrando nossos atrativos turísticos, curiosidades sobre nossa cidade e o que ela tem a oferecer para os visitantes. O Revista de Sábado é um programa que tem um alcance gigantesco, atingindo milhões de pessoas em mais de 300 cidades do Estado e com certeza ajuda muito a atrair novos visitantes, contribuindo assim para fortalecer nosso turismo”, destacou.
O programa, que vai ao ar em toda área de cobertura da TV Tem, englobando mais de 360 municípios no Centro Oeste paulista, tem como foco a valorização das cidades e das tradições do interior.
A cada semana, o programa visita uma cidade diferente, dá voz às figuras ilustres, destaca os artistas, a culinária, as curiosidades e os costumes de cada localidade. O Revista também mostra os principais pontos turísticos, além de discutir comportamento, os esportes curiosos e tem ainda um espaço sempre aberto para as principais atrações e eventos do interior.
Além das cidades que visita, o Revista também tem como atração à parte o apresentador Marcos Paiva, que imprimiu ao programa um ar mais descontraído, espontâneo e alto astral.
Formado em jornalismo, ele trabalha na área desde 1996. Já foi locutor, cinegrafista, operador de áudio e repórter. Começou a trabalhar na TV Tem de Bauru em 2004, como produtor e repórter. Com seu jeito irreverente ele se destacou nas participações ao vivo no Tem Notícias e passou cinco anos trabalhando como repórter e apresentador do De Ponta a Ponta, programa que era transmitido nas noites de domingo para a Rede TV Tem.
Passou a apresentar o Revista de Sábado a partir de fevereiro de 2014 e, desde então, tem viajado pelas cidades do interior de São Paulo, agitando as tardes de sábado e mostrando o que a região tem de melhor. Nas horas vagas, é DJ nas festinhas familiares e não resiste a uma tarde de pescaria.
O programa Revista de Sábado é exibido pela TV Tem todos os sábados, a partir das 14h30 min. Os interessados também podem conhecer um pouco mais da atração, inclusive rever programas exibidos, através da internet, no endereço gshow.globo.com/TV-Tem/Revista- de-Sabado/



NECROLOGIA

          José Dias Chaves 89 anos
Rafaela Pardo Alonso 85 anos
Rosa Vanine Barbizan 96 anos
Rosalina Maria de Jesus 80 anos


"Natal de Luz"
Evento terá exposição de produtos dos artesãos de Tupã

          Fazendo parte do calendário de eventos da cidade, o "Natal de Luz" faz a festa de dezenas de artesãos de Tupã. O principal evento de fim de ano da Estância Turística de Tupã começa hoje, a partir das 17h20 min, com a festa de chegada do Papai Noel, na Praça da Bandeira, e se estende até o dia 23 de dezembro, com diversas programações, inclusive com praça de alimentação e venda de artesanatos.
O "Natal de Luz" é um evento tradicional e reúne milhares de visitantes. Por isso, artesãos já estão na expectativa de boas vendas. Segundo os artesãos, principalmente turistas não vão embora sem levar um artesanato típico para casa.
Entre os artesanatos típicos que representam Tupã, há ainda várias peças natalinas neste período, além de itens para casa, como guardanapos e toalhas, entre outros.

Tendas

Os artesãos em Tupã vão permanecer no mesmo lugar, sob a tenda instalada na Praça da Bandeira, segundo afirmou o secretário Municipal de Cultura, Anderson Medeiros.
Ainda ontem, aconteceu mais uma edição do projeto 'Arte na Praça', com a praça de alimentação, bailão do NATI, venda de artesanatos, entre outras atrações. Já a partir de hoje, a atenção será voltada para o evento "Natal de Luz", que prossegue até o dia 23.
O secretário Municipal de Cultura, Anderson Medeiros, confirmou que os artesãos tupãenses vão expor seus produtos na praça, durante o "Natal de Luz", de quinta a domingo. “Em relação aos artesãos, dentro do "Natal de Luz", eles vão ficar na praça, conforme combinado em uma reunião que tivemos na Secretaria de Cultura, de quinta a domingo, fazendo a exposição de seus produtos, tanto o pessoal dos quiosques como quem fica na tenda. Inclusive, estamos decorando o espaço dos artesãos, será muito bonito”, explicou o secretário Anderson Medeiros.

"Arte na Praça"
O secretário esclareceu que houve uma edição normal do projeto "Arte na Praça" ontem. Já a partir de hoje, o projeto será voltado para o "Natal de Luz". “Vamos dar continuidade ao projeto, porém, dentro do "Natal de Luz", conforme já ficou esclarecido, até o dia 23, com eventos tanto na Praça da Bandeira como na Avenida Tamoios, no trecho da Rua Piratinins”, finalizou.

