jdiario@diariotupa.com.br


Não há outra solução

          (*) Roberto Kawasaki

Viver no regime democrático tradicional, no formato representativo, requer alguns cuidados. Não é possível autocraticamente o chefe do Poder Executivo tomar decisões unilaterais, sem ouvir, e muito, sua assessoria, que pode e deve prestar conselhos, por vezes que exijam medidas amargas e impopulares.
Vejam, por exemplo, o que aconteceu no passado recente da história política brasileira com os ex-presidentes Collor e Dilma, que praticamente ignoravam as manifestações do Poder Legislativo. Simplesmente foram cassados de seus mandatos. Como prevê claramente nossa Carta Magna.
Assim sendo, dialogar e abrir um canal permanente de acesso entre o Executivo e o Legislativo é condição “sine qua non” para a normalidade da vida nacional. Mais do que isso, é permitir que mudanças e novas leis que tragam melhorias sensíveis ao conjunto da população brasileira, de forma categórica e permanente, sejam aprovadas e colocadas em execução.
É óbvio que um conjunto nada desprezível de reformas estruturais são necessárias. Muitas décadas se passaram e vários mandatários perderam oportunidades raras e irrecuperáveis de trazer condições para alavancar o crescimento econômico do País. Contudo, não adianta chorar sobre o leite derramado.
O presidente Temer tem a única oportunidade e, rara, de propor ao Congresso Nacional um pacote de projetos de lei que permitam abrir discussões e debates no seio da sociedade, e recolocar questões estratégicas para o Brasil se reinserir no contexto de mudanças que o mundo do século XXI exige, bem como atender o clamor de mudanças que possam satisfazer milhões de brasileiros que foram às ruas em junho de 2013 e reiteraram mudanças que culminaram no impeachment de Dilma.
Nada de enviar Medidas Provisórias. É fundamental que envie Projetos de Lei, conclamando a sociedade civil organizada a debater os assuntos que propuser. Contudo, o Congresso Nacional resiste a debater os temas espinhosos durante o período das eleições municipais. Portanto, a boa política recomenda que se aguarde o término das eleições.
É crucial que se restabeleça as mínimas condições de governabilidade, exigências que a Democracia Representativa não abre mão.
Dialogar, conversar, ouvir, debater e chegar a consensos. Não há outra solução.

(*) Roberto Kawasaki é economista pela
FEA-USP, professor dos cursos de
Administração, Sistemas de Informação,
Arquitetura e Urbanismo, Jornalismo,
Publicidade e Propaganda e Engenharia de Produção da Faccat, de pós-graduação, consultor, palestrante e colaborador do jornal Diário


Loterias
Mega-Sena prevê prêmio de R$ 5,5 milhões

          O concurso 1.861 da Mega-Sena, sorteado em Alpinópolis/MG, apresentou as dezenas 02, 04, 09, 35, 45 e 60. Nenhuma aposta acertou a sena, com o prêmio ficando acumulado em R$ 2.493.108,83, com estimativa de pagar, na noite de amanhã, R$ 5.500.000,00.
O valor acumulado para o próximo concurso final cinco (1.865) é de R$ 5.794.110,93. Já o acumulado para a Mega da Virada é de R$ 49.494.157,99.
A quina teve 41 apostas ganhadoras, pagando R$ 33.009,81. A quadra pagou R$ 607,80 para 3.181 apostas.
A arrecadação total foi de R$ 23.474.332,00.

Lotofácil

O concurso 1.417 da Lotofácil sorteou as dezenas 01, 02, 03, 04, 06, 07, 09, 11, 13, 14, 15, 18, 19, 22 e 23. Quatro apostas, feitas em Ibicoara/BA, Seberi/RS, São José do Rio Preto/SP e São Paulo/SP, acertaram as 15 dezenas, com cada uma recebendo o prêmio de R$ 408.409,14.
A estimativa de prêmio para o concurso 1.418, com sorteio na noite de hoje, é de R$ 1.700.000,00.
As demais faixas de prêmios foram: 14 acertos, 401 apostas ganhadoras, com R$ 1.790,72; 13 acertos, 14.140 apostas, com R$ 20,00; 12 acertos, 172.836 apostas, com R$ 8,00; e 11 acertos, 956.173 apostas ganhadoras, com R$ 4,00.
A arrecadação total do concurso foi de R$ 20.947.498,00.

Lotomania

O concurso 1.696 da Lotomania sorteou as seguintes dezenas: 08, 10, 22, 29, 31, 34, 38, 39, 41, 46, 50, 51, 57, 58, 63, 73, 85, 87, 88 e 90. Nenhuma aposta acertou as faixas de zero e nem de 20 acertos, com o prêmio ficando acumulado em R$ 2.079.088,46, com previsão de pagar, no sorteio de hoje, R$ 2.500.000,00.

As demais faixas de prêmios foram: 19 acertos, 1 aposta ganhadora, com R$ 216.687,02; 18 acertos, 86 apostas, com R$ 1.574,76; 17 acertos, 733 apostas, com R$ 184,76; 16 acertos, 4.528 apostas, com R$ 29,90; e 15 acertos, 21.138 apostas ganhadoras, com R$ 6,40.
A arrecadação total foi de R$ 4.463.062,50.

Loteria Federal

O concurso 5.114 da Loteria Federal teve o bilhete ganhador do primeiro prêmio distribuído na cidade de Araras/SP.
Confira abaixo os resultados:
1º prêmio - 02644 - R$ 350.000,00
2º prêmio - 57842 - R$ 19.000,00
3º prêmio - 78707 - R$ 16.000,00
4º prêmio - 02996 - R$ 14.000,00
5º prêmio 70852 - R$ 12.012,00

Loteca
O concurso 720 da Loteca teve 27 apostas ganhadoras com 14 acertos, com cada uma recebendo o prêmio de R$ 193.017,26. Já com 14 acertos, foram 802 apostas ganhadoras, cabendo a cada uma a quantia de R$ 423,36.
Para o concurso 721, com jogos neste final de semana, a previsão de prêmio para a faixa principal, de 14 acertos, é de R$ 400 mil.
A arrecadação total foi de R$ 6.018.984,00.


