jdiario@diariotupa.com.br

Educação
Professores aprovam calendário de mobilizações

          Reunidos em assembleia no vão livre do Masp (Museu de Artes de São Paulo), situado na Avenida Paulista, na tarde de sexta-feira, 29, os professores estaduais avaliaram o desenvolvimento da campanha salarial e educacional e aprovaram um calendário de mobilizações, com uma nova assembleia marcada para acontecer no dia 24 de maio, às 14 horas, na Praça da República, com paralisação. Na véspera, dia 23, a diretoria da Apeoesp se reunirá com o secretário da Educação.
Ao final da assembleia, os professores se dirigiram ao centro administrativo da Fundação Paula Souza, para manifestar apoio aos estudantes das Etecs, que lutam por melhorias nas instituições, que incluem, inclusive,a questão da alimentação.
O calendário aprovado prevê, ainda, no dia 17 de maio, participação da categoria na audiência pública na Assembleia Legislativa, para cobrar o andamento do Plano Estadual de Educação e que seja aprovado o substitutivo nº 2, que contém a proposta do Fórum Estadual de Educação. Será cobrada também a instalação da CPI da Merenda.
Uma publicação será feita para a categoria, focando nas metas e diretrizes do PEE que dizem respeito diretamente aos professores e às professoras, como valorização, financiamento e gestão democrática.

Caravana pela
educação
Como parte do calendário de mobilizações, foi aprovada na assembleia estadual a realização de uma caravana pela educação de qualidade e pela democracia.
Entre os dias 9 e 20 de maio, três ônibus percorrerão o Estado em defesa da escola pública, denunciando todos os desmandos do governo estadual e apresentando à população as reivindicações da categoria. No roteiro da caravana serão incluídas as 94 escolas que seriam oficialmente fechadas pelo governo, as 162 unidades que constavam no levantamento inicial feito pela Apeoesp e as 754 escolas que seriam reorganizadas.
Nas próximas semanas, os professores devem debater com estudantes e pais, nas unidades escolares, as campanhas que estão sendo desenvolvidas.
Devem buscar, também, a realização de movimento unificado com outros setores do funcionalismo.
Além disso, deverão ser mantidas panfletagens, atos e outras atividades regionais.

Reivindicações
Na assembleia os professores reafirmaram a necessidade de uma verdadeira valorização dos profissionais do magistério, entendendo que ela se dá por meio de uma política salarial que tenha como objetivo o cumprimento da meta 17 do PNE. “Para alcançar esta meta, precisamos de um plano de reajustes paulatinos que perfaçam 75,33% de reajuste total”, afirmou o sindicato dos professores em nota.
A Apeoesp explicou que luta, inclusive judicialmente, pela derrubada do parecer da Procuradoria Geral do Estado que autoriza este procedimento. “Queremos a humanização do atendimento no DPME. No dia 3 de maio (hoje), a diretoria se reunirá com o DPME para tratar dessas questões”, destacou.

Pedidos
Os professores aprovaram como reivindicações emergenciais:
- Reposição salarial – para todos os professores da ativa e aposentados – da inflação do período que começa em julho de 2014 (data do último reajuste) até o mês de fevereiro de 2016, totalizando 16,6% de reajuste.
- Mesa permanente de negociação para discutir a valorização profissional, com base na meta 17 do Plano Nacional de Educação, que determina a equiparação salarial dos professores pela média salarial dos demais profissionais com formação de nível superior.

Outras reivindicações
Além da questão salarial, há um conjunto de reivindicações que afetam diretamente os professores e também aquelas que dizem respeito às condições de funcionamento das escolas, às verbas para a educação, à gestão democrática e outras:
- Fim dos descontos salariais dos professores doentes, que aguardam a realização de perícias médicas e publicação de licenças.
- Assinatura imediata do governador no decreto que regulariza os direitos dos professores temporários (categoria O), de acordo com a nova duração dos contratos, conforme a lei complementar 1277/2015.
- Nova forma de contratação de professores temporá-rios (categoria O), com isonomia de direitos com professores efetivos, até serem aprovados em concurso público. Ou seja, estabilidade com concurso público.
- Reabertura das classes fechadas e reabertura do noturno.
- Máximo de 25 estudantes por classes na educação básica.
- Condições de trabalho para os professores e de ensino-aprendizagem para os estudantes.
- Merenda de qualidade em todas as escolas.
- Instauração da CPI da merenda e prisão dos culpados, confisco dos bens e devolução do dinheiro desviado.
- Fim das políticas de isenções e renúncia fiscal que reduzem as verbas da educação. “Neste momento já houve uma perda de R$ 14,5 bilhões na arrecadação do Estado e a projeção é de uma perda de R$ 60 bilhões até 2018”, enfatizou o sindicato.
- Devolução de R$ 17,5 bilhões (corrigidos) que foram desviados da educação, conforme relatório da CPI da Educação (ano 2000).

Calendário de
mobilizações

No dia 10 de maio os professores participarão do dia de paralisações e mobilizações convocado pela CUT contra o golpe; no dia 17, a categoria participará de uma audiência pública na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), às 14 horas, para pressionar os deputados a votarem o Plano Estadual de Educação, que atenda às necessidades da comunidade escolar e da população e pela instauração da CPI da merenda; e no dia 24, os professores realizarão uma nova assembleia estadual, às 14 horas, na Praça da República.