Abertura

O "Natal de Luz" é a festividade natalina que promete movimentar a cidade até o dia 23 de dezembro. A festa, preparada pela Prefeitura de Tupã, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, entre outras pastas, tem dezenas de instituições e grupos parceiros. Participarão da festa vários artistas, entre corais, músicos, bandas, grupos de dança e teatro, e artesãos.
A programação especial terá início hoje, às 17h20 min, com a festa de chegada do Papai Noel. Às 18 horas, haverá apresentação do teatro com o mágico Marcelo Beutrin. Mais tarde, às 19 horas, acontecerá a chegada do Papai Noel, no Espaço Cultural “Zé Pretinho”. Ainda às 20 horas, acontecerá a apresentação da Orquestra Municipal “Maestro Júlio de Castro”, na Avenida Tamoios. Depois, às 20h30 min, o coral da Igreja São Judas se apresentará no Espaço Cultural.



Última parcela do IPTU pode ser paga com desconto até segunda

          Os contribuintes que estão pagando o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2016 de forma parcelada, poderão efetuar o pagamento da 10ª e última parcela do tributo com desconto até a próxima segunda-feira, dia 12.

De acordo com a Secretaria Municipal de Finanças, o prazo de vencimento para o pagamento de cada parcela vence no dia 10 de cada mês. Como neste mês o dia 10 cai em um sábado, o pagamento poderá ser efetuado com desconto no dia útil subsequente, ou seja, na segunda-feira.
Se por um lado o pagamento até o vencimento proporciona desconto de 10% sobre o valor da parcela, o contribuinte que não efetuar o pagamento dentro do prazo perderá o desconto concedido e ainda terá que arcar com o acréscimo de multas e juros moratórios.
O secretário Municipal de Finanças, Dorival Coquemala, alertou que o desconto de 10% sobre o valor da parcela do IPTU é válido apenas para o pagamento efetuado até o vencimento. Se o contribuinte atrasar um só dia o desconto de 10% não será concedido e o valor da parcela aumentará com aplicação de juros e multa. “Em caso de atraso no pagamento da parcela, o que implica automaticamente na perda do desconto, o valor da parcela acrescido dos juros e multa aumentará em cerca de 15% a 20%, na comparação ao valor que o contribuinte pagaria caso a parcela fosse quitada até o vencimento”, explicou.
Coquemala destacou ainda que, como a legislação municipal permite o pagamento da parcela que está vencendo mesmo que as parcelas anteriores não tenham sido pagas, o contribuinte que por algum motivo não teve condições de pagar as parcelas anteriores, deve fazer um esforço para pagar a parcela de dezembro em dia. Dessa forma, além de aproveitar o desconto, o contribuinte estará evitando o acúmulo de mais uma parcela com multas e juros, o que certamente acabará elevando substancialmente o valor final do imposto.

O secretário de Finanças orienta novamente a população para que regularize eventual débito contraído no decorrer do ano, não deixando a dívida virar o ano fiscal.
Segundo Coquemala, o contribuinte que deixar o débito de IPTU virar o ano fiscal terá não só os encargos de juros e multas, mas também terá de arcar com a correção da Unidade Fiscal do Município (UFM), o que aumentará consideravelmente o valor total a ser pago.


Arco-Íris
CDHU inaugura hoje novo conjunto habitacional

          Com um investimento de mais de R$ 4 milhões, a CDHU estará fazendo a inauguração oficial hoje, em cerimônia marcada para às 15 horas, do novo conjunto habitacional de Arco-Íris.
Com 47 casas, o novo conjunto habitacional conta com toda infraestrutura, incluindo redes de galerias, guias e sarjetas, redes de água, iluminação pública e ruas pavimentadas.
Cada moradia tem aquecedor solar, laje, esquadrias metálicas e azulejos. Também conta com muro de arrimo.

Missão cumprida

A prefeita Ana Serafim disse ontem que a entrega significa o cumprimento de mis uma missão. “Sabemos o que essas moradias representam para cada uma das 47 famílias sorteadas. Todas estavam esperando entrar em sua casa própria antes do Natal. Agora isso será possível”, destacou.
Ana Serafim lembrou do esforço empreendido para tornar possível este sonho. Ela, pessoalmente, insistiu muito junto ao governador Geraldo Alckmin, para viabilizar a obra. “Teve ainda a participação fundamental dos assessores da prefeitura, dos funcionários e dos operários da empreiteira contratada”, enumerou.
De acordo com a chefe do Executivo arcoirense, a entrega das 47 casas ajuda a reduzir ainda mais o déficit habitacional. Mas no próximo mandato, já que foi reeleita, tomando posse no próximo dia 1º de janeiro, ela promete esforço para conseguir pelo menos mais 50 unidades habitacionais.



Alckmin propõe abono complementar no salário dos servidores estaduais

          O governador Geraldo Alckmin enviou nesta quarta-feira, dia 7 de dezembro, projeto de lei complementar (PLC) 47/2016, que propõe a concessão de abono complementar aos servidores estaduais.
O novo texto prevê que quando a retribuição global mensal do servidor for inferior a R$ 1.104,00, referente a jornada completa de trabalho, menor que R$ 828,00, quando em jornada comum de trabalho e R$ 552,00, quando em jornada parcial de trabalho, será concedido abono complementar para que sua retribuição global mensal corresponda a esses valores. Considera-se retribuição global mensal o somatório de todos os valores percebidos pelo servidor. A lei complementar aplica-se, nas mesmas bases e condições, aos servidores das autarquias e aos inativos e pensionistas.
Para os servidores públicos regidos pela lei complementar nº 1.157/2011, sujeitos a jornada básica de trabalho (30 horas semanais) ou a jornada específica de trabalho (20 horas semanais), o abono complementar será calculado com base no valor da jornada completa de trabalho, na qual nenhuma destas duas categorias receberão valor inferior a R$ 1.104,00.
A iniciativa demonstra o esforço da administração em manter o piso salarial do Estado de São Paulo acima do salário mínimo vigente no País, permitindo assim manter uma remuneração mínima, no setor público, correspondente ao que vem sendo concedido para o setor privado, proposto por Alckmin nesta terça-feira, dia 6, pelo projeto de lei 880/2016.