Estradas
Acidente matou candidato a vereador em Herculândia

          Um grave acidente na tarde de ontem, quinta-feira, por volta das 15h45 min, no quilômetro 506 mais 400 metros, da Rodovia "Comandante João Ribeiro de Barros", a SP-294, entre Herculândia e a curva da serra, tirou a vida de Valdemar de Souza Porto, de 61 anos de idade, que disputava o cargo de vereador na cidade de Herculândia, nas eleições municipais deste domingo.
Valdemar conduzia um veículo Gol, placa EEQ 9737, de Herculândia, sentido Quintana/Herculândia, pelo quilômetro 506 da Rodovia "Comandante João Ribeiro de Barros", quando, por motivos ainda não esclarecidos, perdeu o controle da direção, invadindo a pista contrária, colidindo violentamente e derivando à esquerda do caminhão Mercedes Benz, placa BXE 4113, de Pacaembú, que seguia no sentido contrário.
Com a violência do impacto, o caminhão capotou. Já o Gol parou no acostamento. O condutor do caminhão sofreu ferimentos leves e foi socorrido para a Santa Casa de Herculândia. O condutor do Gol, Valdemar Porto, que era candidato a vereador em Herculândia, ficou preso nas ferragens do veículo, sendo necessária a ação dos homens do Corpo de Bombeiros para a retirada da vítima. A vítima foi levada ainda com vida para o pronto-socorro do Hospital São Francisco de Tupã, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.
Valdemar era candidato ao cargo de vereador em Herculândia, pelo PRB.
O caminhão apresentou ainda vazamento de combustível e precisou da intervenção dos homens do Corpo de Bombeiros.


Dia das Crianças
Procon orienta sobre cuidados na hora de comprar brinquedos

          O Dia das Crianças está chegando. Será no próximo dia 12 de outubro, uma quarta-feira. O mercado está repleto de ofertas para agradar os “baixinhos”, mas é preciso ter cuidado.
O Procon alerta os pais que ao presentear as crianças com brinquedos, tenha um cuidado especial. Esses produtos são de cer-tificação compulsória, ou seja, para serem comercializados necessitam do símbolo de identificação da certificação, o selo do Inmetro – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, que garante ao cidadão a certeza de que esses produtos passaram por uma série de testes em laboratórios para assegurar a conformidade e qualidade do material utilizado na fabricação das peças.
Além do selo, os consumidores devem ficar atentos a outros detalhes na hora da compra:
- faça uma pesquisa de preço, pois o valor de um mesmo produto pode variar bastante, conforme a região ou ainda na internet;
- observe a faixa etária para a qual o brinquedo é destinado. A idade recomendável deve estar descrita na caixa do produto;
- leia atentamente as instruções de uso e recomendações existentes nas embalagens. E muito importante: essas informações devem estar em língua portuguesa;
- sempre retire o brinquedo da embalagem antes de entregá-lo para a criança. E tenha muito cuidado com os sacos plásticos, pois podem, por descuido, provocar asfixia;
- lembre-se: montar e desmontar brinquedos é tarefa para adultos, pelo menos até você ter a devida certeza de que as crianças vão saber brincar corretamente com eles;
- dê preferência a livros e brinquedos educativos.
Ao invés de comprar brinquedos, você pode levar seus filhos para passeios em parques, museus, ou qualquer outra atividade que estimule a criatividade e o aprendizado das crianças.
Mais dicas podem ser vistas na cartilha elaborada pelo Procon sobre o tema. O site é: www.procon. sp.gov.br


‘Outubro Rosa’
OAB promove evento especial para as advogadas

          A 34ª Subsecção da OAB de Tupã e a Comissão da Mulher Advogada convidam as advogadas a participarem do evento Outubro Rosa - “Click Fashion Day”, que será realizado nos próximos dias 18, 19, 20 e 21 de outubro.
O período para as inscrições começa hoje, dia 30, quando serão indicados o dia, hora e tamanho do manequim, na sala da OAB, com Maira e Letícia.
A Empresa Auto Estima Fotografia presenteará as participantes com um pôster de 30x45, com sessão de fotos com troca de 3 looks, bem como produção e maquiagem pela Emporium Modas.



Militares devem ser diferenciados na reforma da Previdência, diz ministro

          Brasília - O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse ontem que os militares devem ser diferenciados dos demais contribuintes, principalmente dos servidores públicos, na discussão de mudanças na Previdência. No entanto, segundo Jungmann, os militares estão dispostos a participar do esforço para resolver o déficit histórico da Previdência Social. O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, já havia dito que os integrantes das Forças Armadas deverão ficar de fora das novas regras para aposentadoria elaboradas pelo governo.
“Antes de tudo, militar não tem Previdência [mas um sistema de proteção social]. Entendo que a Constituição trabalha com duas categorias: o servidor e o militar, com suas distinções e singularidades”, disse Raul Jungmann. “Mas isso tudo será ainda definido pelo presidente Michel Temer.”
Entre os fatores que diferenciam os militares dos servidores públicos civis, Jungmann citou a impossibilidade de fazer greve ou de se sindicalizar, a inexistência de hora extra e a dedicação exclusiva. “O militar trabalha, como, por exemplo agora durante a Olimpíada, às vezes 12, 14, 16 horas. O militar expõe a vida. Então, de fato, não é privilégio. É o reconhecimento da singularidade”, argumentou.

“Não acredito que tratar desiguais igualmente é injustiça. É preciso reconhecer que os desiguais devem ser tratados desigualmente. Não é privilégio. Para os senhores terem uma ideia, um militar hoje tem, dentre todas as categorias de Estado, a menor remuneração inicial ou final”, comparou.

Segundo Jungmann, os militares estão dispostos a colaborar com a reforma da Previdência. “Eu chamo atenção para uma coisa: [o fato de haver uma diferenciação] não quer dizer que a Defesa e que as Forças Armadas não vão contribuir com a reforma. Não queremos e recusamos privilégios. Vamos contribuir e vamos dar a nossa parte. Apenas defendemos nossa especificidade”, acrescentou, sem detalhar como seria essa contribuição.



‘MP pressupõe apenas rapidez’, diz ministro sobre novo ensino médio

          Por Luiz
Fernando Toledo

São Paulo (AE) - O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse, em entrevista à Rádio Estadão ontem, que a realização da reforma no ensino médio por meio de uma Medida Provisória era necessária para acelerar o processo. “O Brasil hoje está dedicado aos temas econômicos. A PEC do teto, da Previdência, alteração da Lei do Petróleo... se nós fôssemos aguardar toda a tramitação dessas propostas que estão à frente, evidentemente a educação só seria apreciada no segundo semestre do próximo ano”, afirmou.
As alterações, consideradas a maior mudança na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) em 20 anos, tornam apenas três disciplinas obrigatórias em todo o ensino médio - português, matemática e inglês. Todas as outras poderão ser escolhidas pelos estudantes, que deverão optar por percursos formativos diferentes, como linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e ensino técnico. O novo formato deve passar a valer somente em 2018.
Mendonça Filho descartou as críticas de que a aprovação do texto por uma MP é antidemocrático. “Essa é uma discussão antiga, de quase quatro anos. Em 2013 foi apresentado o projeto de lei propondo a alteração, que passava pela flexibilização do currículo e maior autonomia para que o jovem defina os próprios caminhos. Acho que o tema está maduro”.
Para ele, a medida só acelera o processo, mas não impede que o texto passe por outras mudanças. “A Medida Provisória pressupõe apenas rapidez no processo legislativo, mas não impede que possamos alterá-la. Emendas são apreciadas, o texto pode ser alterado”.