Unesp
Disponibilizados cadernos para os cursinhos pré-universitários

          A Proex - Pró-reitoria de Extensão Universitária da Unesp já colocou online para download gratuito o material produzido sob a responsabilidade de uma equipe de professores da Universidade. Este mesmo material será entregue a cada aluno matriculado no ano de 2016 nos 27 cursinhos da Universidade em 22 cidades, com índices de aprovação em universidades públicas, privadas e concursos de cerca de 40%.
O primeiro grande mérito dos cadernos é ser propriedade da Universidade. A continuidade da política de compra de apostilas das editoras privadas, realizada no passado, inviabilizaria a continuidade do Programa dos Cursinhos, na amplitude existente hoje.
O projeto “Cursinhos Pré-Universitários da Unesp”, organizado e desenvolvido pela Universidade, desde o ano de 1987, almeja proporcionar oportunidade de educação às classes populares e aos oriundos do ensino público. Os cursos são oferecidos aos interessados com residência nas cidades onde se localizam os Câmpus da Universidade e do seu entorno. O objetivo primeiro é colaborar com a inclusão desses grupos sociais no ensino superior.
A partir de 2006, a Unesp criou um amplo programa de extensão, aglutinando os cursinhos pré-vestibulares já existentes na instituição e os novos projetos organizados nas unidades universitárias distribuídas pelo Estado de São Paulo. Com o convênio entre a Unesp e o Governo do Estado (convênio nº 002/2007-SEES), por intermédio da Secretaria de Ensino Superior, houve a ampliação e fortalecimento do projeto “Curso Pré-Vestibular: uma iniciativa democrática de alcance social”, o qual passou a atender cerca de quatro mil jovens egressos da escola pública, distribuídos em 22 municípios do Estado de São Paulo, em 26 cursinhos da Universidade. No início de 2016, mais um cursinho foi criado na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), em Botucatu, totalizando 27 cursinhos.
Em 2015, a Pró-Reitoria de Extensão fez proposta de elaboração do material didático pela própria Universidade, com a finalidade de organizar, adequar e disponibilizar cadernos com os conteúdos curriculares das diversas áreas do conhecimento para as atividades pedagógicas nos cursinhos pré-universitários da Unesp.
Os cadernos foram produzidos a partir da estrutura curricular definida pelos documentos oficiais Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica, Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, Currículo do Ensino Médio do Estado de São Paulo e Orientações Curriculares para o Ensino Médio.
Nesta primeira edição, o guia de orientação dos temas para a equipe de autores foi a Matriz de Referência do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Os quatro primeiros cadernos contemplam objetos de conhecimento associados às matrizes de referência das áreas do conhecimento. O Caderno de Apoio (5) – textos e atividades dos Cursinhos Pré- Universitários da Unesp disponibiliza acervo composto por textos, testes, vídeos, imagens, temas e sites referentes aos conceitos e conteúdos das diferentes áreas do conhecimento abordados no ensino médio com o objetivo de complementar os temas desenvolvidos nos cadernos da coleção.
Os editores são os professores da Unesp Antonio Francisco Marques e Maria da Graça Mello Magnoni.



Bancos agora podem abrir e fechar contas pela internet

          Os clientes bancários agora podem abrir ou fechar contas bancárias, como conta-corrente e de poupança, usando a internet. O Conselho Monetário Nacional (CMN) regulamentou as regras para abertura e fechamento de contas de depósitos por meio eletrônico.
Segundo o Banco Central (BC), os bancos terão que adotar procedimentos e controles que permitam confirmar a autenticidade dos documentos eletrônicos e podem usar tecnologias como contato por vídeo, de reconhecimento de voz e assinaturas com certificação eletrônica.
As regras já estão valendo. O objetivo é permitir que haja facilidade maior para abertura e encerramento de contas e incorpore nesse processo toda a inovação tecnológica.
As mesmas regras das contas convencionais são válidas para as abertas por meio eletrônico, como as relativas à situação cadastral, tarifas, prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento ao terrorismo.
O CMN também aprovou resolução que proíbe a recusa de atendimento em caixas convencionais de clientes de outro banco. Ou seja, se um cliente de um banco for a um caixa pagar um boleto, por exemplo, em outra instituição financeira, terá que ser atendido. A exceção é para os casos de pagamento de cheques, boletos vencidos e convênios que prevêem o pagamento específico em um banco. A resolução que esclarece as regras é resultado de reclamações de clientes que não foram atendidos no caixa.

Crédito

Outra medida aprovada pelo CMN é a que facilita a captação de recursos pelo banco para oferecer crédito imobiliário e para o agronegócio. Agora, os bancos podem comprar Certificados de Recebíveis imobiliários e de Recebíveis de Agronegócios, oferecidos por companhias securitizadoras ligadas à instituição compradora.


FESTAETT
Definida a programação do 15° Festival de Teatro

          O Grupo Ágape de Teatro divulgou a programação do 15º Festival Nacional de Teatro de Tupã (Festaett), que acontecerá dentro de pouco mais de duas semanas, no período de 21 a 28, no Clube dos Comerciários. O evento visa, através de uma mostra competitiva de espetáculos, a promoção das artes cênicas em Tupã e região.
Serão 17 espetáculos, duas exposições (Instalação DNA – Interveiw, de Aguinaldo Souza, de Londrina; e Exposição Palco 2015, do tupãense Eduardo Dantas); e duas oficinas de dança, que serão realizadas na Academia CAF, pelo professor Aguinaldo Souza, de Londrina.
Estarão envolvidas 13 cidades de três estados brasileiros: São Paulo, Paraná e Brasília.
Os espetáculos selecionados serão avaliados por uma comissão julgadora, formada por Tin Urbinati e Felipe Micheline (São Paulo) e Madê Correa (Bauru), que premiará os espetáculos com o Troféu “Festaett 15 Anos”.
O Festaett é realizado pelo Grupo Ágape de Teatro, com apoio da Prefeitura de Tupã, por meio da Secretaria de Cultura, tendo como parceiros a Associação Ágora Cultural, Clube dos Comerciários, Academia CAF, deputado estadual Orlando Morando e os vereadores Caio Aoqui e Amauri Mortágua. “Agradecemos também ao prefeito Manoel Gaspar, ao Ricardo Amado, ex-secretário de Cultura e atualmente secretário de Esportes, e Anderson Medeiros, atual secretário de Cultura. O Festaett vem sendo organizado desde novembro de 2015. Como todos sabem, o País está em crise e a Prefeitura de Tupã não poderia estar em situação diferente. Todos os esforços foram dispendidos pelo poder público tupãense para que o Festaett acontecesse. Do lado dos organizadores, várias promoções foram realizadas. Mesmo assim, haverá um pedido de uma colaboração de R$ 3,00 em cada espetáculo. Devido ao grande conhecimento e amizade do Grupo Ágape, os espetáculos que se apresentarão em Tupã não cobrarão cachê”, declarou Renato Gonzalez.
Confira abaixo a programação do Festaett.


