jdiario@diariotupa.com.br

Fórum
Tribunal do Júri terá sessão no próximo dia 28

          Uma nova sessão do Tribunal do Júri está programada para o próximo dia 28, terça-feira que vem, com início às 8h30 min, a ser realizada no Fórum da Comarca de Tupã, quando deverão ser julgados os réus Roberto Carlos Bispo Gonçalves, Jeferson Alerrandro Martins e Paulinho Ribeiro, acusados de tentativa de homicídio, crime ocorrido na cidade de Queiroz, em junho do ano passado. Na verdade, além de tentar matar, houve agressões e ameaças, entre outros crimes.

O caso aconteceu há pouco mais de um ano, na Rua Eduardo Gomes, 21, centro de Queiroz. Após um ano e quatro meses desde a prática do crime, os três estarão sentados no banco dos réus e serão levados a júri popular, que vai definir se eles são culpados ou inocentes.
O caso aconteceu no dia 4 de junho de 2013, por volta de 15h15 min, na Rua Eduardo Gomes, 21, centro de Queiroz.
Para que se entenda melhor o caso, tudo começou quando a vítima, de iniciais M. R. de S., conhecido por “Cascão”, que é usuário de drogas, três meses antes da data dos fatos, adquiriu para si drogas (cocaína) do denunciado Roberto, vulgo “Betinho Manco”, e de seu filho, o adolescente R. W. de S. G., de 16 anos de idade na época do acontecimento, porém, deixou um débito de R$ 200,00, ou seja, a droga adquirida não foi paga.

Por causa da dívida, Roberto, o adolescente, Jeferson e Paulinho resolveram dar um fim à vida de M., o “Cascão”. Para isso, elaboraram um plano, que era pegar a vítima de sua residência, levá-la até uma “poça d’água”, localizada na Rodovia Miguel Gantus, quilômetro 23 (estrada Tupã/Queiroz), para mediante tortura (afogamento), dar fim à vida da vítima, o devedor.

Os acusados foram, portanto, até a residência de M., localizada na Rua Eduardo Gomes, em Queiroz, com um veículo Voyage. Já na casa, enquanto Paulinho permanecia no interior do veículo dando cobertura, Roberto, Jeferson e o adolescente se prepararam para invadir a casa. Então, Roberto e Robson armados com um revólver e uma faca, invadiram a casa e, aos gritos, chamaram pelo nome da vítima. Naquele momento, estavam na casa a irmã e a esposa da vítima, além de outras 3 pessoas, sendo uma delas de 83 anos de idade, todos familiares de M..

Roberto encontrou a vítima nos fundos da casa e passou a agredi-la. Roberto fez ameaças de morte tanto à M. quanto aos seus familiares, dizendo que se acionassem a polícia os matariam. A esposa de M. tentou impedir a retirada de M., ocasião em que Roberto segurou-a pelo pescoço e apertou fortemente, provocando lesões.

Afogamento
Após o episódio, os acusados conseguiram levar M. até o local previamente escolhido e deram início ao afogamento. Além da sessão de afogamento, a vítima sofreu agressões físicas de Roberto, como chutes, socos e pontapés. Após algum tempo, os denunciados gritaram “vamos matar logo”, momento em que a vítima, num ato de desespero, conseguiu empreender fuga do local e alcançar a rodovia SP-383 (Miguel Gantus).

Ao notar a aproximação da viatura da Polícia Militar, que já havia sido acionada pela irmã da vítima, M. pediu socorro e relatou o ocorrido aos policiais. Logo depois, os policiais encontraram Roberto, vulgo “Betinho”, e seu filho, o adolescente. Jeferson e Paulinho evadiram-se do local. Durante a fase investigativa, Jeferson e Paulinho, bem como os demais envolvidos na prática delitiva, foram devidamente reconhecidos pela vítima e testemunhas.


Bastos
Túmulos são violados no Cemitério Municipal

          Pelo menos dois túmulos foram violados no último final de semana no Cemitério Municipal de Bastos. Em um dos jazigos violados, estão sepultados os corpos do ex-vereador Gianfranco Nuti Molina e de seu pai, Miguel Molina Castilho.
Segundo ficou apurado, o primeiro caso de túmulo violado, onde está sepultado o corpo de uma mulher, teria ocorrido entre a noite de sábado e a madrugada de domingo. Em circunstâncias a serem apuradas, o criminoso quebrou a tampa de concreto da sepultura, deixando o caixão exposto.
Na segunda ação de vandalismo, o alvo foi o jazigo onde estão sepultados os corpos do ex-vereador bastense Gianfranco Nuti Molina e de seu pai Miguel Molina Castilho. Do túmulo, que é de mármore, os vândalos levaram um crucifixo e as duas argolas que estavam afixadas na tampa do jazigo. Este caso também teria ocorrido entre a noite de sábado e manhã de domingo.
O saudoso vereador Gianfranco Nuti Molina morreu no dia 5 de junho deste ano, após ficar 18 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de Tupã. Ele havia sofrido um grave acidente na Avenida Gaspar Ricardo, em 17 de maio último.



Forte calor continua com máximas elevadas

          Até “dança da chuva” algumas pessoas já fizeram. Vale tudo para atrair as águas, principalmente no atual momento. Novas chuvas tranquilizariam milhares de pessoas, principalmente na capital paulista onde a falta de água é uma triste realidade.

Enquanto isso, em Tupã tem sido difícil suportar o forte calor. Nas redes so-ciais dos tupãenses, o clima quente já virou “memes”, as chamadas piadinhas nos meios virtuais, como Facebook.
São vários os comentários sobre o calor, altas temperaturas e falta de chuva, entre outros temas relacionados ao clima. O fato é que o ar-condicionado nunca foi tão desejado. Para fugir do calor, além da água gelada, pessoas buscam por outros refúgios para se refrescarem, como ingerir sucos gelados e sorvetes. Também agora é a época em que mais as pessoas procuram por piscinas, seja em casa de amigos e familiares ou nos clubes da cidade.

Previsão

E a meteorologia continua prevendo forte calor para os próximos dias. Com o chuvisqueiro de domingo, ontem a temperatura esteve agradável. Hoje podem ocorrer novas pancadas de chuva. A máxima para hoje é de 26 graus e mínima de 19 graus.
Já para quarta e quinta-feira, não há previsão de chuva, apenas sol, com máximas que variarão de 30 a 34 graus.
Apesar das altas temperaturas previstas para sexta-feira, haverá possibilidade de chuvas também para este dia, quando a máxima marcará 35 graus e mínima, 25 graus.

Final de semana

O próximo sábado será de chuva, assim como também há previsão de chuva para domingo. As máximas variarão entre 31 e 32 graus, e mínimas de 22 e 24 graus.


Loterias
Prêmio da Mega amanhã vai a R$ 50 milhões

          Mais uma vez, ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena. Com isso, o concurso 1.645 ficou acumulado em R$ 40.204.537,38, com previsão de pagar, no sorteio de amanhã, do concurso 1.646, pelo menos R$ 50 milhões.