O ministro também defendeu o fim da obrigatoriedade do ensino de espanhol nas escolas. “O que não dá é ter duas línguas obrigatórias no currículo, que já é bastante vasto. Mas o jovem que quiser, a escola que quiser disponibilizar o espanhol como língua estrangeira, será permitido. Apenas não será tratada como obrigatória. Sabe-se que o inglês é a língua mais falada no mundo, é a língua dos negócios, adotada pelo mundo todo como segunda língua de uma nação”, disse.



Educação divulga programação especial para o Mês da Criança

          Para comemorar o Dia da Criança, celebrado em 12 de outubro, a Secretaria Municipal de Educação preparou diversos eventos destinados às crianças das escolas da rede pública de ensino de Tupã.
No geral, será um mês de atividades em comemoração ao Dia das Crianças, cuja divulgação aconteceu na manhã de ontem (29), durante coletiva de imprensa, na sala de reuniões do Paço Municipal. Estiveram presentes diretores e representantes de escolas do município, a imprensa local, representantes culturais, a secretária Municipal de Educação, Luciana Leal, e o prefeito Manoel Gaspar.
De acordo com a programação, as comemorações terão início já no próximo dia 3 de outubro. O cronograma de atividades será dividido durante todo o mês de outubro e atenderá os alunos da rede municipal de ensino, envolvendo as crianças das creches (CMEIs), EMEFs e EMEIEFs.
Segundo a Secretaria Municipal de Educação, a iniciativa tem o objetivo de presentear as crianças do município com uma programação voltada totalmente ao entretenimento, a diversão e cultura.
De acordo com o cronograma, o mês das crianças contará com atividades de cinema, visita monitorada ao Museu do Mar, um dia de diversão, onde cada escola receberá durante um dia inteiro brinquedos como piscina de bolinhas, tobogã, touro mecânico, cama elástica e centopeia, além de gincanas, show de talentos e muito mais.
Além disso, as crianças também receberão kits contendo salgadinho e doces. Já no dia de diversão, as escolas ofertarão algodão doce, pipoca e lanches para as crianças.
Segundo a Secretaria de Educação, no total serão distribuídos cerca de 4 mil kits de guloseimas, sem contar que no dia de cinema as crianças ganharão também lanchinhos, pipoca e refrigerante na hora de ver o filme.

Programação

Segundo a programação, no cinema os alunos de 2ª à 5ª série assistirão ao filme “Pets - A Vida Secreta dos Bichos”, que é uma comédia sobre a vida que os animais de estimação levam depois que os humanos saem para trabalhar.
Já as crianças do pré I, pré II e do 1º ano assistirão o filme “Procurando Dori”, que é um filme que conta a história de uma peixinha que sofre de amnésia recente e que quer encontrar sua família. O filme explora a ideia da união com a família.
De acordo com a secretaria, os filmes foram cuidadosamente analisados por uma equipe pedagógica, e a escolha baseou-se por ser um tema atual e, principalmente, devido ao fato de pertencer ao universo infantil, estimulando a criatividade por meio de ensinamentos lúdicos.
Já o Museu do Mar é uma exposição itinerante cujo principal objetivo é proporcionar ao público o conhecimento dos principais grupos marinhos do Brasil e exterior, ressaltando a importância ecológica dos principais ecossistemas costeiros, apresentando as diversas formas de poluição que afligem os oceanos e promovendo, por meio da conscientização ecológica, a defesa da vida no mar, como forma de garantir a preservação das espécies e a subsistência às futuras gerações.
Para finalizar, a secretaria ainda revelou que oportunizar momentos como o mês da criança é de suma importância, pois amplia os conceitos como integração, socialização, diversão e conhecimento de mundo.


Clima
Poderá chover no domingo de eleições

          Os cobertores e edredons ainda estão sendo usados na região neste início de Primavera, por causa das noites frias, inclusive em Tupã. A meteorologia prevê ainda temperaturas mais baixas para o começo de outubro, que inicia amanhã, dia 1°. Há ainda a previsão de chuvas para o domingo de eleições.
O friozinho das madrugadas e manhãs em Tupã também continua. As noites e começo de manhã frios ainda vão ser motivo de reclamação para alguns, pelo menos nos primeiros dez dias de outubro. A previsão é que grandes massas de ar frio polar prodominem. Embora não haja expectativa de frio intenso, a presença constante do ar polar vai influenciar a temperatura e dificultar um maior aquecimento da atmosfera. A influência do ar polar será mais sentida à noite e no começo da manhã. As tardes ficam até quentes em muitos dias.

Fim de semana

A previsão para esta sexta-feira ainda é de máxima de 26 graus, que poderá chegar a 31 graus durante a tarde, e mínima de 17 graus. O dia será de sol com algumas nuvens, mas não chove. Entre sábado e domingo, a máxima ficará entre 30 e 31 graus. Já a mínima, entre 17 e 18 graus. No domingo de eleições, a previsão é de sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Pode chover até 4 mm, segundo a previsão do site Climatempo.

Próxima semana

A meteorologia adianta ainda a previsão para a próxima semana, que será de frio e chuva em Tupã. Já na segunda-feira, a máxima cairá para 26 graus e a mínima para 19 graus. Deve chover 23 mm. O dia será nublado com possibilidade de garoa de manhã, chuva à tarde e à noite. Entre terça e sexta-feira, a máxima cairá para 22 graus e a mínima para 16 graus. Deve chover até quinta-feira.


INSTITUTO FEDERAL
Curso rápido de AutoCAD é nova alternativa para ingressar no mercado de trabalho