Crônicas
Reflexo do abuso de autoridade
Concisa reflexão

          Quando alguém é investido em algum tipo de poder, o exercício do encargo tem que ser cumprido com total observância de regras jurídicas e legais, daí porque, se ocorrer distanciamento ou descumprimento das normas impostas, pode ocorrer perda ou destituição do cargo. Destarte, tem-se que o abuso de autoridade abrange, também, o abuso de poder, porquanto existe excesso ou desvio de finalidade. O abuso de autoridade constitui ato que afronta o princípio da legalidade, considerando que o agente público tem o dever de se comportar apenas e tão somente de conformidade com as regras legais, pois, se pautar seu comportamento de modo excessivo ou arbitrário, poderá ser reprimido criminalmente e demitido do cargo.
Pois bem, o que a população brasileira tem assistido diariamente são atos abusivos, praticados pela presidente, que, de forma sistemática, tem descumprido a lei, na medida que praticou pedaladas fiscais, desviando para outros setores, recursos da área social, sem autorização da Casa Legislativa, assim como desvalorizou, de modo irônico, a eficácia jurídica e legal dos trabalhos da Justiça, afirmando que a delação premiada é inoperante.
Ademais, demonstrando abuso de autoridade, a presidente, sorrateiramente, nomeou seu antecessor para o cargo de ministro, para poupá-lo de julgamento judicial pela instância inferior, já que existia denúncia de crime de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica, com pedido de decreto de prisão preventiva. Daí, aquela açodada nomeação buscou beneficiá-lo com foro privilegiado. Estes atos executados caracterizam abuso de poder com possibilidade de responsabilização criminal.
E a mídia tem divulgado que abusos frequentemente são praticados pela presidente que inclusive ordenou que seus ministros não disponibilizem nenhuma informação de ordem administrativa e política ao vice-presidente, que está na iminência de sucedê-la no cargo, considerando o desdobramento do processo de impeachment em tramitação perante o Senado Federal.
Em vez de abusos, a população brasileira gostaria de estar presenciando a presidente interessada em combater a corrupção instalada na Petrobras, responsável pela maior crise social e econômica enfrentada pelo País, entretanto a conduta adotada pela presidente é, precisamente, omissiva, o que caracteriza participação criminosa, já que a lei prevê que quem, de qualquer modo, do crime participa, incide nas penas a ela cominadas, na medida da sua culpabilidade.
Ademais, o povo percebeu que a presidente se utiliza de abuso de autoridade para refutar as acusações de envolvimento com os atos de corrupção, de políticos de sua base, assim como de agentes de seu governo, quando o correto seria buscar estancar os atos de corrupção e desenvolver política econômica e social para restabelecer a normalidade do desenvolvimento do País.
Neste diapasão, fica evidenciado, por um lado, que os atos abusivos são nocivos ao País, considerando que, em regra, o abuso está conectado com o desvio de finalidade, mormente para satisfação de interesse pessoal ou de agremiação partidária, assim como, por outro lado, fica patente que o abuso de poder ou de autoridade caracteriza afrontamento ao princípio da legalidade, com espaço aberto para o afastamento ou cassação do agente do cargo.

(*) Dr. Emílio Gimenez é juiz titular da
3ª Vara Cível da Comarca de Tupã


Banco de Sangue
Frio afasta doador de sangue e estoque fica baixo

          Além de derrubar a temperatura na semana passada, o clima mais frio do Outono também fez cair o número de doadores nos bancos de sangue, o que é normal acontecer.
Principalmente depois do frio que atingiu a cidade na última semana, poucas pessoas estão comparecendo para doar sangue na unidade do Banco de Sangue da Santa Casa. Atualmente, todos os tipos de sangue estão em estado crítico.
Segundo o Banco de Sangue, quando esfria há uma redução expressiva do público que costuma procurar a unidade, voluntariamente. Além disso, só aparece mais gente quando um amigo ou parente está precisando de doação.

Mas, é necessário reforçar a necessidade e importância da doação. A queda no estoque de sangue não diminui a procura. A demanda continua a mesma e, com as baixas contabilizadas, os estoques chegam a ficar em estado crítico.
Outros fatores, como o aumento das infecções respiratórias, resfriados e gripes, também têm influência na redução dos candidatos à doação. É sugerido que o ato solidário seja feito com antecedência, levando em consideração estes aspectos.

Vale lembrar que a vacinação contra a gripe é impeditivo temporário à doação. Por isso, as pessoas devem doar sangue antes de tomar a dose - quem se vacinou pode doar sangue só após 48 horas.
Nesse sentido, é importante que os candidatos que pretendem tomar a vacina atentem bem a esse intervalo. De preferência, o ideal é que façam a doação antes da imunização.

Para doar

Para doar sangue, é preciso estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos; pesar no mínimo 50 kg; estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas); estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação); e apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato.
Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apta à doação. No mais, outros impedimentos poderão ser identificados durante a entrevista de triagem, no dia da doação.

Banco de Sangue
em Tupã

O Banco de Sangue da Santa Casa de Tupã atende de segunda a sexta-feira, das 7h30 min às 12 horas, na Rua Manoel Ferreira Damião, 444. Para maiores informações, o telefone é o (14) 3404-5555.