O valor acumulado para o próximo concurso de final zero (1.650) é de R$ 4.631.730,53. Já o valor acumulado para o sorteio da Mega da Virada é de R$ 62.871.614,25
As dezenas sorteadas foram: 08, 18, 21, 31, 37 e 38. A quina pagou R$ 29.198,03 para 137 apostas, enquanto a quadra premiou 8.400 apostas com R$ 680,29.
A arrecadação total foi de R$ 68.325.217,50.

Timemania

O concurso 641 da Timemania mais uma vez não teve ganhadores na faixa principal, que ficou acumulada em R$ 819.485,52, com estimativa de pagar R$ 1 milhão no sorteio da noite de hoje.
As dezenas sorteadas foram: 08, 15, 21, 33, 38, 51 e 80. As demais faixas de prêmios foram: 6 acertos, 4 ganhadores, com R$ 21.220,69; 5 acertos, 202, com R$ 600,30; 4 acertos, 3.169, com R$ 6,00; e 3 acertos, 28.033, com R$ 2,00. O time do coração foi o União Barbarense/SP, que pagou R$ 5,00 para 3.401 apostas.
A arrecadação total foi de R$ 1.518.240,00.

Lotomania

O concurso 1.496 da Lotomania não teve ganhadores nas faixas de zero e nem de 20 acertos. Mais uma vez, o prêmio acumulou, atingindo agora R$ 6.176.438,52, com estimativa de pagar, no sorteio da noite de amanhã, R$ 7 milhões.

O valor acumulado para o sorteio especial de Páscoa é de R$ 14.166.735,85.
As dezenas sorteadas foram: 03, 05, 11, 12, 16, 17, 22, 24, 31, 32, 37, 57, 60, 61, 77, 81, 84, 85, 86 e 95. As demais faixas de prêmios foram: 19 acertos, 9 ganhadores, com R$ 39.208,78; 18 acertos, 148, com R$ 2.384,32; 17 acertos, 1.476, com R$ 149,42; e 16 acertos, 9.159, com R$ 24,08.
A arrecadação total foi de R$ 7.157.580,00.

Dupla Sena

O concurso 1.325 da Dupla Sena apresentou ganhadores no primeiro e no segundo sorteios, tendo as apostas sido feitas em São Paulo. No primeiro sorteio, o ganhador recebeu R$ 3.408.478,72. Já o ganhador do segundo sorteio embolsou R$ 208.521,58. Por isso, a previsão de prêmio para o sorteio da noite de hoje, na faixa principal, é de R$ 200 mil.

As dezenas do primeiro sorteio foram: 04, 06, 09, 25, 39 e 45. Já o segundo sorteio apresentou as dezenas: 05, 10, 12, 16, 42 e 48.
A arrecadação total foi de R$ 3.383.619,00.

Loteria Federal

A extração 4.911 da Loteria Federal teve o bilhete ganhador do primeiro prêmio distribuído em Niteroi/RJ.

Confira abaixo os resultados:
1º prêmio - 21.244 - R$ 500.000,00
2º prêmio - 76.980 - R$ 35.200,00
3º prêmio - 34.311 - R$ 34.000,00
4º prêmio - 98.233 - R$ 33.080,00
5º prêmio - 65.062 - R$ 32.000,00.


Saúde
Tupã já registra 342 casos de leishmaniose em animais neste ano

          Tupã já registrou 342 casos de leishmaniose em cães neste ano. Todos os animais foram sacrificados, depois de contraírem a doença, que cada vez mais preocupa as autoridades de saúde.
Vale lembrar que, desde o ano passado, segundo os registros, diversas pessoas também tiveram a doença na cidade. Por isso, a preocupação da Secretaria de Saúde em manter as ações de prevenção e orientação quanto à doença.
Durante o ano, são vá-rios os projetos desenvolvidos na cidade, entre eles o de vigilância dos sintomas da leishmaniose. A vigilância é para que a doença seja detectada o mais precocemente possível. Porque quanto mais cedose detectar, mais chance de cura, no caso dos humanos.
Apesar do número de casos positivos, segundo o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), houve uma diminuição no alastramento do vírus. Para que se tenha ideia, neste ano, de janeiro a setembro, foram 342 casos positivos em cães, que foram eutanasiados. Já no ano passado, apenas no primeiro semestre, foram registrados 436 casos.
Para controlar a situação, o CCZ continua atendendo somente ocorrências relacionadas a cães suspeitos de leishmaniose.

Outras
informações
Móveis velhos, entulho e lixo no quintal formam ambientes onde o mosquito palha, causador da leishmaniose, costuma se esconder. Quando ele pica um cão, a doença transmitida é fatal. E se o mesmo mosquito picar uma pessoa, ela também será contaminada.
Para a medicina veterinária, a leishmaniose ainda é um mistério. Não existe um tratamento eficaz para os animais no Brasil, só para o ser humano. Por isso, o único alerta é prevenir retirando toda a sujeira que possa atrair o mosquito transmissor.
Vale orientar que o mosquito palha gosta de local úmido, com bastante árvore, frutas que caem no chão e deixa a terra úmida e é ali que ele gosta de se desenvolver. Se estiver limpo, não vai ter mosquito.

Sintomas
Os sintomas da leishmaniose são similares entre os cães e seres humanos. A doença provoca febre, aumento do fígado e baço, perda de apetite e peso, além de fraqueza.

Prevenção
nos animais
Sobre o controle da doença nos cães, atualmente no mercado pet existe apenas a coleira repelente do mosquito da leishmaniose, mas é preciso pesquisar preços. Tem também a vacina, que só é eficaz se aplicada no cão sadio, e também há um custo para isso a cada dose. São necessárias três por ano para manter o animal imunizado.
Outro método, mais barato, porém pouco eficaz, é plantar citronela no quintal. A planta é um repelente natural, mas não impede a picada do mosquito. Melhor seria se as prefeituras também criassem políticas públicas para ajudar a quem não tem condições de pagar essas despesas para manter os animais de estimação protegidos.



DNJ da Diocese de Marília reúne centenas de jovens

          Cerca de 700 jovens de toda Diocese de Marília saíram às ruas da cidade de Pompéia para celebrar o DNJ 2014. O evento foi uma manifestação de fé da juventude católica, comentou o padre responsável, Marcos Roberto Cesário da Silva.
Jovens de toda a Diocese de Marília participaram no último domingo, dia 19, do Dia Nacional da Juventude (DNJ), que aconteceu na cidade de Pompéia. Os cerca de 700 jovens foram recebidos com um café da manhã e com um momento de animação na Escola Estadual 17 de Setembro.
O DNJ foi organizado pelo Setor Juventude Diocesano em comunhão com a Comissão Nacional do Setor. O tema proposto foi “Feitos para serem livres, não escravos” e a iluminação bíblica “Eis o que diz o Senhor: Praticai o direito e a justiça, e livrai o oprimido das mãos do opressor” (Jr 22, 3a).

Após a motivação inicial, guiados por um trio elétrico, a juventude foi conduzida em caminhada onde o tema foi refletido. Ao chegar à Arena de Eventos, houve a celebração da Santa Missa presidida pelo padre Márcio Rios, pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário de Pompéia e cocelebrada pelos padres José Ferreira, pároco da Paróquia de São José, de Panorama, e Marcos Roberto Cesário da Silva, pároco da Paróquia São José Operário, de Tupã, e assessor do Setor Juventude da Diocese.