          Profissionais interessados em obter crescimento na carreira devem apostar em cursos de especialização. Além das vantagens que o curso proporciona na vida pessoal e profissional, a qualificação garante ainda aumento salarial e pode ser o diferencial na hora da contratação.
Pensando nisso, o Instituto Federal de Tupã lançou diversos novos cursos gratuitos de extensão, entre eles o de AutoCAD módulo básico 2D, que proporciona ao aluno um aprendizado rápido, de fácil acesso e de qualidade.
De acordo com o coordenador de cursos, Fanley Cunha, com mercado de trabalho cada vez mais disputado, profissionais especializados ganham destaque e são mais valorizados pelas empresas e dar destaque profissional aos alunos é um dos principais objetivos do Instituto. “Assim como os outros cursos, o de AutoCAD módulo básico 2D foi lançado para atender um público específico e também atender a necessidade do mercado, tanto de Tupã quanto da região. O curso é direcionado aos profissionais e estudantes que demandam a utilização do desenho técnico e nas aulas são ensinadas as funções do programa AutoCAD que auxilia o aluno a montar plantas de casas, móveis e outros objetos”, explicou.
Segundo Fanley, o curso de AutoCAD foi lançado há pouco mais de um mês e já conta com duas turmas de 22 alunos. O coordenador ainda revelou os objetivos do curso e os benefícios de se matricular no Instituto. “O AutoCAD é software que auxilia profissionais que necessitam de fazer determinados desenhos técnicos em suas respectivas áreas e é bastante utilizada por arquitetos, engenheiros, técnicos em edificações e projetistas industriais, entre outros. O objetivo desse curso é abrir para os alunos novas oportunidades no mercado de trabalho, assim como em qualquer outro curso do Instituto”, contou.
Receber novas oportunidades através do conhecimento também é o principal objetivo que levou o aluno Guilherme Augusto a se matricular no Instituto. “Nós estamos já meio cansados de escutar as pessoas dizendo que para ingressar no mercado você precisa se diferenciar. E quando eu fiquei sabendo do curso de AutoCAD, eu vim correndo me matricular, tanto por ser gratuito como também analisando a situação do mercado de trabalho”, revelou.
De acordo com Guilherme, além do curso ser gratuito e de ótima qualidade, as aulas atenderam as expectativas e, mesmo sendo um curso básico, conseguiu ajudar muitas pessoas a entender o programa de AutoCAD. “Sobre o curso, eu não tenho o que falar, a não ser que ele é perfeito. As aulas são bem dinâmicas e o professor é muito bom. Além disso, os recursos do programa são bons de trabalhar e, conforme as nossas dúvidas eram sanadas, as aulas ficavam cada vez mais compreensíveis e prazerosas. Realmente, o ensino do Instituto é muito bom. O melhor é que ele é gratuito e de fácil acesso”, contou.
O fácil acesso ao conhecimento também surpreendeu o aluno Ezequiel Bes Vicente, que contou ter sido bem atendido e orientado no momento de realizar a matrícula. “Eu consegui a minha matrícula super fácil e de maneira gratuita. Para isso, eu só tive que vir no Instituto com os documentos, ou seja, em menos de 10 minutos eu consegui me matricular”, disse.
Ezequiel contou ainda que antes de realizar a matrícula, ele analisou o mercado de trabalho e procurou saber as condições da estrutura física do Instituto. “Quando nós pensamos em ensino gratuito, lembramos aqueles de péssima qualidade que são oferecidos por aí. A minha maior preocupação era saber se as minhas necessidades seriam atendidas aqui no Instituto. Então, eu fiz no dia da matrícula uma visita às instalações e realmente pude constatar que o local estava preparado para oferecer esse curso. O equipamento fornecido é de ótima qualidade. Cada aluno tem o seu computador com o programa funcionando em ótimas condições. Então, eu não tenho do que reclamar”, relata.
O aluno revelou ainda que, após a conclusão do curso, pretende trabalhar na área, desenvolvendo projetos para pessoas e empresas. “Antes de começar o curso, eu pesquisei bastante e vi que é uma realidade a falta de profissionais capacitados em AutoCAD na região. Isso pesou muito na minha decisão de fazer o curso, assim como saber que o ensino é de qualidade e também totalmente gratuito”, finalizou.



Secretaria de Educação cria quase 100 novas vagas nas creches

          A prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, vem intensificando os investimentos para ampliar o número de vagas nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), que são mais conhecidos como creches municipais.
O objetivo é reduzir o déficit de atendimento na educação infantil. Nos últimos anos, as creches municipais registraram grande aumento na procura por vagas, devido principalmente à qualidade do atendimento oferecido e da implantação do atendimento em período integral, das 7 às 19 horas.
Para ampliar o número de crianças atendidas, a Secretaria Municipal de Educação vem investindo em adequações e reformas. Após entregar a ampliação da Creche “Cíntia dos Reis”, que ganhou mais 70 vagas (passando de 80 para 150 crianças atendidas) e da Creche “Irene Resina Migliorucci”, que contava com cerca de 150 crianças e passou a atender 200 crianças em período integral, a prefeitura também está concluindo as obras de reforma e ampliação da Creche “Manuel Campo Ruiz”, que passará de 80 para 125 vagas e implantará uma nova unidade de atendimento no Parque Universitário.

De acordo com a Secretaria de Educação, para não prejudicar as crianças devido ao início da reforma, as crianças matriculadas na Creche “Manuel Campo Ruiz” passaram a ser atendidas provisoriamente em imóvel alugado pela prefeitura na Rua Antônio Pereira Gaspar, onde antigamente funcionava o 3º Distrito Policial.
Com a reforma em fase de conclusão, as crianças devem voltar a ser atendidas no prédio localizado na Rua Cecília de Alvarenga Freire Pimentel, 250, nos altos da Vila Abarca, já nas próximas semanas. Já a casa alugada continuará funcionando como unidade de educação infantil, passando a atender mais 50 crianças, sendo 10 crianças no berçário I, 10 crianças no berçário II, 15 crianças no maternal I e 15 no maternal II.Ou seja, mais 95 vagas serão criadas somente com a ampliação da Creche “Manuel Campo Ruiz” e implantação da nova unidade de atendimento, que deverá continuar em funcionamento até que seja viabilizada a construção de novo CMEI.

Elogios

Para apresentar o trabalho desenvolvido nos CMEIs e como ficará a nova Creche “Manuel Campo Ruiz”, a Secretaria de Educação realizou reunião ontem à noite com os pais das novas crianças que serão atendidas no local.
Além de conhecer a metodologia de trabalho das creches municipais, os pais também tiveram a oportunidade de conhecer as novas instalações do CMEI “Manuel Campo Ruiz”.
As obras de reforma e ampliação, que praticamente triplicaram as instalações da creche, incluíram a construção de mais uma sala de aula, ampliação do refeitório, construção do lactário, implantação da sala da diretoria e da secretaria, construção de banheiro infantil e adequação dos sanitários com acessibilidade e implantação da despensa. A creche também contará com parquinho infantil remodelado e com espaço externo totalmente remodelado, garantindo assim espaço adequado e que atenda às necessidades da chamada primeira infância.
Além de ampliar o número de vagas e oferecer melhores condições de trabalho aos funcionários, os investimentos realizados pela Secretaria de Educação também possibilitaram a criação de mais 36 frentes de trabalho. São ao todo 28 agentes de desenvolvimento infantil (ADIs) e 8 auxiliares de serviços gerais (AGs), que passarão a trabalhar na Creche “Manuel Campo Ruiz” e na unidade de atendimento do Parque Universitário.



AME Tupã promove palestras e rodas de conversa sobre câncer de mama

          “Outubro Rosa” é o mês de prevenção ao câncer de mama e de conscientização sobre a importância da realização de exames preventivos. No Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Tupã, unidade da Secretaria de Estado de São Paulo sob gestão da Famesp, o mês será marcado por palestras, ministradas pela enfermeira Daniela da Silva, e rodas de conversa com o médico mastologista Giuliano Tavares Tosello.

No total, serão oferecidas 200 vagas para participação nos eventos, sendo 50 por dia. As palestras acontecerão durante as quatro segundas-feiras do mês (03, 10, 17 e 24 de outubro), com início sempre às 13h30 min, seguidas da roda de conversa com o especialista.