Gripe
Secretaria de Saúde recebe novas doses de vacina

          A Secretaria Municipal de Saúde realizou sábado, dia 30, a Campanha Anual de Vacinação Contra a Influenza. Foram disponibilizadas mais de 6 mil doses de vacinas no sábado para os grupos de risco.
Na rede pública, a vacinação foi destinada inicialmente aos grupos prioritários, incluindo gestantes, idosos, profissionais da saúde, crianças de 6 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias, pessoas portadoras de doenças crônicas, pessoas com comorbidades (pacientes com pelo menos duas patologias) e puérperas (até 45 dias após o parto).
De acordo com a enfermeira da Secretaria de Saúde, Isabel Nalon, as pes-soas fora do grupo de risco que têm problemas graves de saúde precisam apresentar uma carta médica para comprovar a doença. “Temos que ressaltar que a pessoa precisa apresentar um receituário indicando a doença, mas lembrando que as doenças devem estar dentro da lista de doenças divulgadas pelo Ministério da Saúde”, afirmou.
Segundo a secretária Municipal de Saúde, Rosângela Urel Gaspar, todos os anos a Secretaria de Saúde recebe o mesmo número de doses e nunca em apenas um lote. “Nós iniciamos a campanha com o mesmo número de doses de todos os anos. Mas, devido aos casos da doença registrados neste ano, a procura pela vacinação foi ainda maior. A decisão de aumentar as doses do ‘Dia D’ de vacinação não é do município e sim do governo federal”, explicou.
Rosângela disse também que somente no sábado foram vacinadas cerca de 6 mil pessoas que fazem parte dos grupos de risco. “Nós vacinamos 30% do grupo de risco. Provavelmente, nesta terça-feira vamos receber mais 6 mil doses para retomar a vacinação nesta quarta-feira. Aquele que não conseguir tomar na quarta-feira, poderá tomar na sexta-feira, quando receberemos mais um lote. Todas as unidades de saúde receberão as doses e, assim, praticamente todas as pessoas do grupo de risco estarão vacinadas”, disse.
Rosângela Urel Gaspar enfatizou também que, nos anos anteriores, a procura sempre ficou abaixo da expectativa, obrigando a Secretaria da Saúde a convocar as pessoas que teriam direito à vacina para que comparecessem aos postos de saúde para serem imunizadas.
Já neste ano, em função dos casos registrados, houve uma grande procura em curto período de tempo, provocando assim a falta das vacinas nos postos de saúde.
A Secretaria de Saúde ainda explicou que o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde nunca encaminham todas as doses previstas para o município em apenas um lote. Ou seja, as vacinas são encaminhadas em vários lotes, que são entregues de acordo com a demanda.

Casos
Até o momento, neste ano, Tupã já registrou 38 notificações de H1N1, incluindo 2 casos positivos, que resultaram em óbito; outros 5 casos negativos, com 3 óbitos e 2 pacientes que já receberam alta. A cidade conta ainda com 31 casos suspeitos aguardando resultado, dentre eles 4 casos que resultaram em óbito, 2 casos de pessoas residentes em Tupã que continuam internadas e 25 pacientes com alta hospitalar.


Igreja São José
Devotos celebraram o Dia do Trabalho

          Tupãenses prestaram homenagens a São José Operário, no último domingo, 1° de maio, Dia do Trabalho. Humilde carpinteiro, protetor da Sagrada Família e modelo paterno, o santo é considerado patrono da Igreja Católica em todo o mundo.
Durante o feriado, trabalhadores passaram pela paróquia dedicada a São José para prestar suas homenagens. Pela manhã, aconteceu a recitação do terço seguida de carreata, que percorreu as principais ruas da região Leste da cidade. No período da noite, uma missa foi celebrada em louvor ao santo operário. Presidida pelo vigário recém-ordenado, padre Murilo Aparecido Dias, a celebração reuniu os padres de Tupã e centenas de fiéis que, em torno do altar, agradeceram os benefícios recebidos pela intercessão do santo trabalhador.
Na homília, padre Marcos Roberto Cesário da Silva enfatizou o silêncio bíblico de São José, destacando suas atitudes de caridade no cuidado com Jesus Cristo, seu filho adotivo. “No silêncio, José soube ouvir a vontade de Deus e praticá-la com solicitude. Por isso, hoje, ele torna-se para nós modelo de sensibilidade à ressurreição de Nosso Senhor”, explicou o pároco.
Após a celebração, aconteceu uma procissão. A benção final foi dada em frente da antiga igreja, ao lado da atual, e os padres e os fiéis acompanharam a tradicional queima de fogos.

PREPARAÇÃO

Com o tema “São José: homem que acolheu o Cristo, Rosto da Misericórdia do Pai”, desde a quinta-feira, dia 28, até o sábado, dia 30, os paroquianos se prepararam para a festa do padroeiro no feriado de domingo.

A cada dia, os padres recém-ordenados da Diocese de Marília celebraram missas com bençãos específicas a diversos profissionais. O padre Adeflor Xavier (Lico), na noite da quinta-feira, abençoou os trabalhadores da construção civil, marceneiros, artesãos e as Carteiras de Trabalho.

No dia 29, sexta-feira, os profissionais da saúde receberam a benção do padre Willians Roque e, no sábado, os fiéis que trabalham com a educação foram abençoados pelo padre André Martins.


Tupi Paulista
Acidente deixa dois carros destruídos na estrada do Oásis

          Um acidente registrado na noite do último sábado, dia 30, na estrada do Distrito Oásis, de Tupi Paulista, em frente a Concretaria G10, deixou 2 carros totalmente destruídos. O acidente ocorreu quando um dos motoristas tentou ultrapassagem em faixa contínua.
A colisão envolveu uma Parati e um Gol. Não foram divulgadas informações de feridos graves. Já os veículos ficaram destruídos.


Descaso
Piora situação de casa que ameaça desabar

          No próximo dia 11 vai completar seis meses que a residência de um casal de idosos, situada na Rua Manoel Ferreira Damião nº 787, às margens do Córrego Afonso XIII, foi afetada por uma forte chuva, que quase a derrubou. Hoje, o imóvel continua pendurado no barranco, tendo a situação se agravado, com alguns desmoronamentos.
Enquanto o poder público não soluciona o problema, Adauto Morais dos Santos, 73 anos, e Annita Baggio, 77 anos, continuam morando precariamente. Desde que a estrutura da casa foi atingida, o casal foi obrigado a deixar o imóvel. A saída, foi transferir a mudança para um espaço de um cômodo, situado ao lado. Neste local, os móveis estão amontoados.
No cômodo improvisado, o casal quase não tem espaço para se locomover: o fogão fica ao lado da cama, a televisão em cima de uma pia improvisada e os banhos são tomados de bacia.
Adauto Morais dos Santos, que estima o valor do imóvel em cerca de R$ 200 mil, calcula que a sua reforma deverá custar cerca de R$ 40 mil. Por enquanto, só existe conversa sobre as medidas que serão tomadas. Até o momento, a Prefeitura de Tupã ofereceu abrigo apenas no Albergue Noturno, “oferta” que foi recusada. Os moradores informaram que a responsabilidade de reformar a casa e resolver os seus problemas estruturais é da prefeitura.