Segundo o padre Marcos, muitas realidades tiram a liberdade da juventude e, por isso, o DNJ é uma oportunidade para os jovens refletirem o tema dando continuidade à Campanha da Fraternidade de 2014, pois “somos convidados a entregar a Deus o que temos de melhor: o dom e a alegria de nossa juventude”.
No período da tarde, os jovens refletiram os Mistérios do Terço e, em clima de confraternização e alegria, acompanharam a apresentação dos DJs Tau e Laska - Duo do Sacramix, um projeto de música eletrônica espiritual.
O evento ainda contou com a participação de diversos seminaristas, religiosos e religiosas. Motivado pelos seminaristas diocesanos, houve um espaço vocacional com distribuição de material, testemunhos e músicas. “O DNJ é uma linda manifestação de fé da nossa juventude católica”, concluiu o padre assessor.


FORMAÇÃO
Secretaria de Desenvolvimento recebe inscrições para curso gratuito de fotografia digital

          Estão abertas até a próxima sexta-feira, dia 24, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, as inscrições para o curso de fotografia digital especializado em formatura, que será realizado a partir do dia 28, segunda-feira que vem. São oferecidas 50 vagas, através de uma parceria entre a Prefeitura de Tupã e a empresa Multicolor Formaturas e Eventos.
Sobre as inscrições, o secretário de Desenvolvimento, Clóvis Saito, informou que foram iniciadas no último dia 17 e prosseguem até esta sexta-feira. Os interessados devem ir até a sede da secretaria, que fica na Avenida Tapuias, 907, levando documentos pessoais, RG, CPF e comprovante de residência. Os interessados devem ser maiores de 16 anos, ter disponibilidade para viagens e apresentar facilidade de comunicação.
O objetivo principal do curso é capacitar profissionais para atuar em empresas de fotografia, podendo viajar para outras cidades e até para outros estados. O curso terá início no dia 28 de outubro e terminará no dia 21 de novembro. As aulas acontecerão de segunda a sexta-feira, no período da tarde, das 13h30 min até as 16h30 min. O conteúdo programático envolve aulas de teoria e prática de fotografia e será ministrado totalmente grátis para todos os interessados, respeitando-se o limite de 50 vagas oferecidas.
Os interessados devem procurar a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, localizada na Avenida Tapuias, 907, no horário das 7h30 min às 11h30 min e das 13 às 17 horas, já levando os documentos solicitados.
Informações também podem ser obtidas através do telefone (14) 3441-5566. Este curso é uma realização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Multicolor Formaturas e Eventos.


Vestibulinho 2015
Etec vai ampliar sua estrutura para receber mais alunos

          Com cerca de 1.200 alunos, e duas classes descentralizadas que funcionam na E.E “Índia Vanuire” e outra na cidade de Quintana, a Etec “Prof° Massuyuki Kawano”, unidade do Centro Paula Souza em Tupã, está oferecendo 320 vagas aos novos alunos interessados em ingressar em cursos técnicos ou no ensino médio.
Para preencher as vagas, os alunos deverão se inscrever por meio do site: www.vestibulinhoetec.com.br, até às 15 horas do dia 7 de novembro de 2014.
As respectivas provas ocorrerão no dia 7 de dezembro de 2014, às 13 horas.

Vagas

Das 320 vagas disponíveis aos alunos de Tupã e região, 160 são direcionadas a quatro cursos técnicos, com 40 vagas cada, sendo o de administração, recursos humanos, técnico em desing de interiores e em redes de computadores, todos no período noturno e com duração de um ano e meio.
Para ingressar nos cursos técnicos, o candidato pode ter concluído o ensino médio ou estar cursando o mesmo. É necessário que o aluno esteja matriculado pelo menos no 2º ano do ensino médio no ato da matrícula, que será efetuada em janeiro de 2015. Não há limite de idade para se matricular nos cursos.

Ensino médio
Para aqueles que irão concluir neste ano o ensino fundamental, a Etec oferece 120 vagas para o ensino regular, no período da manhã, bem como 40 vagas para os que pretendam cursar o ensino médio integrado ao técnico em informática. Esta modalidade oferece formação simultânea no ensino médio e técnico, em período integral, onde o aluno conclui o ensino médio juntamente com a formação de técnico em informática com ênfase em programação de computadores.

Inscrição

No ato da inscrição, o candidato deve escolher a cidade de Tupã, - Etec “Professor Massuyuki Kawano” - e o curso escolhido (1º módulo para cursos técnicos ou ensino médio) e, assim, preencher o cadastro que se encontra no site. Para isso, o interessado deverá ter em mãos o seu documento de identidade (RG) e CPF.
Ao final do cadastro, o candidato deverá imprimir o boleto bancário, no valor de R$ 30,00, sendo considerado inscrito com a realização do pagamento do boleto.

Prova

Para realizar a prova é necessária a apresentação de documento oficial com foto.
Orienta-se ao candidato que chegue ao local de prova com antecedência de pelo menos 30 minutos, ou seja, às 12h30 min, do dia 7 de dezembro.
A Etec também oferece duas modalidades de acesso diretamente para o 2º módulo dos cursos técnico em administração ou técnico em informática. Para ingressar diretamente no 2º módulo, o candidato deve trabalhar na área do curso escolhido e possuir noções do conteúdo do 1º módulo. Para isso, no momento da inscrição, deverá optar por vagas remanescentes, 2º módulo, e deverá fazer prova diferenciada com assunto específico do curso.
Outras informações poderão ser obtidas pelos telefones: (14) 3496-1520, ou 3491-5393 ou junto à secretaria da unidade, situada na Rua Bezerra de Menezes, 215, Vila Independência.

Ampliação

O prédio que abriga a Etec “Professor Massuyuki Kawano” passará por uma obra de reforma e ampliação, com a destinação de novos cursos que irão atender os alunos de Tupã e região. O prédio da antiga Escola Estadual “Raul de Mello Senra”, anexo ao prédio da Etec, será integrado para atender a esta demanda. Os investimentos para viabilizar o projeto foram enviados pelo governo estadual, no montante de R$ 700 mil. Estima-se que 4 novos cursos serão instalados, mas não se sabe ainda quais.
Segundo o diretor da Etec, Mauro Guerra Eduardo, o projeto de reforma se encontra na administração central do “Paula Souza”, sendo que o início das adequações depende ainda do orçamento que será realizado pelo governo do Estado e a contrapartida da prefeitura. “Certamente, teremos espaços para instalação de novos cursos, já estando aprovada a instalação do curso em processos fotográficos, que aguarda a reforma do prédio. Com este novo espaço, sem a necessidade de construção de laboratórios, a Etec poderá ampliar a oferta de cursos técnicos”, disse.
O diretor relatou que o espaço da escola “Raul de Mello Senra” atende inicialmente a cerca de 200 alunos. “As construções existentes serão adequadas para novos laboratórios e salas de aulas, possuindo espaços para ampliação deste número em pouco tempo”, disse Eduardo, afirmando que a Etec possuirá um curso voltado para fotografia. “Assim que reformado (o espaço), o Centro ‘Paula Souza’ enviará os equipamentos necessários e a direção da Etec ultimará os passos para a instalação do curso voltado para o setor da fotografia”, frisou.
O prédio a ser reformado possui 1.376 metros quadrados de área construída. O projeto contará com a ampliação de 2 salas de aula, reforma e cobertura da quadra esportiva, estacionamento e interligação entre a Etec e o prédio da antiga Escola “Raul de Mello”.