Toda a população feminina de Tupã e região poderá participar, bastando ir direto à unidade no dia marcado, com vagas preenchidas por ordem de chegada. As mulheres que se enquadrarem nos critérios de risco (mulheres com idade entre 40 e 69 anos e de 35 a 40 anos com histórico familiar ou nódulo) terão o exame de mamografia agendado durante o mês de outubro no próprio AME.

Na rotina, o ambulatório realiza, em média, 350 exames de mamografia por mês, incluindo os agendamentos feitos pelo programa permanente da Secretaria de Estado da Saúde chamado “Mulheres de Peito”, via 08007790000, destinado a mulheres com idade entre 50 e 69 anos.

Luz rosa

Além de promover palestras e orientações, ao longo do mês de outubro o AME Tupã terá a fachada externa iluminada com luz rosa e o interior da unidade também será decorado pela cor que marca a campanha em todo o mundo.
“Nesse ano, além das ações educativas, a novidade fica por conta da árvore da vida, que ficará na recepção do ambulatório. Todas as mulheres que fizerem mamografia durante o mês vão receber um laço para colocar na árvore, como símbolo da luta contra o câncer”, contou a gerente de enfermagem, Mariana Manginelli.


Descaso
Moradores ocupam terrenos abandonados

          A malha ferroviária ainda existe em Tupã, mas apenas para os saudosistas, porque há mais de cinco anos não passa um trem pela região. Em alguns trechos não há nem mesmo dormentes; em outros, os trilhos desapareceram em meio ao mato.
Vendo a inutilidade desses terrenos, muita gente resolveu dar uma destinação adequada aos mesmos, seja cercando pequenas áreas para o plantio de mandioca e milho, principalmente para subsistência, ou construindo barracos.

É o que acontece, por exemplo, em um terreno às margens da linha férrea no Jardim Guanabara, proximidades da passagem em nível da Rua Mandaguaris. No local, um aposentado cercou duas áreas e fez uma plantação de milho.
Um outro terreno, que agora pertence à União, mas está cedido para a ALL (América Latina Logística), está abandonado há mais de 15 anos, na Vila Santa Rita de Cássia. Há cerca de um mês, moradores sem-teto iniciaram a construção de casas e dividiram as terras para cerca de 10 famílias. Nas proximidades, um outro morador faz o cultivo de vassoura.
Seguindo pela Rodovia “Comandante João Ribeiro de Barros”, a SP-294, no sentido do Distrito de Universo, é possível observar algumas casas construídas, ao lado da linha férrea. Na verdade, muitos são barracos improvisados.
Recentemente, a Prefeitura de Tupã encaminhou um projeto à ALL readequando o projeto “Estação Cidade”, onde a ciclovia e a pista de caminhada seriam construídas em um terreno próximo à linha férrea, que possui concessão da empresa Rumo (terceirizada da ALL). Como se a área fosse vir a ser utilizada algum dia.
O que se prevê é que, de forma gradativa, essas áreas da antiga Companhia Paulista de Estrada de Ferro, depois Fepasa, serão ocupadas das mais diversas formas, ainda que de maneira desordenada. Por isso, seria importante resolver logo essa questão, considerando que o transporte ferroviário, no trecho de Bauru a Panorama, ainda vai demorar muito para ser reativado.



Criatividade e busca de alternativas à crise

          A falta de dinheiro e o desemprego fizeram muitas famílias buscarem uma saída para superar a crise. As plantações às margens da antiga linha férrea são feitas em geral por aposentados, com os alimentos sendo utilizados para subsistência.
Muitos outros terrenos deverão ser ocupados de forma gradativa. Isso sem falar na construção de moradias, pelos sem-teto, que não podem pagar aluguéis, considerando os preços atuais.
Mas a criação das chamadas “roças urbanas” é algo que tem chamado a atenção daqueles que possuem espaços e terrenos baldios na cidade, que oferecem essas áreas em troca da limpeza.
Em diversos pontos da cidade, é possível observar plantações em terrenos vagos. É o caso de dois lotes situados na Rua Botocudos, um próximo da Lélio Piza e outro perto da E.E. “Profª Helena Pavanelli Porto”.


Empresas
GET realiza hoje o ‘Papo de Empresário’

          O GET (Grupo de Empreendedores Tupãenses) realiza hoje, sexta-feira, dia 30 de setembro, às 19h30 min, em sua sede, o “Papo de Empresário”. O evento, gratuito, busca reunir empreendedores visando a interação do grupo e possibilitar a geração de novos conhecimentos e parcerias. “A ideia desse encontro é formarmos uma troca de cartões e fechamento de negócios entre os empresários associados”, destacou, em nota.
Os empresários que se inscreverem para participar da reunião, poderão levar cartões, filmes e materiais para divulgar e apresentar a empresa aos outros participantes.
O evento acontecerá em parceria com a Empreender JR., projeto mantido pelos alunos da Unesp de Tupã e será aberto apenas aos empresários associados do GET.
As inscrições deverão ser efetuadas pela internet por meio do link: bit.ly/PdE_Inscricao, ou pelos telefones: (14) 3441-2876 e 99880-9163. O GET está localizado na Rua Potiguaras, 892, Centro.