Legislação

O projeto de lei nº 06/2013, aprovado na Câmara Municipal, de autoria do vereador Valter Moreno Panhossi, estabelece medidas de emergência a serem adotadas pelo Poder Executivo Municipal, em caso de interdição de imóveis situados no município de Tupã, e estabelece diretrizes para a concessão do “aluguel social” e “auxílio recomeçar”, benefícios de natureza assistencial, para famílias vítimas de desastres.
De acordo com o documento, as medidas previstas na lei serão implementadas com os seguintes objetivos: minimizar as perdas sofridas pelas vítimas diretas de desastres; minimizar as perdas e transtornos sofridos pela população em geral, em especial com a limpeza e desobstrução de vias públicas, canais e cursos d’água e com a reconstrução de bens destruídos ou danificados; e implementar medidas de saúde pública preventiva de doenças relacionadas com os desastres.
Segundo a legislação, para a consecução dos objetivos serão utilizados os seguintes instrumentos: a organização de mutirões e frentes de trabalho; a concessão, em caráter excepcional, de benefícios especiais às famílias vitímas dos desastres, denominados, respectivamente, “aluguel-social” e “auxílio-recomeçar”; a requisição administrativa de bens e serviços, com posterior indenização pelos prejuízos causados; a distribuição de alimentos e outros bens à população atingida. “O ‘aluguel social’ é a garantia do direito constitucional de moradia para as famílias que tiveram seus imóveis interditados, destruídos ou parcialmente destruídos em decorrência de desastres, conforme estudo social realizado pelas assistentes sociais do município ou órgão competente”.
Vale lembrar que o “aluguel social” compreenderá o pagamento de valor mensal de até 7 UFMs (cotado hoje em R$ 502,88) por família, devendo ser empregado na locação ou outro meio de obtenção de moradia para a família beneficiada. “O ‘aluguel-social’ terá prazo de vigência de até 6 meses, podendo ser renovado por iguais períodos, desde que mantida a necessidade do benefício”.
São condições específicas para a concessão do “aluguel-social” que a residência da família: tenha sido total ou parcialmente destruída; apresente problemas estruturais graves; esteja situada em área e sob risco iminente de desabamento ou desmoronamento; e tenha sido objeto de auto de interdição.

‘Auxílio recomeçar’
De acordo com a legislação, o “auxílio-recomeçar” consiste no pagamento de parcela única no valor de até 18 UFMs (cotado hoje em R$ 1.293,12) por família vitimada e objetiva auxiliar a compra de bens essenciais equivalentes àqueles que tenham sido perdidos em decorrência dos desastres ou parte deles.


Energisa
Novo posto de atendimento facilita consumidores

          Depois de várias reclamações de clientes, a empresa Energisa transferiu o seu posto de atendimento que já está funcionando na Avenida Tamoios nº 1.485, em frente ao TTC (Tupã Tênis Clube).
Antes, o atendimento dos clientes era feito na sede da sub-estação, às margens da SP-294. Isso gerava transtorno para os tupãenses, que não se sentiam seguros em função da movimentação na rodovia. Para a tranquilidade de alguns clientes, “a unidade localizada na rodovia não funciona mais”, conforme destacou a assessoria de comunicação da Energisa, por meio de nota.
Para a maioria dos clientes, a mudança de local trouxe mais segurança na hora de solicitar os mais diversos serviços oferecidos pela empresa.
Além de trazer mais segurança, a mudança de local aumentou a presença de clientes no novo espaço, que hoje atende dezenas de pessoas diariamente.
A assessoria informou que os serviços de atendimento ao cliente não foram alterados com a mudança de prédio. “As agências de atendimento são um ponto de apoio para os consumidores, onde os clientes podem tirar dúvidas, realizar pedidos de ligação de energia, renegociar dívidas, cadastrar conta em débito automático, solicitar recebimento da fatura por e-mail e cadastrar o celular para recebimento de informações, dentre outros serviços disponíveis”, explicou.
A nova agência de atendimento da Energisa em Tupã funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas.


Casa dos Velhos
Mais de 80 idosos são acolhidos e vivem na entidade

          Há anos, a Casa dos Velhos de Tupã desenvolve um importante trabalho social com idosos, que contam com um local apropriado para o convívio, lazer e atividades.
Segundo o presidente da Casa dos Velhos, Orivaldo Ruiz, hoje a entidade abriga 84 idosos. A maior parte é composta por pessoas que procuraram a casa. “Desses, 40 são totalmente dependentes, acamados, precisam de atenção dia e noite; do restante, uma parte é independente e a outra semi-dependente”, acrescentou Ruiz.
Para cuidar dos idosos e manter a entidade, a Casa dos Velhos conta com uma equipe completa, composta por enfermeiros, auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais, psicólogos e coordenadores, além dos cuidadores de idosos. Os assistidos vivem nos apartamentos sob o monitoramento de multiprofissionais.
Com isso, os idosos não estão desamparados em Tupã. A Casa dos Velhos acolhe o idoso desamparado, em regime de internato permanente. A sede fica na Rua José Egídio Ari Fernandes, 2.535, na Vila Indústria.
“Geralmente, as pessoas procuram pela casa, vão até a instituição ou ligam. Normalmente, vai um amigo ou familiar, passa a situação para a assistência social, a psicóloga faz um estudo e, reunindo as condições, e havendo vagas, os idosos são abrigados. Mas, às vezes, a pessoa tem problema mental. Nesse caso, a casa não atende. Por isso, é feito antes um estudo”, explicou o presidente.
Ainda de acordo com as informações, geralmente os assistidos são idosos que vivem sozinhos. Muitos são idosos que estão acamados, internados por algum problema de saúde e que não podem mais viver sozinhos. Neste caso, a pedido de alguém, ele é acolhido. Também há casos por ordem judicial, em situações de idosos abandonados. “Tem idoso que não tem ninguém, simplesmente está esquecido. Os órgãos sociais da cidade também procuram a casa para acolhimento desses idosos”, lembrou Orivaldo Ruiz.