Etec participa de ações sociais em prol da cidadania

          Todo semestre, a Etec “Massuyuki Kawano” realiza sua tradicional gincana escolar, que possui provas esportivas, culturais e beneficentes, envolvendo toda a comunidade escolar. Todos os alunos são divididos em equipes e competem entre si para que os primeiros colocados recebam uma premiação em dinheiro.
A 1ª fase foi realizada nos dias 14 e 16 de outubro com jogos esportivos no período da manhã e noite; no dia 17, houve provas culturais, com questões de conhecimentos gerais, provas de teatro, música e dança, entre outras.
A 2ª fase ocorrerá até o dia 27 deste mês, por meio de provas beneficentes, de arrecadação de alimentos e doação de sangue.
“A meta de arrecadação de alimentos este semestre é de 5 toneladas, sendo que, caso as equipes alcancem este objetivo, o diretor e professores terão que pagar uma aposta que foi realizada com os alunos. Os alimentos serão doados para entidades carentes, que serão escolhidas pelos próprios alunos”, explicou o diretor. “Já a doação de sangue não possui meta, mas está movimentando todos os alunos no intuito de auxiliar o Banco de Sangue da Santa Casa de Tupã. Ao doar, a pessoa deve informar que faz parte da gincana do Centro ‘Paula Souza’ e preencher um cupom com o nome de uma equipe que pretende ajudar. A relação das equipes está no banco de sangue”, reiterou o diretor.

Fechamento

O diretor destacou que o fechamento da quantidade de alimentos arrecadados e de doadores de sangue constatados acontece no dia 28 de outubro. “A unidade já recebeu uma grande quantidade de alimentos, que certamente será de grande valia para as entidades escolhidas”, observou.
Segundo o diretor, a realização da gincana escolar visa trabalhar com os alunos noções de ética e respeito ao adversário, buscando a interação entre os alunos, a integração entre os diferentes cursos e a cidadania, representada na vontade de ajudar o próximo. “A proclamação das equipes vencedoras ocorrerá possivelmente no dia 4 de novembro, na presença dos representantes das entidades escolhidas e de todos os alunos, em uma grande festa de amor ao próximo”, concluiu.



NECROLOGIA

          Ilda da Conceição Miranda 90 anos
José Ferrari 88 anos
Sumako Uemura 89 anos
Tereza de Souza Porto da Silva 70 anos


Saúde
Prefeitura de Tupã iniciou Semana da Saúde Bucal

          Teve início ontem, segunda-feira, dia 20, a Semana da Saúde Bucal em Tupã, através de uma iniciativa da Prefeitura de Tupã, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, através da Divisão Odontológica. A campanha será encerrada no próximo sábado, dia 25.
Segundo a coordenadora odontológica do município, Maria Isabel Chaves Guimarães Forte, a iniciativa teve como principal objetivo conscientizar a população sobre a importância da higiene bucal, além de homenagear a categoria, que comemorará o Dia do Dentista sábado, dia 25.
Durante a semana, as equipes de saúde bucal, dentistas e auxiliares de consultório das Unidades de Saúde da Família (USFs), realizarão várias atividades educativas junto às crianças das escolas da cidade. São cerca de 6 mil alunos.
Serão desenvolvidas ainda atividades educativas, que mobilizarão dezenas de profissionais da saúde, entre cirurgiões dentistas e auxiliares. Durante a semana, também, serão entregues kits de saúde bucal para os alunos.

De acordo com as informações, serão feitas palestras, teatros, entre outras programações. Os próprios dentistas estarão visitando as unidades de educação da cidade, para orientação.

Saúde bucal
A Semana da Saúde Bucal, realizada anualmente pela Secretaria Municipal de Saúde, é uma das ações que são desenvolvidas pela Prefeitura de Tupã dentro do objetivo de melhorar a qualidade da saúde bucal da população tupãense.
Os trabalhos, que beneficiam desde os recém nascidos até os idosos, priorizam não só a assistência curativa, mas também as ações de prevenção e fazem com que Tupã tenha hoje uma estrutura odontológica pública de destaque.
A Secretaria de Saúde conta atualmente com dezenas de dentistas atuando na rede, como escolas esta-duais e municipais, Unidades de Saúde da Família (incluindo os distritos), Unidade de DST, além de entidades, atendendo um público de milhares de pessoas.
A cidade também conta com o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), que oferece serviço especializado, além do Centro Odontológico Municipal (COM).
O objetivo da semana, além de educar a população para a saúde bucal, é também uma forma de incentivar a visita regular ao dentista.


QUALIFICAÇÃO
Polo da Beleza formou quarta turma em mais quatro cursos

          Na noite da última sexta-feira, foi realizada a cerimônia de formatura e entrega de certificados para mais 40 participantes dos cursos oferecidos pelo Polo Re-gional da Beleza de Tupã. A cerimônia de formatura contou com a presença de familiares dos formandos e foi realizada na sede do Fundo Social de Solidariedade de Tupã. Além do prefeito Manoel Gaspar e da presidente do Fundo Municipal, Isaura Gaspar, esteve em Tupã a assessora técnica de gabinete do Governo do Estado, Zeila Georgina Nogueira, que representou a presidente do Fundo Estadual, Lú Alckmin.
Os participantes dos cursos de assistente de cabeleireiro, depilação e designer de sobrancelhas, maquiagem e manicure e pedicure, participaram de treinamento, aprendizado e aperfeiçoamento por 80 horas, durante três meses de curso, estando qualificados a buscarem uma nova oportunidade de emprego e inserção no mercado de trabalho.
A professora Elisângela Zanon ministrou o curso de assistente de cabeleireiro e falou aos presentes em nome dos professores, monitores e funcionários do Polo, ressaltando a formação dessas pessoas para atuar no mercado de trabalho. “Muitos entram no curso sem conhecimento, mas com muita vontade. Em pouco tempo, pelo esforço e talento que demonstram, já conseguem trabalhar nos salões da cidade ou em casa, atendendo parentes, amigos e vizinhos”.
A presidente do Fundo Social e secretária de Assistência Social, Isaura Gaspar, disse que estava muito feliz e contente pela formatura de mais 40 novos profissionais e falou também sobre um novo período de inscrições, que deverá ser definido nas próximas semanas.