O PLC, se aprovado pelos deputados estaduais, beneficiará além dos servidores das secretarias de Estado, também aos servidores das autarquias, inativos e pensionistas.
A íntegra do PLC 47/2016 foi publicada na edição de ontem, dia 8 de dezembro, no Diário Oficial do Estado.


Saúde
Santa Casa anuncia nova verba de R$ 400 mil

          A Santa Casa de Tupã comemora uma nova verba que deve chegar até o final do ano, segundo anunciou ontem o irmão definidor Alberto Martins. O hospital deve receber R$ 400 mil, através de emenda parlamentar do deputado Milton Monti.
Segundo Alberto Martins, o deputado “adotou” na região a Santa Casa de Tupã e tem contribuído muito com o hospital. O deputado chegou até a Santa Casa graças ao empresário João Seiscento.
Neste mesmo ano, a Santa Casa conseguiu a aquisição de novas 7 máquinas para o setor de hemodiálise, também graças a uma emenda parlamentar do mesmo deputado, igualmente no valor de R$ 400 mil. “Recebemos uma verba do deputado Milton Monti, que adotou na região a Santa Casa de Tupã. Somos gratos por tudo o que ele já fez. Na época, fizemos o pedido de uma verba para a compra de máquinas para a hemodiálise. Com a verba de R$ 400 mil, compramos 7 máquinas. Isso foi um alívio para funcionários e usuários da hemodiálise. Antes, começavamos o turno às 5 horas. Hoje, conseguimos começar às 7. Então, fizemos agora outro pedido para ele, que já atendeu e está em Brasilia, de mais R$ 400 mil, porque agora tem um aparelho que coloca nessas máquinas que ajuda na limpeza. Hoje, levamos uma hora para fazer a limpeza. Com o aparelho, em 20 minutos as máquinas estão limpas. Possivelmente, chega neste ano o dinheiro”, anunciou Alberto.
As 7 máquinas adquiridas graças à verba já en-viada pelo deputado estão em uso desde o mês de junho. Com a nova verba, a Santa Casa quer adquirir mais 3 máquinas e os aparelhos para a limpeza.

Hemodiálise
Segundo o médico responsável pelo setor de hemodiálise, Leandro Belone, a cada dia o setor de hemodiálise da Santa Casa recebe novos pacientes. “Nosso setor recebe, a cada dia, novos pacientes, então temos que oferecer sempre um bom tratamento. O deputado, mais uma vez, nos agraciou com uma emenda parlamentar, e esse dinheiro vai possibilitar a compra de mais máquinas, melhorando não só dentro do setor de hemodiálise, como também reprocessadores de filtros, que vão facilitar o tratamento, aquisição de cadeiras novas, entre outras questões, melhorando e proporcionando mais conforto aos pacientes”, relatou.
Segundo o médico Leandro, o objetivo é melhorar a qualidade de vida dos pacientes. “As máquinas que têm sido compradas são importadas, alemãs, mais seguras, não só para a sessão de hemodiálise, mas geram maior segurança, evitam infecções”, declarou Belone.

Filtros
O médico Leandro Belone, responsável pelo setor de hemodiálise da Santa Casa de Tupã, resumiu sobre a função da hemodiálise, e a importância das máquinas e filtros. “A hemodiálise seria uma terapia renal substitutiva, ou seja, tenta substituir a função dos rins, não de forma completa, mas de forma parcial. São utilizados máquina e filtros para isso. O sangue passa por dentro desse filtro, que tira as impurezas. Para fazer isso, existe uma solução que passa dentro desse filtro também para poder fazer a troca das impurezas e isso é diluído em uma água, que tem que ser ultra pura. Existe ainda um tratamento de água, no qual se retira todas as substâncias ruins da água que se consome no dia a dia (que podemos ingerir, mas no caso para ir para a corrente sanguínea do paciente não poderia). Essa agua é filtrada, sai ultra pura, sem nenhuma bactéria, e isso é misturado à solução da hemodiálise, para filtrar o sangue do paciente”, explicou.
Segundo Leandro, em toda região de Tupã, de Herculândia a Parapuã, são em torno de 200 a 250 pessoas que fazem hemodiálise. Hoje, cada sessão atende 27 pessoas, sendo 4 turnos.


sobe.gif (937 bytes)


| Home | Economia | Geral | Sociedade | Policial | Esportes | Política | Variedades |Expediente |E-mail

Hosted by UNISITE - Todos os direitos Reservados