Sustento
Para quem não sabe, pela lei do Estatuto do Idoso, é permitido que a entidade fique com 70% da renda do assistido, no caso do idoso que recebe a aposentadoria, ou ainda pensão. Foi o que explicou o presidente Ruiz. “A lei do Estatuto do Idoso permite que a entidade fique com 70% da aposentadoria e os 30% são entregues ao idoso, conforme é pedido. Mas, 70% não cobre os gastos do idoso na casa, principalmente os dependentes. São muitos remédios que precisam, viagens para hospitais, como Marília, entre outros casos”, destacou.
Mas, para manter as portas abertas, a Casa dos Velhos conta com o importante apoio dos sócios efetivos. “Os sócios efetivos pagam o valor fixado pela diretoria. Tem ainda o sócio mantenedouro, que contribui com a importância que bem entender. Ainda, a Casa dos Velhos realiza feirões, promoções e leilões, entre outros”, disse o presidente Ruiz, lembrando que a entidade recebe também um valor pequeno de recursos do município e do governo estadual, e um pouco mais de verba federal. “Porém, só com esses recursos a Casa dos Velhos não existiria”, observou.

Próximo evento
Por isso, toda população pode contribuir com os eventos realizados pela entidade. No próximo dia 12 de junho, por exemplo, acontecerá o Churrascão da Casa dos Velhos, no salão de festas da entidade. O convite já está à venda na cidade, através dos sócios efetivos. O valor é de R$ 30,00, sendo cobrado o mesmo preço do ano passado, sem alteração.

Atividades
Já para o entretenimento dos idosos, a Casa dos Velhos promove várias programações com os assistidos. Todas as quintas-feiras são de atividades diferenciadas para os idosos e, especialmente na última quinta-feira de cada mês, são comemorados os aniversariantes do mês, com confraternização, bolo e doces. Nesses dias, a entidade recebe também conjuntos de dança e teatro, entre outros voluntários que levam diversão e distração para os idosos da Casa dos Velhos. Os idosos também são acompanhados pelas equipes para passeios para fora da instituição, em oportunidades especiais.

Atendimento
A Casa dos Velhos também está aberta para visitas da população. A sede está localizada na Rua José Egídio Ari Fernandes, 2.535, na Vila Indústria, próximo ao trevo principal de Tupã. O telefone para contato é o (14) 3496-3210.



NECROLOGIA

          Alzira Gonçalves 82 anos
Bento Rosalvo 51 anos
Matilde Flores de Araújo 68 anos
Osvaldo Jardim Januário 61 anos
Ricieli Roncada Neto 55 anos


Pascom
Realizado curso de fotografia e texto para mídias digitais

          A Pastoral Diocesana da Comunicação (Pascom) realizou no último dia 30 de abril o 1º Curso de Fotografia e Texto para Mídias Digitais. O encontro, que reuniu 74 agentes comunicacionais, aconteceu no Centro de Convivência “Monsenhor Afonso Hafner”, da Paróquia São Pedro Apóstolo, de Tupã.
De acordo com a equipe organizadora, o objetivo da iniciativa foi fortalecer a ação evangelizadora das paróquias nas redes sociais, já que a missão da Pascom é anunciar os valores do Reino também no espaço digital.
Segundo o coordenador diocesano, Fabiano Roberto Alvares, a equipe diocesana avaliou positivamente o 1º Curso de Fotografia e Texto para as Mídias Digitais, pois os agentes participantes acolheram bem o convite e buscaram a qualificação. “Evangelizar é comunicar e nós somos, em nossas comunidades, comunicadores da Palavra de Jesus, o perfeito comunicador do Pai”, explicou.

A primeira palestra do encontro, ministrada pelo jornalista Rodrigo Viúdes, da Revista D'Marília, abordou as técnicas de produção de texto e as plataformas digitais. A fotógrafa Érica Montilha conduziu o segundo e o terceiro momento da tarde que, respectivamente, abordaram a postura no espaço litúrgico e as práticas fotográficas.
Ambos os assessores do curso são membros da Pascom diocesana. O evento contou ainda com a presença do padre Ademilson Luiz Ferreira, coordenador diocesano de pastoral, que fez a motivação inicial do encontro e do pároco local, que acolheu a iniciativa, o padre Carlos Roberto dos Santos.


Unesp
Definido calendário para o vestibular 2017

          A Universidade Estadual Paulista (Unesp) definiu as datas do seu vestibular 2017, em acordo com as seguintes instituições de ensino superior: USP, Unicamp, Unifesp, ITA, Famerp, PUC-SP, Mackenzie e PUC-Campinas. O objetivo do calendário conjunto é evitar a coincidência de datas e permitir que os vestibulandos possam participar de mais de um processo seletivo.
O período de inscrições para a Unesp será de 12 de setembro a 10 de outubro. Antes deste período, a instituição divulgará as datas para pedidos de isenção e redução da taxa.
O exame da primeira fase acontecerá no dia 13 de novembro, um domingo. Os candidatos habilitados e convocados para a segunda fase farão novas provas nos dias 18 e 19 de dezembro, um domingo e uma segunda. No ano passado, as provas foram aplicadas para 103.694 candidatos em 34 cidades, sendo 31 destas no Estado de São Paulo.
O resultado final da Unesp será divulgado em 3 de fevereiro de 2017. A resolução deverá ser divulgada até julho, com todas as informações sobre cursos e vagas disponíveis para ingresso em 2017. Em 2016, a Unesp ofereceu 7.355 vagas em 176 cursos, disponíveis em 23 cidades.
No Vestibular 2016, o Sistema de Reserva de Vagas para a Escola Básica Pública (SRVEBP) garantiu um mínimo de 35% das vagas de cada curso para alunos que tenham feito todo o ensino médio em escola pública. Isso ampliou a proporção destes alunos nos cursos da Unesp, que neste ano foi de 46,6% das vagas oferecidas.