Zeila Georgina Nogueira leu uma mensagem em nome da presidente do Fundo Estadual, Lú Alckmim, e disse às participantes que Tupã é um dos orgulhos do Estado. “A nossa presidente ficou muito feliz e pediu que eu viesse pessoalmente em Tupã trazer esta mensagem, dizendo que o Governo do Estado apoia as iniciativas da cidade e vamos estar sempre participando de conquistas como a que participamos na noite de hoje”, disse.
O prefeito Manoel Gaspar lembrou que o pedido de implantação de um espaço da beleza para a formação de novos profissionais foi feito ainda durante sua campanha e que se sente muito feliz e contente em ter atendido esta reivindicação.
O prefeito fez questão de entregar os certificados para todos os formandos e deixar uma mensagem às famílias presentes, inclusive moradores dos distritos que também participaram do curso. “Parabéns por esta qualificação, pois enquanto muitos apenas reclamam, vocês buscaram um diferencial, uma formação e hoje são pessoas bem mais preparadas para enfrentar o mercado de trabalho”, enfatizou Gaspar.



‘FRAGMENTOS’ DA HISTÓRIA DE TUPÃ

          1. “Esse é um postal que adquiri quando estive na bela cidade de Tupã/SP. Uma lembrança da Igreja Matriz em construção”, escreveu no Facebook, Klaus Jürgen E.K.Mahrenholz. Lembrou ele que o cartão integrava uma edição organizada pela loja “A Triunfal”, de Anísio Gouveia.

2. “Fica o Prefeito Municipal autorizado a auxiliar, no presente exercício, em 50% (cinquenta por cento), nos passes de ônibus a alunos que residem na zona rural, e que estudam nos estabelecimentos de ensino da sede do Município e nas sedes dos Distritos de Iacri, Varpa, Arco-Iris e Parnaso”. A previsão é da Lei nº 448 de 18 de março de 1957, assinada pelo Prefeito Municipal, em exercício, Jammil Assuf Dualibi, que, para as despesas assumidas pela Municipalidade, previa a “abertura de crédito no valor de Cr$ 50.000,00 (cincoenta mil cruzeiros)”.
3. “Fica criado o Programa de Educação Especifica Contra os Males do Fumo, do Álcool e das Drogas, em todas as escolas da rede municipal de ensino do Município de Tupã”, prevê a Lei nº 4.065, de 21 de maio de 2003, assinada por Florentino Fernandes Garcia, Vice-Prefeito no exercício do cargo de Prefeito Municipal. Os alunos assistirão a duas parcelas por ano letivo, sendo uma em cada semestre, responsabilizando-se pela realização do programa, as Secretarias Municipais de Saúde e de Educação.Na foto, a partir da esquerda, José Assad Thomé, Florentino Fernandes Garcia, Adalberto da Silva Julião e Antonio Benoni Giansanti.

4. O Dr. Antonio Funari Filho, Delegado Regional do Ministério do Trabalho em São Paulo, visitou Tupã em 30 de março de 2001 e foi recepcionado com honras de Hóspede Oficial do Município. Objetivo: ofertar esclarecimentos sobre legislação e acesso de pessoas ao trabalho em diferentes atividades econômicas. No Decreto nº 5.002, da mesma data, o prefeito Manoel Gaspar considerou que “é vital sustentar uma perene interação com os órgãos que erigem normas trabalhistas, empreendem a rotineira fiscalização e o Poder Público local, harmonizando o recrutamento de trabalhadores”, e ressalta “a relevância desse quadro para a minimização do desemprego num instante em que a economia nacional remanesce em ascensão”, daí que a orientação do Dr. Antonio Funari Filho ganha relevo.

5. A data de 21 de outubro registra, em 2012, o falecimento, em Bertioga/SP, de Luiz Bolognesi, com 84 anos. Foi o fundador do Tupã Country Clube e do Iate Clube Rio Verde/Paulicéia. Foi sepultado em Bertioga.

6. Edição nº 29 - abril/maio de 1972 - do Jornal Estudantil Super Plá, órgão de divulgação do Colégio Comercial Conselheiro Buarque de Macedo de Tupã, “circulando em toda a hinterlândia paulista, elaborado, dirigido e distribuído por responsabilidade da EQUIPESP - Equipe Super Plá”.

[Contato com a Coluna? E-mail: dacajur@hotmail.com]