Tudo começou com a judicialização

          (*) Rudá Ricci

Hoje, lamentamos a dominação do Judiciário sobre nossa democracia. Mas tudo começou com a substituição da conquista do apoio e convencimento do cidadão pela destruição de sua vontade a partir da decisão de um juiz.
Desde 2012, tivemos um prefeito cassado por dia. 136 prefeitos foram destituídos de seu cargo em função de uma ação de seus opositores. Outros 93 procuram segurar seu posto com recursos. Os estados campeões deste expediente são São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Justamente os estados que governaram o Brasil e possuíam larga experiência no jogo político. Abandonaram o jogo e decidiram fazer cerco ao judiciário.
O termo é dado como originalmente elaborado por Tate e Vallinder, para quem a judicialização é a reação do Judiciário, quando provocado, que acaba por revisar a decisão de um poder político, o que levaria a ampliar seu poder em relação aos demais poderes.
A questão que importa é mais que a assimetria da ação entre os poderes, tese explorada no meio acadêmico, que sugere a contradição da decisão judicial se fazer sobre decisões eminentemente políticas. O que me parece central é a falta de apetite político das lideranças sociais e representações institucionais. Aqui é que parece ter entornado o caldo. Porque o judiciário se movimenta a partir de uma provocação externa. Haveria exagero e sobreposição do Ministério Público, que no Brasil assume um papel de liderança política sem o beneplácito do eleitor. Mas gostaria de explorar o abandono da política pelos atores deste jogo.
Ernane Rodrigues de Carvalho publicou na Revista de Sociologia e Política (ver “Em Busca da Judicialização da Política no Brasil: apontamentos para uma nova abordagem”) como grupos de interesses decidiram participar nas ações judiciais. Apresenta dados impressionantes. “Tomando como base analítica as Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADINs), podemos constatar que, das 2.813 ADINs impetradas até 26 de junho 2003 (BRASIL. SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, 2004), um total de 740 (ou 26,31%) foram requeridas por confederações sindicais ou entidades de classe”, sustenta. Os sindicatos são o segundo agrupamento a utilizar este instrumento (o primeiro agrupamento é o de governadores). Logo em seguida, aparecem os partidos políticos: 20,9% das ADINs são impetradas por eles (tendo como ápice os dois anos seguintes às eleições municipais). De 1988 até 1998, tivemos 74% das ADINs impetradas oriundas de partidos de oposição.O fenômeno, portanto, vem desde o final do século passado e invade o século XXI como padrão de comportamento na disputa política entre partidos.
Talvez, o fenômeno tenha sido fomentado pelo impeachment de Collor. Mas revela algo ainda mais grave: o advento da política como negócio.
Com a judicialização, o que menos importa é a conquista do eleitor. Importa muito pouco a presença nos locais de moradia e trabalho dos cidadãos. A eleição, neste caso, é um interregno da administração do dinheiro público e do poder institucionalizado.
Daí emerge uma geração pobre e tecnocrática de políticos. Despossuídos do poder de oratória, parecem plastificados. Orientados por um staff composto por técnicos sem visão estratégica, a política virou atos de uma organização focada no negócio. Não por outro motivo, se sentem à vontade entre empresários, advogados e marqueteiros.
O grave desta situação é que há uma nítida interdição entre as demandas sociais e o ânimo efetivo das autoridades políticas em encaminhá-las e solucioná-las. Justamente porque não foram forjadas para isto.
Este fenômeno é grave porque estou sugerindo que os partidos e seus eleitos não são formados para representar e atender os interesses de quem representam, os cidadãos. São formados para construir teias de relações que perpetuam seu negócio político, de tal maneira que se aproxima da plutocracia.
Este é o nó crítico em que nos metemos. A política não é mais política no Brasil. É negócio.

(*) Rudá Ricci, sociólogo (PUC-USP), e
mestre e doutor em Ciências Sociais e Ciências Políticas (Unicamp)


DIÁRIO - HÁ 30 ANOS - 30 SETEMBRO DE 1986
Mais 9 áreas para pequenas indústrias da cidade

          O prefeito Jesus Guimarães anunciou ontem de manhã, durante reunião em seu gabinete, a doação de mais 9 áreas a pequenas indústrias da cidade, algumas em fase de ampliação e outras ainda em fase de instalação. Essas 9 áreas anunciadas ontem estão encravadas no terreno que antes pertencia à Rubrasil, na confluência da Rodovia SP-294 e da vicinal Tupã-Quatá, bem ao lado do trevo principal.
Com as doações já feitas no início do ano e com mais 9 que agora serão formalizadas, a área de 5 alqueires ficará praticamente ocupada, restando apenas dois outros espaços maiores que estão sendo reservados para a ampliação de uma indústria de móveis e para uma agência de revenda de caminhões.


Licenciamento
Termina hoje prazo para veículos com placa final 7

          Os proprietários de veículos com placa final 7 devem fazer o licenciamento obrigatório do exercício 2016 até hoje, sexta-feira (30). Isso significa que, a partir de amanhã, dia 1º de outubro, estarão em situação irregular caso circulem sem o licenciamento do ano.
O serviço pode ser feito de forma eletrônica, via sistema bancário, com entrega do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) pelos Correios, ou presencialmente nos postos do Detran.SP e do Poupatempo.
Em 2016, o valor do licenciamento é de R$ 80,07 para todos os veículos. Além de pagar a taxa, o proprietário deve levar o CRLV atualizado para o veículo circular, conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), válido em todo o País.
Não é possível optar pela entrega via postagem, com custo adicional de R$ 11,00, porque o prazo de entrega dos Correios é de até sete dias úteis. O calendário de licenciamento vai até dezembro.


Advogados
Palestra sobre reflexos do novo CPC no processo do trabalho será na quarta

          A 34ª Subsecção da OAB de Tupã convida os advogados para participarem da palestra que acontecerá na próxima quarta-feira, dia 5, às 20 horas, na Rua Brasil, 842, Vila Espanha (Millenium Contabilidade). O tema será “Reflexos do novo CPC no processo do trabalho”.

O palestrante será Gerson Shiguemori, que é advogado trabalhista, professor de cursos jurídicos, palestrante do Departamento de Cultura e Eventos da OAB-SP, professor convidado da ESA, autor de videoaula em temas trabalhistas, coordenador do Shiguemori Cursos Jurídicos e professor do curso legale.

Inscrições

As inscrições podem ser feitas na sala da OAB do Fórum, ou pelo telefone (14) 3496-2020. As vagas são limitadas.


Dia das Crianças
Comércio de Tupã vai funcionar em horário especial

          Começa amanhã o mês preferido das crianças. Outubro promete ser especial, não só para os pequenos, mas também para os lojistas em Tupã. Segundo informações do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio), o comércio local vai funcionar em horário especial durante as datas que antecedem o Dia das Crianças – 12 de outubro, data que também comemora o Dia de Nossa Aparecida, Padroeira do Brasil. O objetivo é oportunizar ao comerciante melhores condições de venda de seus produtos.
De acordo com o Sincomércio de Tupã, no sábado da próxima semana, dia 8 de outubro, além de ser o primeiro sábado após o 5° dia útil, que transcorrerá na sexta-feira, dia 7, será o sábado anterior ao Dia das Crianças, 12 de outubro, que vai cair numa quarta-feira. Por isso, as lojas estarão abertas das 9 às 17 horas. Já na terça-feira, dia 11, véspera do Dia das Crianças, as lojas farão horário especial, das 9 às 22 horas.
Nos demais sábados do mês, inclusive amanhã, dia 1°, as lojas atenderão até as 13 horas, normalmente. Nos dias 24 e 25, as lojas abrirão um pouco mais tarde, e o horário de funcionamento será das 9 às 18 horas.
Vale destacar que o horário nas datas sugeridas tem amparo legal, e certamente contribuirá para que os empresários aproveitem as oportunidades de vendas, bem como oportunizem aos consumidores maior tempo para definir suas compras.


Unidos Venceremos
Associação de Moradores premiará vencedores

          A Associação de Moradores Unidos Venceremos entregará os prêmios dos vencedores da ação entre amigos, amanhã, dia 1º de outubro, em sua sede, na Rua Eloy Garcia Primaz nº 9.
A ação foi realizada para arrecadar fundos e fazer readequações e melhorias no salão comunitário e investir nos projetos implantados, trazendo benefícios aos moradores atendidos pela associação de moradores.
“Agradecemos a Bike Vargas por patrocinar a bicicleta e ao nosso diretor de patrimônio, Carlos Antônio, por doar um ventilador para o sorteio”, disse o presidente da entidade, Sidnei Rodrigues.
O vencedor do ventilador sorteado foi o morador Riller; do tablet, Thiago Henrique; e da bicicleta, Edran José.