‘FRAGMENTOS’ DA HISTÓRIA DE TUPÃ

          1. Flagrante do centro do Distrito de Varpa, em 1935, colhido pelo pioneiro Janis Erdbergs. A foto foi publicada por Chico de Assis no Grupo Eu Já Morei em Tupã - Facebook, em 16 de março de 2016.
2. Atividade do planejamento de instrução do Tiro de Guerra 02-051 [atual 02-043] de Tupã. Os atiradores empreendem caminhada até o Rio Santa Terezinha. Na foto de 1960, da esquerda para a direita, Idalto Flores de Carvalho, Orivaldo Rampazzo, Joaquim Ignácio, Sadao Okuma, Laerte Turra e Waldemir Gonçalves Vieira. [Postada por Joaquim Ignácio - Facebook - 23.01.2016]
3. Exponenciais da Educação. Parte da História do Sistema Educacional local, do quadro do Magistério do Instituto Estadual de Educação Índia Vanuíre de Tupã. Da esquerda para a direita, os educadores Osmar Genovês [diretor da escola]; Abigail Avelino Mathias, [?], Iara Bianchi Nakayama, Elza Lourdes Rosanti Sugahara e Nereide Terezinha Celli Teixeira de Mendonça. [Foto postada por Maria Helena Sugahara no Grupo Memória Fotográfica de Tupã - Facebook - 21.09.2015]
3.1. Registro da burocracia estudantil do ano letivo de 1970. Identidade do aluno Adalberto Andrighetti, então matriculado na 4ª Série do Curso Ginasial do Instituto de Educação Estadual India Vanuíre de Tupã.
4. Anos 70. Na quadra do Ginásio de Esportes "Elias Kenaifes", o ótimo time de futebol de salão do Banco Itaú. No registro fotográfico, de pé, Filetti, Odair Ribeiro, Mário Prato. Agachados, Carlão e Edgard.

[Contato com a Coluna? E-mail: dacajur@hotmail.com]

[David de Castro é servidor público municipal - 1973 - 2016]


Jogos Regionais
Gaspar inaugura Comitê Organizador

          O prefeito Manoel Gaspar, acompanhado de vários secretários municipais e esportistas da cidade, inaugurou na última sexta-feira o prédio onde funcionará o Comitê Organizador dos Jogos Regionais de Tupã, localizado na Rua Tapajós, ao lado do Posto de Bombeiros.
Além de funcionar como central de operações da competição, o espaço também abrigará a sede da Secretaria Municipal de Esportes.
O secretário Municipal de Esportes, Ricardo Amado, agradeceu o apoio do prefeito Manoel Gaspar, que realizou as obras de adequação necessárias para que o prédio pudesse abrigar o Comitê dos Jogos Regionais e a Secretaria de Esportes.
Amado também destacou o empenho da prefeitura, que não vem medindo esforços para melhorar todas as praças esportivas, que deverão estar em plenas condições de uso antes das competições. “Gostaria de destacar o apoio do prefeito Manoel Gaspar e de todos os secretários municipais, que estão trabalhando juntos para que a cidade de Tupã possa realizar um grande evento”.
Além de preparar as praças esportivas, a Comissão Organizadora tem trabalhado muito para definir os locais que servirão de alojamento para os atletas. Segundo Amado, serão necessários mais de 50 locais de alojamento, o que torna essencial o apoio e a colaboração das entidades e instituições educacionais de Tupã. “Durante a competição, Tupã receberá de 7,5 mil a 8 mil atletas, por isso vamos precisar de vários locais para alojar todos. Gostaria de pedir a colaboração e a compreensão de todos para que nos ajudem a garantir alojamento a todas as delegações que virão a Tupã”.
O prefeito Manoel Gaspar destacou as instalações do Comitê Organizador e parabenizou a Comissão Organizadora e as demais secretarias pelos preparativos que estão sendo realizados com o objetivo de preparar a cidade para a realização dos Jogos Regionais
Durante a solenidade, Gaspar também pediu apoio do chefe do Comitê Dirigente dos Jogos Regionais, Reinaldo da Silva Lima, para que interceda junto ao governo do Estado a fim de agilizar os convênios para liberação dos recursos necessários para realizar a competição. “Decidimos sediar os Jogos Regionais mediante o compromisso do governo do Estado em repassar recursos da ordem de R$ 400 mil. Sabemos dos trâmites necessários e da burocracia, mas temos que agilizar a assinatura dos convênios já que, como estamos em ano eleitoral, a partir de junho não poderemos mais assinar novos convênios”, alertou Gaspar.
O prefeito também pediu ao chefe do Comitê Dirigente que interceda junto aos bombeiros para garantir maior agilidade na liberação de uso das praças esportivas e alojamentos.
Ele revelou também que, apesar de todas as dificuldades financeiras, a prefeitura, através da dedicação dos servidores municipais, tem se empenhado muito para que Tupã possa se orgulhar novamente em realizar um evento de alto nível. “Estamos fazendo a nossa parte. Gostaria de agradecer o Comitê Dirigente, a Comissão Organizadora e os funcionários da prefeitura pelo grandioso trabalho que estão realizando. Preparar a cidade para sediar um evento deste porte é um trabalho gigantesco e que se torna mais difícil devido à situação adversa, devido à crise econômica que vivemos. Mas continuamos trabalhando incansavelmente, fazendo das ‘tripas coração’ para que tudo dê certo e para que cada vez mais a população possa entender sua importância e participe ativamente desse evento”, finalizou.
Já Reinaldo da Silva Lima, chefe do Comitê Dirigente, elogiou as instalações do Comitê Organizador e parabenizou a prefeitura pelo trabalho que tem realizado para sediar os Jogos Regionais.
Ele também se comprometeu a encaminhar os pedidos do prefeito Manoel Gaspar e destacou a importância da população compreender os benefícios que a competição trará para o esporte local e para a cidade como um todo. “Um dos principais aspectos positivos é a movimentação econômica que os Jogos Regionais proporcionam, aumentando as vendas em vários setores, como supermercados, padarias, açougues, farmácias, postos de combustíveis, hotéis, restaurantes e lanchonetes, entre outros”.