[David de Castro é servidor público municipal - 1973 - 2014



Dois países chamados Brasil

          (*) Roberto Musatti

Infelizmente a última alternância de poder registrada no País teve a infeliz capacidade de frustrar aqueles que - votando ou não pela mudança - esperavam um caminhar mais firme em direção ao primeiro mundo. As tentativas de entender os rumos da sociedade brasileira sempre têm com razão seu início na herança histórica de um País que, diferentemente das colônias da América do Norte, foi estruturada numa repetição do modelo da metrópole de uma sociedade dividida entre a corte do poder absolutista monárquico e o resto da população - o modelo medieval de uma sociedade de privilégios, privilegiados e total ausência de representatividade. As peculiares características geográficas do País - sua distância da Europa, sua extensão, seu clima e topografia tropical - tudo conspirou para a manutenção de um modelo de latifúndio, nobreza e produção econômica monoculturista voltado para exportação.
A também especial situação demográfica portuguesa sugeriu que a única solução viável econômica residia na associação com o capital holandês e depois inglês (ainda não britânico) que exigiam na contrapartida a proibição do desenvolvimento de um mercado interno local. Residia também no uso da mão de obra escrava por total e absoluta falta de mão de obra da metrópole e da necessidade do custo operacional o mais baixo possível.
Assim, a luta pela independência brasileira foi apenas uma troca de endereço - de Lisboa pelo Rio de Janeiro - não de modelo, diferentemente do expressado nas parcas (e ainda atuais) linhas da Constituição americana. Não tivemos uma luta sangrenta por ideais que quanto maior a dificuldade de serem atingidos mais penetra na alma da sociedade através dos tempos. Idem na passagem para o modelo republicano.
Continuamos, portanto, com valores, tradições que ainda nos remetem ao passado em vez de nos arremeter ao futuro. O serviço público ainda é visto como carreira mais promissora que a livre iniciativa onde o privilégio ainda faz parte das suas características básicas. A ‘accountability’ ou prestação de contas do dinheiro público continua sendo considerado alienígena no Brasil e, finalmente, a impunidade grassa na ‘Corte’ enquanto procura ser severa fora dela: a caça aos cervos continua crime capital na floresta de Sherwood tropical, embora tudo se permita aos seguidores do ‘Principe João’ tupiniquim.
Não é uma questão deste ou aquele partido, mas quando uma associação que se diz representativa da classe trabalhadora assume o poder, é de se supor que procure com ênfase especial derrubar estes muros históricos que nos guardam no eterno 3º mundismo agora denominado ‘em desenvolvimento’. Não foi o que se viu. Aparentemente o ‘canto da sereia’ do poder falou mais alto mais uma vez.
O medo que assombra os mais informados e letrados, é a adoção por parte deste Brasil novo (de pouco mais de uma década) de um modelo portenho-bolivariano cujo objetivo principal de governo é se perpetuar no poder ao invés de atender as necessidades da população que levem a um crescimento com desenvolvimento - a melhora da qualidade de vida... responsável. A Argentina de hoje, é assim o Brasil de amanhã. A Bolívia de hoje é o Brasil de depois de amanhã e a Venezuela de hoje pode ser o Brasil da semana que vem!
Este modelo começa pelo domínio do Congresso, passa pela desconstrução das Forças Armadas, prossegue na conquista da Suprema Corte do País, desembocando na mordaça aos meios de comunicação e finalmente no extermínio da oposição. A madame Kirchner está sólida neste caminho, Evo Morales idem e Maduro já chegou lá. Dá para imaginar um País com uma reserva de petróleo entre as maiores do mundo ter contrabando de papel higiênico e importação de gasolina? Imaginar não, mas explicar sim. É o excesso de medidas sociais populistas eleitorais (redundância) que afastam o capital produtivo e oferecem o nirvana da melhoria da qualidade de vida sem suor, trabalho ou educação.
Infelizmente este Brasil chegou a um ponto extremo onde a impunidade é tão incrustada que atos ilegais se tornaram banais como corrupções, desvios de fundos públicos, enriquecimentos ilícitos e trocas de favores institucionais e votações ou legislações em benefício próprio. Do topo da pirâmide ao seu alicerce. Isto tudo só é possível com a incrível colaboração da total falta de capacidade gestora, substituída pelos favores políticos.
O outro Brasil ainda resiste, aquele que trabalha - no campo com os sucessivos recordes do agronegócio que tem tornado o País o maior produtor e exportador de proteínas do mundo. Quem tem vencido os desafios do agreste, do cerrado, das secas, das pragas com tecnologia avançada e local. Nas grandes cidades, com o sacrifício dos trabalhadores da indústria e dos serviços que penam para chegar aos seus destinos todos os dias e ainda se dividem entre trabalho e estudo. Ambos com um Custo Brasil alavancado por juros e impostos exorbitantes sem retorno, infraestrutura deficiente, educação carente e sistema de saúde indecente.
Nunca antes na história deste País a distância entre os que trabalham e os que desfrutam de privilégios foi tão profunda. Quantias que somem no ralo da corrupção se medem agora aos bilhões - valores que nenhum trabalhador jamais verá em toda sua vida produtiva - fatos negados ou deturpados com a mesma desfaçatez com que são perpetrados.
Existe a esperança que possível alternância de poder que se deslumbra possa conduzir também a uma inversão entre os dois Brasis - prevalecendo o do trabalho, da gestão, da educação sobre o do privilégio e da impunidade. Que prevaleça o Brasil respeitado pela comunidade internacional como era nos tempos de Osvaldo Aranha e não apenas pelos ‘bolivarianos’ e os irmãos Castro. O Brasil que aproveita sua extensão geográfica, seu clima privilegiado, a incomparável sociabilidade de seu povo para se tornar um ‘powerhouse’, um líder econômico e social. Que abandona as estatísticas fantasiosas portenhas ou caribenhas em favor das realizações ao estilo de Cingapura. Que rume aos objetivos educacionais dos ‘tigres do Oriente’, hoje cada vez mais distantes.
Mudar faz bem, pode trazer a refrescante brisa de novos rumos, renovando a motivação - que continua sendo a palavra maior de qualquer sociedade. É mais fácil do que se imagina - basta apenas trocar um Brasil pelo outro e se resguardar pelo que o outro Brasil possa fazer para ‘não largar o osso’.


(*) Roberto Musatti, economista (USP), mestre em marketing (Michigan State) e
professor das Faculdades Reges


AMAE II
Obra está paralisada há mais de 30 dias

          Com investimentos de R$ 421.964,94 em recursos estaduais, a reforma da Academia Municipal de Artes e Esportes (AMAE) II, localizada na Avenida Tancredo de Almeida Neves, no Jardim Ideal, ainda espera pela conclusão das obras. Há mais de 30 dias, a construção está paralisada.
O projeto de reforma e ampliação da AMAE II começou em maio de 2012, conforme a ordem de início do projeto em execução. Desde então, há períodos em que as obras são feitas, outros em que são paralisadas. Uma verdadeira “novela”.
A empresa contratada para a execução dos trabalhos é também responsável pela continuidade deles. Porém, tem hora que os trabalhos são feitos, mas na maior parte ficam parados.
Segundo o secretário Municipal de Obras, Danilo Aguillar Filho, a prefeitura notifica com frequência a empresa, por diversos meios, como e-mail, ofício, entre outros.
São vários os fatores que levam uma empresa a diminuir o ritmo dos trabalhos em uma construção, até finalmente paralisar a obra. O principal deles é o aperto financeiro. Outras situações envolvem questões burocráticas, falta de mão de obra, entre outras.

Obra parada

Quem sofre com essa situação é a população. No caso da AMAE II, a paralisação já persiste por alguns meses. A prefeitura, através da pasta responsável, continua notificando a empresa. Agora é preciso esperar.

O projeto

O projeto está sendo executado através de recursos do governo estadual, ao custo de R$ 421.964,94. De modo geral, a reforma do prédio da AMAE II está na etapa de acabamento.
De acordo com o secretário Danilo Aguillar Filho, a obra conta com três etapas: o ginásio, sala de musculação e casa do zelador.
No ginásio, falta ainda a pintura e a colocação de piso; na sala de musculação, além de faltar pintura e pisos, falta também a implantação de espelhos, além dos acessórios, como janelas e portas e as barras laterais; por fim, na casa do zelador, falta concluir ainda a pintura e as obras de acabamento, com instalações hidráulicas e elétricas.
Ainda não é possível uma previsão para entrega da obra. Isso porque, primeiro é preciso retomar os trabalhos, para se saber o novo cronograma.

Melhorias

Com a obra entregue, a população poderá desfrutar de um local voltado para o esporte, de maneira segura. A medida é importante porque centenas de crianças, jovens e adultos utilizam o espaço para esportes e recreação.

A AMAE II está localizada em uma região densamente povoada. Por isso, a reforma vai beneficiar um público muito grande.
Além disso, a obra contará com novos ambientes necessários para que os amantes do esporte possam desenvolver uma atividade de forma mais adequada, em um prédio mais seguro.


Educação
Escola municipal desenvolve projetos para incluir alunos surdos

          A educação especial, como modalidade de educação escolar, que perpassa todas as etapas e níveis de ensino, está definida nas Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica que regulamenta a garantia do direito de acesso e permanência dos alunos com necessidade educacionais especiais e orienta para a inclusão em classes comuns do sistema regular de ensino.
Respeitando esse princípio, a Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Diretoria de Ensino de Tupã, desenvolve projetos para incluir alunos surdos. Os alunos surdos atendidos pelo município estão matriculados na Emef “Governador Mário Covas” e contam com o apoio do professor interlocutor. Todas às sextas-feiras, durante os cultos, professoras e alunos utilizam a linguagem de sinais, libras, na execução dos hinos nacional e Tupã e de também, na oração cantada.