Saúde
Santa Casa busca recursos para concluir novas obras

          Assim como os demais hospitais filantrópicos do País, a Santa Casa de Tupã enfrenta uma séria crise financeira. As dívidas com seus credores ainda não foram totalmente quitadas. Os recursos que o hospital recebe, seja por meio de doações voluntárias, e repasses do governo federal, estadual e municipal não é suficiente para cobrir as despesas. A situação fica cada dia mais difícil.

Também, diversos medicamentos adquiridos pelo hospital são importados e a valorização do dólar tem dificultado ainda mais a compra desses produtos. Mesmo os produtos adquiridos no mercado nacional estão mais caros.

Estima-se que a Santa Casa de Tupã gaste, por mês, cerca de R$ 80 mil somente com a compra de medicamentos. Cada vez está mais difícil fechar as contas.
A crise financeira e política do País, os casos de corrupção e a má administração dos recursos públicos atingiram a arredacação do hospital. Para piorar, os colaboradores reduziram as contribuições regulares que faziam para a Santa Casa.

A diretoria da Santa Casa pretende realizar novas obras no prédio mas, sem a colaboração da população e do poder público, esse investimento continuará adiado. Por conta disso, o hospital buscou levantar recursos próprios, por meio de eventos, que contaram com a participação e colaboração do público.
No mês de março, a Santa Casa realizou um leilão de gado para iniciar novas obras em seu prédio. O dinheiro obtido com o evento foi investido na construção de dois novos espaços. Os recursos, porém, não foram suficientes para cobrir essas despesas. Mas, mesmo assim, o hospital não deixou de construir.

Nesse sentido, a construção da Central de Recepção aos Visitantes e a reforma da ala de Moléstias Infecciosas foram iniciadas no dia 4 de julho, com custo estimado de cerca de R$ 115 mil. O hospital possui R$ 103.362,38 destinado para essas melhorias.
A Central de Recepção está sendo construída na portaria do hospital. Será uma área de espera, destinada aos visitantes dos pacientes internados. Hoje os visitantes esperam pelo horário de visita em um local sem cobertura. Os assentos são insuficientes para atender a demanda. A previsão é de que as obras encerrem-se no mês de outubro. A área de construção é de 44 m². O valor do contrato é de R$ 70.156,92, mas a obra possui preço estimado de R$ 80 mil.

Moléstias
infecciosas

O novo número de funcionários, o aumento na demanda de pacientes e o desgaste do tempo fizeram o hospital iniciar a reforma da ala de moléstias infecciosas, que “precisava ser melhorada”, segundo destacou a diretoria da Santa Casa. A previsão inicial era concluir essa obra no mês de setembro, porém, os trabalhos ainda continuam em andamento. O contrato para a execução dessa obra é de R$ 33.205,46. O valor estimado para a conclusão desses trabalhos é de R$ 35 mil. A empresa que executa as obras é a Innovare Elétrica e Hidráulica.

Emendas
parlamentares

Para colaborar com as despesas do hospital, deputados federais e estaduais prometeram recursos de R$ 1.760.000,00 para a Santa Casa. Porém, até o momento, o setor administrativo do hospital recebeu a quantia de R$ 500 mil: R$ 300 mil foram destinados por meio de emenda parlamentar do deputado federal Milton Monti em meados de 2012, e R$ 200 mil por meio do deputado estadual Reinaldo Alguz no ano de 2014. Esse dinheiro foi investido em melhorias no setor de hemodiálise.
Um repasse de R$ 900 mil foi anunciado pelo deputado federal Evandro Gussi, no dia 29 de abril, mas até o momento não foi depositado na conta do hospital, por conta da burocracia. Esse recurso será destinado para a reforma da ala masculina do SUS (Sistema Único de Saúde).
No último dia 22, o deputado federal Milton Monti esteve na Santa Casa de Tupã e prometeu que até o final deste ano irá repassar R$ 360 mil ao hospital, para novos investimentos no setor da hemodiálise.

Colaboração

Os repasses feitos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) não são reajustados há muitos anos, sendo os valores irrisórios para custear as despesas do hospital. Para obter outros recursos, o hospital iniciou recentemente o serviço de telemarketing. A população pode colaborar com os trabalhos da Santa Casa por meio de doações em dinheiro que são recebidas por funcionários do hospital devidamente identificados.


Crônicas
O poder do voto!
Concisa reflexão

          (*) Dr. Emílio Gimenez

É chegada a hora e a oportunidade para o povo dar um basta na corrupção, pois ela é a responsável pela crise instalada, seja em razão do Mensalão ou da Petrobras, aliás, os maiores escândalos da era republicana, praticados por políticos. E sem sombra de dúvidas, o País está necessitando de um banho de ética e de moralização, daí porque o eleitor tem que utilizar o voto como um instrumento eficaz para impor mudanças que possam levar o País rumo à credibilidade e ao desenvolvimento social.
A propósito, a lei da ficha limpa e a da anticorrupção representa um avanço no combate à corrupção endêmica, entretanto, o eleitor deve agir com plena consciência e buscar escolher candidato que tenha perfil de seriedade, honestidade e capacidade para administrar o bem público, somente em benefício do País e não do próprio, pois, a propósito, consoante profetizou Abraham Lincoln: “Se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder”.
Dessa forma, o eleitor precisa se conscientizar da importância do voto, ferramenta adequada para exigir uma ampla reforma política, aplicação de punições rígidas para aqueles que cometem desvios de conduta e desfalcam o patrimônio público. Não se pode errar na escolha de homens públicos éticos, íntegros e comprometidos exclusivamente com o bem estar da sociedade.
Com efeito, a responsabilidade política pertence a todos os brasileiros, independentemente da sua classe social, mormente na escolha de candidatos, razão pela qual o eleitor não deve se deixar envolver pelas promessas de “benesses sociais”, utilizadas como “moeda eleitoral”, assim como os “favores políticos” não devem intervir na escolha do candidato e no voto.
Sendo assim, é fundamental que o eleitor esteja atento, pois o destino da Nação está em sua mão. O voto é um trunfo muito forte e decisivo para romper o desmando dos governos e a malversação do dinheiro público. Por isto, o eleitor tem que manter-se independente, não permitindo interferência em sua escolha, cujo critério deve ser ditado apenas pelo livre convencimento de cada um.
É importante reafirmar que o voto, por um lado, é um direito subjetivo do cidadão brasileiro e, por outro lado, é uma obrigação imposta pela Constituição Federal e Código Eleitoral que se traduz no exercício de cidadania no regime de Estado de Direito Democrático.
A crise que está impondo pesado fardo ao povo brasileiro é um paradigma que serve de aflitivo exemplo, pois muitos políticos estão envolvidos com os atos de corrupção e, em razão disto, a crise social e política culminou com um crescente índice de desemprego, com o enfraquecimento da área da saúde e da educação, enfim o País necessita de recomposição social e o voto está indicado como um instrumento ideal e eficaz.
Portanto, nem a caminho da urna o eleitor deve deixar-se levar por pedidos, promessas e compromissos que são lançados nesta época e que são desprovidos de sinceridade e exequibilidade e, quando estiver frente a frente com a urna obedeça somente a própria consciência, pois a escolha do candidato pelo voto é protegida pelo segredo.