Considerado o evento esportivo mais importante da região, os Jogos Regionais serão realizados de 6 a 16 de julho e mobilizarão cerca de 70 municípios da região. A abertura oficial do evento está marcada para o dia 8 de julho, no Estádio Municipal “Alonso Carvalho Braga”.
Nestes jogos serão disputadas 22 modalidades esportivas, como atletismo, atletismo ACD, basquetebol, biribol, bocha, capoeira, ciclismo, damas, futebol, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô e karatê. Além dessas modalidades serão disputadas também malha, natação, natação ACD, taekwondo, tênis, tênis de mesa, vôlei de praia, voleibol, e xadrez. Haverá ainda mais duas modalidades que serão definidas pelo Comitê Organização.



Comerciários fizeram uma linda festa no Dia do Trabalho

          Na noite de 1º de maio, domingo, o Sincomerciários de Tupã manteve a tradição e realizou grandiosa festa em comemoração ao Dia do Trabalho, no Clube dos Comerciários, com shows, sorteios de valiosos prêmios, manifestações e reflexões de interesse da categoria.
O coordenador do 1º de maio dos comerciários e presidente do Sincomerciários de Tupã e Região, vereador Amauri Mortágua, ressaltou que “o mais importante é o retorno dos comerciários, com massiva participação. Mais uma vez a categoria comerciária participou ativamente deste evento, que é justamente uma homenagem aos trabalhadores do comércio da região de Tupã, demonstrando a unidade de seus integrantes”.
A participação efetiva dos comerciários se deve ao fato de que atual diretoria se voltou para o “sindicalismo de chão de loja”, com presença marcante dos dirigentes e agentes sindicais nas empresas de todas as cidades que compõem a base territorial sindical.
O evento contou com manifestações sobre a atual situação que o País atravessa e as possíveis quebras de direitos dos trabalhadores. O presidente Amauri destacou que “é preciso resistir e continuar nossa luta, que sempre será permanente!”.

SORTEIOS

Vários prêmios foram sorteados, entre eletrodomésticos, eletroeletrônicos, televisão de última geração e bicicletas. Mas o momento mais aguardado foi o sorteio da Honda Biz 0km.
Adriano Martins, 21 anos, da cidade de Tupã, funcionário do Supermercado Max, foi o ganhador da moto, principal prêmio ofertado no dia 1º de maio dos comerciários. A moto foi uma doação da Fecomerciários, maior federação de trabalhadores da América Latina, presidida pelo sindicalista tupãense Luiz Carlos Motta.
Motta foi representado pelo presidente do Sincomerciários de Presidente Prudente e Região, Valdecir Alves (“Paraná”), e por meio dele enviou manifestação de entusiasmo pela grande concentração da categoria na região e parabenizou os comerciários e o vereador Amauri Mortágua pela comemoração.
A animação ficou por conta dos artistas locais Thaís Fonseca (campeã do Mulheres que Brilham, no SBT) e do DJ Bolinha.

O vice-presidente Celso Bozza agradeceu a presença dos comerciários e destacou que a festa foi sensacional. “Mais uma vez comemoramos o 1º de maio com sucesso”.


OAB
Amanhã, a campanha de vacinação para advogados

          A OAB de Tupã informa que a campanha de vacinação contra a gripe para profissionais da categoria acontecerá amanhã, quarta-feira, dia 4, das 9 às 17 horas, na Casa do Advogado em Tupã.
Segundo as informações da OAB, a campanha destina-se aos advogados (as), estagiários (as) que estão em dia com a tesouraria da OAB/SP e seus respectivos dependentes.
O valor da vacina será de R$ 50,00 para advogados (as), estagiários (as), esposas, filhos até 18 anos incompletos ou 24 anos incompletos se estudante universitário e devidamente cadastrado na CAASP.
A vacina será gratuita somente para advogados maiores de 60 anos de idade. O guia-vacina deverá ser retirado no dia da vacinação.
Para maiores informações, é preciso entrar em contato pelo telefone (14) 3441-1380.


Obras
Rua ainda não tem asfalto

          A Rua Yamato, localizada no Jardim Cerejeiras, na região Oeste, é uma das últimas na cidade pavimentada com paralelepípedos, pedras que foram muito usadas no passado, por sua resistência inclusive às enxurradas.

Passadas muitas décadas, as pedras continuam no local. Por isso, os moradores estão pedindo que o pavimento seja trocado por asfalto.

Por meio de uma emenda parlamentar, o vereador Valter Moreno Panhossi obteve com o deputado federal Eli Correa Filho recursos de R$ 250 mil para investir na pavimentação asfáltica da Rua Yamato.

Segundo o secretário Municipal de Planejamento, Henry Cuba Fujita, a prefeitura já abriu uma licitação para realizar a obra, mas as empresas alegaram desatualização nos preços disponíveis. “Nós atualizamos o orçamento e enviamos para análise da Caixa Econômica Federal, que aprovou o projeto. Agora, nós estamos finalizando a documentação para abrir uma nova licitação”, disse.

Fujita destacou que serão aplicados com recursos do Ministério das Cidades cerca de R$ 68,5 mil na Rua Yamato, com a retirada do paralelepípedo e preparação da base para receber a pavimentação BUQ em quatro centímetros. “Em cerca de 15 dias, será publicado o edital para realizarmos uma nova licitação”, estimou.

Adolfo Dantas

O secretário disse que o prolongamento da Rua Adolfo Dantas será incluído no mesmo processo licitatório e convênio das obras que ocorrerão na Rua Yamato.

Fujita informou que as obras estão orçadas em R$ 303.320,54, sendo que, deste total, R$ 245.850,00 foram obtidos por meio de repasses e R$ 57.470,54 de contrapartida da Prefeitura de Tupã. “Nessa obra, será realizada a abertura da rua para a preparação do solo, recebimento de pavimentação em BUQ de quatro centímetros e construção de guias e sarjetas”, informou.


sobe.gif (937 bytes)


| Home | Economia | Geral | Sociedade | Policial | Esportes | Política | Variedades |Expediente |E-mail

Hosted by UNISITE - Todos os direitos Reservados