O Dia Mundial do Surdo, por exemplo, foi comemorado por membros da comunidade surda em todo o mundo e também na Emef “Mário Covas”. Nesse sentido, as professoras interlocutoras da Emeief “Governador Mário Covas”, Denize Mancine e Eliane C. Brito, prepararam apresentações para os alunos considerando a importância do respeito e cuidados que devemos ter ao nos comunicar com o surdo. Também contaram um pouco da história, das lutas e conquistas enfrentadas pelas comunidades surdas em todos os países.
Juntamente com as professoras, os alunos surdos visitaram as salas de aula da escola, amarraram uma fita azul no pulso dos colegas, cor escolhida para simbolizar o mês do surdo, e apresentaram uma música conhecida pelas crianças na língua de sinais.

Para o secretário de Educação, professor Marcos Leite, enquanto sociedade e órgãos públicos, “devemos refletir sobre a importância da inclusão, compreendendo os alunos surdos como cidadãos iguais, respeitando suas necessidades, cultura e a língua de sinais”.


‘Índia Vanuíre’
Museu de Tupã conta com acessibilidade comunicacional

          O Museu “Índia Vanuíre” tem uma novidade exclusiva na área de museus para pessoas com deficiência auditiva em suas páginas institucionais. Agora, a instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, administrada em parceria com a Associação de Amigos do Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), disponibiliza uma ferramenta que traduz simultaneamente o conteúdo dos textos para a Língua Brasileira de Sinais (libras).
O plugin Hand Talk pode ser baixado facilmente por qualquer usuário, sem custo ou necessidade de cadastro. Quando ativado, um simpático intérprete virtual 3D - o Hugo - acompanha o visitante que busca informações e conhecimento sobre as histórias dos equipamentos, seus projetos e ações, clicando no texto desejado.

A implantação da ferramenta cumpre o papel social de tornar a comunicação acessível, permitindo que um maior número de pessoas tenha contato com o que é oferecido pelas instituições. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui quase 10 milhões de pessoas com algum tipo de problema auditivo, entre elas, aproximadamente 70% não compreendem corretamente o português e dependem exclusivamente da libras para se comunicar.
Hand Talk já está presente em cerca de 700 sites em apenas 3 meses de lançamento. Entre os prêmios recebidos até o momento estão o de projeto mais inovador do País, no Salão de Inovação da Rio Info, em 2012, o de empresa mais inovadora da América Latina, QPrize (Qualcomm Ventures) e o de melhor Aplicativo Social do Mundo, em Abu Dhabi, no WSA-mobil de 2013, evento organizado pela ONU, concorrendo com mais de 15 mil aplicativos, de mais de 100 países.
Conheça a página do museu na internet, acesse: www.museuindiavanuire.org.br.


Biblioteca Municipal
Parceria continua disponibilizando eBooks

          Graças à parceria firmada entre o Observatório do Livro e da Leitura - Fundação Palavra Mágica, a Associação Brasileira de Municípios - ABM e a Árvore de Livros, uma plataforma de empréstimo de eBooks, a Prefeitura da Estância Turística de Tupã, por meio da Secretaria de Cultura, agrega mais um serviço prestado à comunidade pela Biblioteca Municipal “Professor Tobias Rodrigues”.
Trata-se de uma biblioteca virtual que coloca o município dentro da revolução da leitura no cenário brasileiro, oferecendo essa nova experiência de leitura aos usuários, que tem atraído muitos leitores em potencial para o universo dos livros e da literatura. No acervo básico da Árvore, os usuários terão acesso a mais de 2.000 eBooks de consagrados autores nacionais e estrangeiros.
A biblioteca virtual da Árvore funciona com sistema streaming (o mesmo utilizado pela netflix para empréstimo de filmes), onde o usuário não necessita baixar o arquivo de eBook em seu dispositivo de leitura, bastando apenas carregá-lo na tela.
“O usuário pode ler os eBooks em quantidade ilimitada. No entanto, para evitar que eles sejam reservados e permaneçam sem uso na ‘estante’ do usuário, é permitido o empréstimo simultâneo de até três volumes por vez. Os empréstimos têm a duração de duas semanas e são renováveis quantas vezes necessário”, explicaram os bibliotecários Tarciso Mendes e Valentina Machado.
Para o empréstimo dos eBooks, o usuário deve estar devidamente cadastrado. Para tanto, basta comparecer à biblioteca portando seu RG ou CNH. O serviço é totalmente gratuito.

A leitura é um dos hábitos essenciais para o desenvolvimento intelectual da humanidade. É através dela que obtemos conhecimentos. Além de enriquecer o vocabulário, encontramos informações e divertimento.


Jesus Guimarães
Crônicas & Opiniões
O BOLO DE MEIA DÚZIA

          Eu sempre soube, inclusive por experiência própria, que a única maneira de equilibrar o orçamento da casa é, além da parcimônia nos gastos, melhorar a renda. Hora extra no emprego ou bicos fora dele são alternativas para saldar compromissos e deixar de pagar juros. A meu modesto ver, essa receita doméstica sempre foi contrariada por alguns doutores da macroeconomia que, a pretexto de conter o consumo, propõem congelamento de salários, elevação de juros, máquinas paradas, desemprego e outros arrochos.

Óbvio que entre um fato e outro existem incontáveis razões para não se considerá-los iguais, mas há um aspecto básico que não me sai da cabeça: sem trabalho e sem dinheiro, como pagar as dívidas? Antonio Delfim Neto, ministro da Fazenda dos generais Costa e Silva e Emílio G. Médici, usava uma figura de retórica para aplacar a ansiedade popular: “é preciso esperar o bolo crescer para depois dividi-lo”, no entanto, por suas mãos os brasileiros jamais souberam o gosto que ele tinha.

Os petistas inovaram positivamente quando optaram pela social-democracia que os tucanos renegaram; preferiram a simples fórmula de acelerar o trabalho como forma de pagar dívidas. Sob esse lema a Nação avançou mais do que o País, o povo teve pela primeira vez acesso aos progressos da economia pátria. Milhões se integraram às faixas de consumo e o Brasil passou a ter um mercado interno mais robusto. Isso é inegável. A troça de Lula, dizendo que a crise internacional aqui seria uma marolinha, para espanto geral deu certo. Trabalhando e consumindo passamos ao largo do tsunami financeiro que devastou o mundo.

No entanto, erraram feio quando resolveram usar as picadas abertas por seus antecessores. Rastreando-lhes os passos, foram bater na porta de Marcos Valério, o mesmo mineirinho que tantas “gentilezas” prestara aos tucanos de seu Estado na eleição de Eduardo Azeredo. Acomodaram-se aos fluxos de recursos para caixa dois e derivados, em continuidade aos procedimentos da corte de FHC. Esqueceram-se, porém, que não contariam com a cumplicidade da imprensa brasileira sempre ligada aos interesses da endinheirada elite tupiniquim, muito menos com a solidariedade da classe média originária, eternamente horrorizada com a ascensão política da “ralé”. Deu no que deu.

Os envolvidos devem pagar por seus atos, assim como deveriam ter pago os tucanos que, responsáveis diretos por monumentais prejuízos causados ao País, jamais foram julgados. Ao contrário, começando pelo octogenário FHC, flanam pelas colunas sociais e fazem discursos indignados, com a maior cara de pau, como se fossem vestais intocadas e não os verdadeiros inventores dos mensalões e da compra de votos no Congresso Nacional. Apresentam-se como salvadores da pátria diante de uma falsa crise que reinventam a cada dia; professores da ética que, infelizmente, não têm.