(*) Dr. Emílio Gimenez é juiz titular da
3ª Vara Cível da Comarca de Tupã


‘Índia Vanuíre’
Museu inicia outubro com Oficinas para Famílias

          Outubro começa amanhã com uma nova programação para todo público, elaborada e já divulgada pelo Museu Índia Vanuíre, em Tupã. A nova programação começa amanhã, sábado, dia 1°, com as oficinas voltadas para as famílias.

A família tupãense que ainda não sabe o que fazer neste final de semana tem uma programação cultural que pode ser uma boa opção para pais e filhos, preocupados em buscar enriquecer conhecimentos e apreciar a cultura.

Aos finais de semana (sábados e domingos), o Museu “Índia Vanuíre” realiza oficinas culturais gratuitas, direcionadas para as famílias. Novas oficinas acontecem neste sábado e domingo, dias 1° e 2.
Os eventos, que ocorrem das 9 às 16 horas, desenvolvem atividades lúdicas e reflexivas com os participantes, como forma de uma maior integração entre a família e o museu, uma vez que pais e filhos participam das mesmas atividades, passando uma tarde prazerosa de aprendizado, cultura e lazer na instituição.

A atividade para o mês de outubro será a confecção de brinquedos com material reciclável.

Para mais informações, o interessado deverá entrar em contato com a instituição, por meio do telefone (14) 3491-2333 ou das páginas do museu nas redes sociais Facebook e Twitter.



Governo de SP abre concurso para estágio

          Os estudantes que desejarem trabalhar nos órgãos e entidades do Governo do Estado de São Paulo têm até domingo, dia 2 de outubro, para se inscreverem no processo de seleção do Programa de Estágio do Estado de São Paulo, por meio do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).
Podem participar alunos de níveis médio, técnico e superior, cursando do primeiro ao penúltimo semestre. A carga horária varia entre quatro e seis horas por dia e a bolsa-auxílio vai de R$ 300,00 a R$ 1.009,00.
A prova objetiva ocorre no dia 23 de outubro. Para mais informações, basta acessar o edital do processo.



Governo divulga pacientes internados sem identificação civil

          A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo mantém uma página na internet com fotos e alguns dados de pacientes internados sem identificação. As únicas informações disponíveis são as características físicas, um número e os dados do hospital, como endereço e telefone.

A página é dedicada à identificação de pessoas que deram entrada nos hospitais do Estado de São Paulo sem condições de registro civil. O serviço obedece à Resolução SS-159 de 15/12/2005, que dispõe sobre o “Gerenciamento de Pessoas Não Identificadas Civilmente nas Unidades de Saúde participantes, conveniadas e não conveniadas do SUS (Sistema Único de Saúde)”.
O objetivo é que, caso um paciente seja reconhecido, que seja feito o contato diretamente com o hospital o mais rápido. Os registros são de várias partes do Estado, de hospitais localizados na capital, interior e litoral.



Cerca de 1 milhão ainda não declarou ITR

          Acaba hoje, sexta-feira (30), o prazo para enviar a declaração do Imposto Territorial Rural (ITR). Até segunda-feira (26), a Receita Federal recebeu cerca de 4,4 milhões de declarações. A expectativa é receber 5,4 milhões.
Em 2015, a Receita recebeu 5,38 milhões de declarações dentro do prazo legal. A multa por atraso na entrega da declaração é de 1% ao mês calendário ou fração sobre o imposto devido, não podendo seu valor ser inferior a R$ 50,00.
O vencimento da 1ª quota ou quota única do imposto ocorre hoje, dia 30 de setembro, e não há acréscimos se o pagamento ocorrer até esta data. Sobre as demais quotas há incidência de juros Selic calculados a partir de outubro até a data do pagamento. O pagamento do imposto pode ser parcelado em até quatro quotas, mensais, iguais e sucessivas, desde que cada quota não seja inferior a R$ 50,00.

O imposto de valor até R$ 100,00 deve ser recolhido em quota única. O valor mínimo de imposto a ser pago é de R$ 10,00, independentemente do valor calculado ser menor.


Exercícios
Tupãenses aprovam a prática de caminhadas

          O problema de caminhar nas ruas, além do trânsito, é o risco de encontrar obstruções no caminho, além de defeitos nos passeios, que podem prejudicar o exercício e fazer mal ao físico. Mesmo assim, muita gente ainda prefere praticar caminhadas ou corridas pelas ruas do centro de Tupã.

Entre os adeptos dessa prática, muitas pessoas fazem caminhadas pela vicinal do Sabiá, desde a Vila Inglesa até o CTA da Camap, por exemplo. Mas existem, pelo menos, dois pontos recomendados, um às margens da vicinal para Parnaso, desde o Parque do Atleta até o Delta Ville; e outro no Parque Linear, na Rua Estados Unidos. Agora também tem a pista de cooper do Campo da Cecap.
A Secretaria Municipal de Esportes realizou diversas melhorias no campo “Victor de Oliveira”, conhecido como campo da Cecap, que é uma das principais praças esportivas de Tupã. No local, foi realizada a construção de um vestiário para as pessoas com deficiência, troca do gramado, reforma da pista de atletismo e reforma dos vestiários já existentes.
Além de todas as melhorias realizadas no campo, a Secretaria de Esportes reformou ainda a área de lançamento, arremesso e salto da pista de atletismo. “Eu caminho na Cecap. Mas ainda acho que falta um lugar legal para caminhada, próprio para isso. O Parque Linear, que foi feito para isso, já está em péssimo estado”, opinou a jovem Beatriz Segolim.

Também a estudante de nutrição Bianca Yasunaga falou da preocupação em caminhar em locais sem segurança, ou com falta de iluminação. “Falta local para isso. Eu sinto muita falta, porque quero fazer caminhadas e correr, mas é complicado ir sozinha na Rua Estados Unidos. Eu, por exemplo, tenho medo. Gosto de correr ao ar livre e não dar volta em praça. Acho que a prefeitura deveria criar novos espaços em outros lugares, como o Parque Linear. Na Rua Brasil é muito trânsito, assim como na Tamoios. Além disso, as calçadas estão ruins, e isso dificulta uma boa caminhada”, finalizou.


sobe.gif (937 bytes)


| Home | Economia | Geral | Sociedade | Policial | Esportes | Política | Variedades |Expediente |E-mail

Hosted by UNISITE - Todos os direitos Reservados