jdiario@diariotupa.com.br


PM flagra dupla com entorpecente

          Dois indivíduos, um tupãense de 35 anos e um mariliense de 32 anos, foram detidos com pequena quantidade de entorpecentes ao tentar fugir de uma abordagem da equipe da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) da Polícia Militar.
O caso foi registrado pelos policiais militares cabos Sanches e Bruno, por volta das 16h30 min de quarta-feira (7).
Acontece que os PMs realizavam operação bloqueio na Rua Caingangs, quando notaram que dois indivíduos, em uma moto Honda CBX-250 Twister, com placa de Marília, fugiram ao avistarem a viatura. Imediatamente, a equipe iniciou o acompanhamento pelo Jardim Santa Adélia e pela Rua Alfredo Modelli, onde conseguiu abordar os suspeitos.

Após a abordagem, foi realizada uma busca pessoal pelos policiais militares, que localizaram com a dupla 4 pinos de cocaína.
A dupla foi conduzida à Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde o delegado de plantão registrou o caso como porte de entorpecente e os dois averiguados foram liberados.


Bastos
Polícia Civil indiciou dupla de assaltantes em 14 casos

          Os investigadores do Setor de Investigações Gerais da Delegacia de Polícia de Bastos apuraram que E.H.V., 27 anos, convivente, ajudante geral; e C.C.S.R., 23 anos, solteiro, desocupado, foram os autores de 14 furtos ocorridos na cidade nos últimos dois meses.
Eles já estavam sendo investigados pela Polícia Civil de Bastos há algum tempo, sendo que no mês passado, na casa em que eles estavam morando temporariamente, inclusive já havia sido cumprido mandado judicial de busca e apreensão domiciliar expedido pelo Foro local, mediante representação formalizada pelo delegado Sandro Resina Simões.
Na tarde de domingo, eles foram abordados pela Polícia Militar e novamente foram surpreendidos na posse de alguns produtos subtraídos.
Os ladrões de iniciais E.H.V. e C.C.S.R. foram os autores de pelo menos treze furtos ocorridos na cidade de Bastos, nos meses de outubro e novembro, crimes que vitimaram moradores e comerciantes estabelecidos no Jardim Santa Luzia, Jardim Ipanema, Jardim Santo Antônio, Vila Itatiaia, Jardim Santa Helena, Jardim América e ainda na região central da cidade.
Foram subtraídos isqueiros, latas de cervejas, garrafas de pinga, rádio, máquinas de cortar cabelo, secador de cabelos, sandálias, pacotes de bolachas, pacotes de chocolates, caixas de sucos, pacotes de macarrão, maços de cigarros, telefone celular, relógio de pulso, laptop e cerca de R$ 20 mil em dinheiro.

Durante os interrogatórios prestados na Delegacia de Polícia de Bastos, E.H.V. e C.C.S.R. assumiram a prática dos crimes, descreveram como executaram os furtos e inclusive apontaram alguns receptadores, tendo afirmado que grande parte do dinheiro foi utilizada no consumo de drogas.
As diligências terão prosseguimento visando a apuração do envolvimento deles em outros furtos ocorridos na cidade, bem como a identificação e responsabilização dos indivíduos que adquiriram os produtos furtados.

Por cada crime de furto praticado, eles poderão ser condenados à pena de reclusão de até 8 anos, além da multa.
Sob o comando do delegado Sandro Resina Simões, participaram das diligências que resultaram no esclarecimento dos furtos os policiais civis Nei, Nilton, Benites, Paulo, Antônio, Jaqueline, Willian e Nelson.


sobe.gif (937 bytes)


| Home | Economia | Geral | Sociedade | Policial | Esportes | Política | Variedades |Expediente |E-mail

Hosted by UNISITE - Todos os direitos Reservados