Os capitalistas estão sequiosos para retomar a velha prática de privatizar lucros e socializar prejuízos (v. PROER) e, para tanto, precisam que seus paus mandados voltem ao poder. A história do bolo que cresce eternamente nas mãos de meia-dúzia está prestes a se repetir, basta que seus propositores vençam o pleito do próximo domingo.

Armínio Fraga, mais americano do que brasileiro, economista de Aécio Neves, já deixou vazar sua gana por privatizações (BB, CEF, Petrobrás) e sua ojeriza à majoração do poder de compra do salário-mínimo, como vem acontecendo na última década. Quer arrocho, consumo reduzido, consequentes queda da produção industrial e desemprego, tudo para fechar as contas e combater uma inflação que jamais acaba. Um remédio amargo que se dá ao povo, mas faz bem apenas a uma minoria que sequer o prova.
Boa sorte, Brasil!

Jesus Guimarães é professor, bacharel em Direito, funcionário aposentado do BB e ex-prefeito de Tupã. E-mail: zuguim@uol.com.br.


Na vicinal
Bi-trem de Tupã carregado com cana tomba

          Um acidente envolvendo dois caminhões foi registrado na madrugada de ontem, segunda-feira, na vicinal que liga Borá ao Distrito de Varpa e Herculância. O acidente envolveu um bi-trem carregado de cana, marca Mercedes Benz, com placa de Tupã, e um caminhão pipa, com placa de Borá.
O caminhão canavieiro conduzido por L.A.O., morador de Quatá, seguia no sentido Varpa a Borá, quando, por motivos a serem apurados, o motorista perdeu o controle em uma curva que dá acesso à ponte do Rio das Pitangueiras, deu um “L” e tombou. Os reboques carregados com cana caíram morro abaixo, na ribanceira.

O motorista disse que deu pane elétrica no caminhão e, por isso, perdeu o controle. O motorista L.A.O. ficou preso entre as ferragens, sem conseguir sair da cabine até a chegada de socorro.
Minutos depois, um caminhão pipa que presta serviços à Usina Ibéria, seguia no sentido Borá a Varpa e estava carregado com água, quando bateu contra o bi-trem que estava tombado sobre a pista. O caminhão pipa era conduzido pela paraguaçuense B.A., 48 anos, e também ocupado por A. S., 40 anos, igualmente morador em Paraguaçu Paulista, que estava no compartimento traseiro do caminhão.

O morador de Paraguaçu, que estava no caminhão pipa, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros ao pronto-socorro, onde permanece internado. Já o motorista do bi-trem também foi socorrido à Santa Casa de Tupã e teve ferimentos leves.


SP-294
Três veículos se envolvem em acidente com cavalos

          Dois cavalos soltos na pista provocaram um acidente na manhã de ontem, segunda-feira, por volta das 6h30 min, na Rodovia “Comandante João Ribeiro de Barros”, a SP 294, no município de Herculândia.
Nada menos que três veículos se envolveram no acidente, entre eles um VW/Golf, cor prata, com placa de Tupã, que era diririgido por R.F.S., morador de Tupã.

Segundo informações da Polícia Rodoviária, o Golf e um VW/Gol, de Pompéia, seguiam no sentido Tupã a Marília, sendo que um caminhão Mecedes Benz, com placa de Bauru, fazia o sentido contrário.
Quando os veículos se aproximaram do trevo principal de Herculândia, no km 510, os animais invadiram a pista e foram atropelados. Os dois cavalos morreram no local. Por sorte, foram apenas danos materiais. Nenhum ocupante se feriu.



Acidente envolvendo moto deixa mulher ferida

          Uma jovem tupãense de 20 anos ficou ferida após a moto que conduzia, com placa de Bastos, se envolver em um acidente na região central da cidade, no final da tarde de domingo, dia 19. O acidente, que envolveu ainda um Fiat Pálio, aconteceu na esquina das ruas Botocudos com Tupinambaranas, por volta das 18h10 min.
Segundo boletim de ocorrência, a Polícia Militar de Tupã foi ao local onde teria ocorrido o acidente de trânsito com vítima, envolvendo uma moto JTA/Suzuki EM 125 Yes, com placa de Bastos, e um Fiat Pálio Fire Economic, placa de Sertãozinho (SP).
Ainda segundo a Polícia Militar, a jovem tupãense já havia sido socorrida pela viatura resgate do Corpo de Bombeiros até o Hospital São Francisco de Tupã. O condutor do carro, um homem de 39 anos, não se feriu.
Os documentos dos condutores estavam em ordem. O caso foi registrado no Plantão Policial para ser investigado.



Circuito Cultural agitou noite de domingo em Universo

          Muitas pessoas prestigiaram a apresentação do Circuito Cultural Paulista no último domingo (19/10), no Distrito de Universo, um evento que movimentou o projeto Universo Cultural com um espetáculo teatral que agradou o público com seu tema divertido.
Com uma programação bem diversificada, o projeto trouxe em sua terceira edição a ópera infantil “O Elixir do Amor”, pelo Circuito Cultural Paulista.

A ópera cômica é cantada em italiano e legendada em português, com cenário e figurino bem elaborados.

Circuito

O Circuito Cultural Paulista é uma parceria da Prefeitura da Estância Turística, através da Secretaria Municipal de Cultura, APAA (Associação Paulista de Amigos da Arte) e a Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. Todas as atrações são gratuitas, com uma grade variada de espetáculos.

Realizado com apoio da Prefeitura de Tupã, por meio de parceria firmada entre a Secretaria do Estado da Cultura e Secretaria Municipal de Cultura, o Circuito Cultural Paulista trouxe um espetáculo apropriado para todas as idades.


Miguel Gantus/Aimorés
Obras do canal Afonso XIII seguem com atraso

          Seguem em andamento, após alguns períodos de atraso, as obras de infraestrutura do canal do Córrego Afonso XIII, na Rua Miguel Gantus/baixada da Aimorés.
De acordo com o secretário de Obras, Danilo Aguillar Filho, a obra segue com diversos trabalhos sendo feitos. Há algum tempo, foram registrados períodos pequenos de atrasos. Um dos motivos seria a demora da empresa de energia para retirar um poste para a sequência dos trabalhos. Após longo período de espera para a retirada, finalmente foi possível dar sequência às obras. Depois, foram registrados alguns imprevistos que motivaram uma paralisação. Porém, atualmente tudo segue normalmente.
Por conta desses períodos de paralisação, é possível que seja feito um aditamento de prazo para a entrega das obras.
Segundo o secretário, falta ainda terminar a concretagem das paredes do canal e a laje de travessia, que será usada como uma ponte, na Miguel Gantus. A previsão é concluir os trabalhos até o início de janeiro do ano que vem.


sobe.gif (937 bytes)


| Home | Economia | Geral | Sociedade | Policial | Esportes | Política | Variedades |Expediente |E-mail

Hosted by UNISITE - Todos os direitos Reservados